Saturday, 08 de August de 2020

OPINIÃO


Opinião

A contabilidade como fonte de resistência a crise econômica

22 Aug 2012

Adão de Matos Junior *
 
Apesar do prolongamento da crise na Zona do Euro e da pífia performance de economias como a dos Estados Unidos e do Japão, o Brasil vem conseguindo manter um  razoável dinamismo, resistindo à retração global. Esse contexto trouxe aos gestores brasileiros uma grande necessidade pela transparência das informações de suas empresas, e quando se fala em "transparência" no mundo corporativo não se pode prescindir da contabilidade, que é o que, neste universo, demonstra tais informações.

Nesse sentido, foi positiva a visão futurista do País que, desde o final de 2007,adaptou suas leis (com a Lei 11.638/07) a esse cenário que se iniciava na época, na qual o Brasil entendeu que para se enfrentar uma crise deveria buscar forças no mercado interno e no investidor externo.

Em contrapartida a esse fato, os investidores e os gestores também se depararam com a necessidade em compreender tais informações que eram geradas e, dessaforma, o Brasil passou a  conhecer e dar importância à contabilidade.
 
A busca do conhecimento por parte dos gestores e investidores quanto à contabilidade, seus princípios e suas normalizações trouxe uma linguagem mais adaptada ao mundo coorporativo e não somente ao nosso mercado, trazendo assim outra fonte de ?salvação? durante a crise, quando naquele momento o Brasil estava se preparando para o mercado internacional não somente pelas grandes e médias empresas mas agora pelas pequenas e microempresas também.

As pequenas e microempresas brasileiras não tinham em sua cultura o fato de que a contabilidade fizesse parte de seu negócio e a tinham apenas como uma necessidade para prestar contas ao fisco, geração das guias de impostos e folha de pagamento, dentre outras tarefas. No entanto, agora estão atentas à importância da contabilidade como uma nova visão gerencial, como fonte de continuidade de seu negócio ou de atrair investimentos para o crescimento de sua empresa. Portanto, deve-se estar atento à necessidade de parcerias com empresas contábeis ou de apoio contábil especializadas e preparadas para as novas demandas.

O contador teve, além de obrigações novas, maior reconhecimento de suas atividades que passaram a ser importantes para a tomada de decisão em todas as empresas.

Para 2012, esperamos, neste segundo semestre, que o País retome o crescimento - observado nos últimos dois anos - o que fará com que aumente, ainda mais, a internacionalização - seja de empresas ou produtos. Mas, para realizar essa ação, não basta somente ter conhecimento da nova realidade contábil e sim aplicar e colocar os balanços em dia de modo que estes possam ser lidos em qualquer parte do planeta - a adoção do IFRS foi para suprir esta necessidade. Ou seja, a contabilidade se tornou parte essencial para realização dos negócios das empresas brasileiras.

Quem ganha com tudo isso são as empresas, o mercado e os investidores, que cada vez mais têm em suas mãos as demonstrações financeiras uniformes, de qualidade e transparentes.
 
* Adão de Matos Junior é diretor de operações da Trevisan Gestão & Consultoria, filial Belo Horizonte.
E-mail: adao.matos@tgec.com.br.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 828 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 30.358 casos no total, destes, 18.609 pacientes estão recuperados, 11.312 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 437 pacientes foram a óbito.

TIM

TIM e Motorola promovem workshop online para ensinar pais e filhos a produzirem fotos e vídeos

De acordo com o gerente de marketing da TIM no Centro-Oeste e no Norte, Rafael Nakamura, o objetivo é aproveitar a data comemorativa para aproximar pais e filhos e colocar a tecnologia móvel a serviço das pessoas


Funcionamento do Comércio

Prefeitura de Palmas prorroga horário especial de fechamento de estabelecimentos comerciais; supermercados poderão funcionar até às 22h

Decisão foi publicada na edição 2.548, do Diário Oficial do Município.


Saúde

Defensoria Pública acompanha abertura de novos leitos de UTI covid em hospitais da região norte do Estado

Araguaína ganhou dez novos leitos em hospital particular e outros 07 do Hospital Regional foram reativados voltando a somar 17 leitos totais; Em Augustinópolis, a previsão é que seja inaugurada UTI no próximo dia 13


Obras

Revitalizações na Graciosa e em quadra poliesportiva da Arno 33 trarão melhorias aos espaços de lazer e esporte de Palmas


Saúde

Especialista em epidemiologia toma posse como nova secretária municipal da Saúde de Palmas


Covid-19

Governo do Tocantins amplia oferta de leitos de UTI Covid em Araguaína


Pandemia

Crise na saúde: Nusa requer que hospitais privados cumpram compromisso judicial e atendam pacientes do SUS


COVID-19

Secretaria da Saúde recebe doações de testes rápidos da Receita Federal do Brasil


Saúde

Covid-19: em uma semana, 12 pacientes já foram transferidos das UPAs para leitos em hospitais particulares da Capital



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira