Tuesday, 18 de September de 2018

Tuesday, 18 de September de 2018

OPINIÃO


Política

A reorganização do Estado e da política

16 Jan 2017

O ano começa com muitos desafios e incertezas. Uma delas é de como o novo governo dos Estados Unidos, presidido pelo polêmico Donald Trump, poderá alterar as relações daquele país com o mundo. No Brasil ainda vivemos a ressaca do impeachment, com o governo propondo mudanças, o PT tentando se salvar, e o renascer do confronto direita-esquerda, que todos pensávamos sepultado desde a queda do muro de Berlin e do esfacelamento da União Soviética. Fora da linha política, o povo, usado como massa de manobra para manifestações que interessam a uns e outros, quer apenas a oportunidade de viver bem.

O embate ideológico vivido pelos brasileiros desde o começo do século passado pouco ou nada serviu para o avanço da sociedade. Governos e grupos políticos desfilaram todas as utopias importadas, mas elas não serviram para melhorar a vida da população. O desenvolvimento ao longo desse tempo teve mais a ver com fatores econômicos e sociais do que com a política ideológica que, em vez de ajudar, muitas vezes teve o viés de atrapalhar. O próprio Getúlio Vargas, surgido como oposição à velha política do café com leite que alternava São Paulo e Minas na presidência da República, foi ditador e admirador das medidas de força que Hitler e Mussolini aplicavam na Europa e, ao final, passou para a história como &ia cute;dolo da esquerda. O comunismo e o anticomunismo brasileiros em praticamente todas as suas vertentes, da forma que se desenvolveram, foram mais caricaturas do que posicionamentos políticos. Serviram apenas para criar líderes que não tinham o que liderar. E, finalmente, quando a esquerda chegou ao poder, deu no que deu.

Política é a arte de dialogar e solucionar conflitos. Mas não deve sobrepujar a organização do Estado. O que vivenciamos no Brasil é a ação política empregada no descumprimento das normas legais de gerenciamento da administração pública, que leva à ineficiência, ao caos e muitas vezes à corrupção. Isso precisa acabar para termos a estabilidade de uma nação. Temos de buscar o aperfeiçoamento institucional que garanta o funcionamento da máquina estatal independente de quem seja o governante e que este não tenha a oportunidade de cometer ou deixar cometer os atos de corrupção como estes que hoje escandalizam os brasileiros e são apurados pela Justiça. Para o povo, pouco importa se o presidente, os ministros ou os parlamentares são de esquerda, direita ou de centro. Esse posicionamento é apenas o clichê que a classe política inventou para seduzir o eleitor e arrebatar o seu voto. O importante é termos um Estado que funcione e seja capaz de bem empregar os impostos que arrecada e com esse dinheiro cumprir suas obrigações básicas. A verdadeira reforma política, para o bem da nação, deve retirar a administração das mãos dos políticos e a eles reservar a grande tarefa de pensar o país do futuro e direcionar através de atos e leis aquilo que a administração pública deve executar.
 
*Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) 

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

9

PARABÉNS!
PARABÉNS!

8

BOM
BOM

12

AMEI!
AMEI!

13

KKKK
KKKK

9

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

7

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

6

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Cirurgias

Saúde realiza mutirão de cirurgias do aparelho digestivo e reduz fila de espera

A dona de casa Edilene Brito Gonçalves, de Pindorama, aguardava há um ano e dois meses a cirurgia de hérnia.

Saúde

Gestão Carlesse amplia em 100% quantidade de novos leitos de UTI em Gurupi

Carlesse afirma que mesmo governando há pouco tempo o Tocantins e que, mesmo diante das dificuldades financeiras, não tem deixado de lado o cuidado com a população.



Campanha

No desespero, Amastha usa hospitais municipais para criticar Carlesse e tem propaganda suspensa pela Justiça

Constatadas as irregularidades, o magistrado determinou a imediata suspensão da veiculação da propaganda de Amastha e estipulou multa diária de R$ 10 mil por inserção.


Irrigação

Carlesse fortalece projetos de irrigação São João e Manuel Alves com investimentos de mais de R$ 12 milhões

Além disso, o Governo do Tocantins autorizou o Consórcio Dianópolis a reiniciar as atividades de construção das obras complementares de drenagem no canal CP1 e nos setores hidráulicos da área piloto do Aproveitamento Hidroagrícola do Rio Manuel Alves.


Educação

Bernadete é a segunda candidata ao governo do Tocantins a firmar compromisso com a educação

Bernadete, que é educadora, afirmou que a Carta vem ao encontro do seu programa de governo, no qual destaca a educação como prioridade.


Jalapão

Carlesse garante que vai melhorar qualidade de vida no Jalapão com infraestrutura e fortalecimento da cultura e do turismo


Ponto de vista

O necessário tempo para as relações


Consumidor

Núcleo do Procon de Paraíso do Tocantins é aberto com estrutura moderna


Palmas

Colégio Interação promove noite de pizza e momento de confraternização para pré-vestibulandos


Educação

Projetos são classificados para o prêmio Professores do Brasil


Visitas

Pacientes do Hospital Infantil de Palmas recebem visita de atletas da CBV



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira