Saturday, 16 de February de 2019

OPINIÃO


Política

A reorganização do Estado e da política

16 Jan 2017

O ano começa com muitos desafios e incertezas. Uma delas é de como o novo governo dos Estados Unidos, presidido pelo polêmico Donald Trump, poderá alterar as relações daquele país com o mundo. No Brasil ainda vivemos a ressaca do impeachment, com o governo propondo mudanças, o PT tentando se salvar, e o renascer do confronto direita-esquerda, que todos pensávamos sepultado desde a queda do muro de Berlin e do esfacelamento da União Soviética. Fora da linha política, o povo, usado como massa de manobra para manifestações que interessam a uns e outros, quer apenas a oportunidade de viver bem.

O embate ideológico vivido pelos brasileiros desde o começo do século passado pouco ou nada serviu para o avanço da sociedade. Governos e grupos políticos desfilaram todas as utopias importadas, mas elas não serviram para melhorar a vida da população. O desenvolvimento ao longo desse tempo teve mais a ver com fatores econômicos e sociais do que com a política ideológica que, em vez de ajudar, muitas vezes teve o viés de atrapalhar. O próprio Getúlio Vargas, surgido como oposição à velha política do café com leite que alternava São Paulo e Minas na presidência da República, foi ditador e admirador das medidas de força que Hitler e Mussolini aplicavam na Europa e, ao final, passou para a história como &ia cute;dolo da esquerda. O comunismo e o anticomunismo brasileiros em praticamente todas as suas vertentes, da forma que se desenvolveram, foram mais caricaturas do que posicionamentos políticos. Serviram apenas para criar líderes que não tinham o que liderar. E, finalmente, quando a esquerda chegou ao poder, deu no que deu.

Política é a arte de dialogar e solucionar conflitos. Mas não deve sobrepujar a organização do Estado. O que vivenciamos no Brasil é a ação política empregada no descumprimento das normas legais de gerenciamento da administração pública, que leva à ineficiência, ao caos e muitas vezes à corrupção. Isso precisa acabar para termos a estabilidade de uma nação. Temos de buscar o aperfeiçoamento institucional que garanta o funcionamento da máquina estatal independente de quem seja o governante e que este não tenha a oportunidade de cometer ou deixar cometer os atos de corrupção como estes que hoje escandalizam os brasileiros e são apurados pela Justiça. Para o povo, pouco importa se o presidente, os ministros ou os parlamentares são de esquerda, direita ou de centro. Esse posicionamento é apenas o clichê que a classe política inventou para seduzir o eleitor e arrebatar o seu voto. O importante é termos um Estado que funcione e seja capaz de bem empregar os impostos que arrecada e com esse dinheiro cumprir suas obrigações básicas. A verdadeira reforma política, para o bem da nação, deve retirar a administração das mãos dos políticos e a eles reservar a grande tarefa de pensar o país do futuro e direcionar através de atos e leis aquilo que a administração pública deve executar.
 
*Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) 

COMPARTILHE:


Confira também:

Crônica
O TEMPO

Operação Paz e Sossego

Forças de Segurança estaduais participam de mais uma fase da Operação Paz e Sossego na Capital

Para o delegado Túlio Mota, a participação do efetivo da Polícia Civil reforça a integração das forças de segurança no cumprimento de ações que visem garantir o bem-estar dos usuários de estabelecimentos comerciais na Capital.

Porto Nacional

Travessia do Rio Tocantins com voadeiras inicia nesta sexta em Porto Nacional

A ponte continua aberta para pedestres, ciclistas, motociclistas e veículos de urgência e emergência. Técnicos atuam na realização da inspeção da estrutura. Os dados coletados embasará o relatório sobre as condições da via.



Incentivos Fiscais

Empresários aprovam medida do Governo para avaliação dos incentivos fiscais

O decreto publicado, pelo Governo do Tocantins, na terça-feira, 12, que visa fazer um levantamento sobre os incentivos fiscais concedidos pelo Estado, agradou a classe empresarial.


Cirurgias Eletivas

Tocantins cumpre meta e garante mais recursos para realização de cirurgias eletivas em 2019

O cumprimento da meta, segundo o secretário de Estado da Saúde, Renato Jayme, se deu pelo comprometimento de todos os profissionais envolvidos.


Comerciantes

Agtur realiza sorteio dos espaços da Praça de Alimentação do Capital da Fé 2019 nesta sexta, 15

A Agtur oferecerá um curso de manipulação de alimentos e práticas em data a ser definida.


Foco na Humanização

Cinthia reúne secretariado e determina foco na humanização e qualidade dos serviços públicos


Operação Fragmentos

Polícia Civil realiza Operação Fragmentos no Sudeste do Estado


Vistorias no HGP

Defensoria e MPE encontram desassistência a pacientes e falta de 177 medicamentos


Setor Santo Amaro

Prefeitura inaugura praça do setor Santo Amaro nesta quarta, 13


Tarifa de Protesto

Protestar em cartório agora não tem custo para quem cobra dívidas


Saúde

Quantidade de profissionais da saúde ainda é insuficiente, afirmam DPE-TO e MPE em ação civil pública



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira