Monday, 17 de December de 2018

OPINIÃO


Economia

Economia Brasileira: “tempus fugit”- o tempo voa

20 Jun 2017

Entre os grandes desafios para a economia brasileira temos uma série de medidas econômicas que necessitam serem aprovadas pelo Congresso e anunciadas pelo Poder Executivo do país. Estas medidas devem acontecer e gerar efeitos dentro de um determinado tempo. Serem anunciadas neste ou no próximo mês e gerar seus efeitos de forma rápida.

O tempo e a ausência de medidas econômicas que tragam ajustes significativos, já causaram desgastes e substituições de antigos ministros da economia.  De modo recente, alguns deles, exatamente depois de uma discordância sobre as medidas necessárias para reestabelecer o reequilíbrio da dívida pública.

Será que a situação conjuntural da economia mostra a superação desta situação econômica? Claro que não! E ainda temos no nosso ambiente uma situação crítica: contamos com um universo de 14 milhões de desempregados e com as dívidas dos estados da União onerando o governo central e instituições públicas.

John Maynard Keynes, famoso economista britânico também lembrou da questão do tempo quando mencionou que no "longo prazo todos estaremos mortos". O tempo inevitavelmente voa – "tempus irreparabile fugit".

O artigo 2º da Constituição Federal declara que: "São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário". Cada um destes poderes age, neste momento, em sintonia com seus tempos e interpondo as suas próprias características e questões peculiares.  Estes tempos e características parecem ignorar a estrutura necessária para o ajuste desejável da sociedade e do Brasil. Os poderes aparentam ignorar as necessidades da população.

Também a atual estabilidade econômica não é confortável para a sociedade. Produz um cenário recessivo, como ao manter as elevadas taxas de juros. Não gera uma reversão para uma taxa significativa de crescimento econômico, com valores acima de 1% do Produto Interno Bruto (PIB).

O tempo está passando e caso este fator não seja considerado essencial, a sociedade brasileira pagará um preço maior ao alongar a recessão com os seus indesejáveis efeitos para o país.

*Agostinho Pascalicchio é professor de economia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, doutor em Ciências pelo Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo. Mestre em Teoria Econômica pela University of Illinois at Urbana-Champaingn/USA. Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade de São Paulo.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

16

PARABÉNS!
PARABÉNS!

8

BOM
BOM

9

AMEI!
AMEI!

12

KKKK
KKKK

14

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

8

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

8

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Diplomação

TRE diploma eleitos

O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins diplomou na manhã de hoje os eleitos para mandato a partir de janeiro de 2019.

Investigado

João de Deus sacou R$ 35 milhões de contas e aplicações, confirma MP

Na sexta-feira (14), o Tribunal de Justiça de Goiás acatou o pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e determinou a prisão do médium goiano.


Trabalho

Sindicalizados aprovam orçamento de R$ 2,5 milhões para o SISEPE-TO

Pinheiro frisou que o SISEPE-TO ampliará a divulgação das suas ações, o diálogo com os servidores público e logo conquistará mais sindicalizados.


Tocantins

Em menos de 24 horas, Polícia Civil prende suspeitos de explosão de caixa eletrônico no interior

Entre os indivíduos presos em flagrante está Cristiano Batista da Silva e Jamerson Gama Ribeiro, que são investigados por um roubo cometido na cidade de Novo Acordo


Tocantins

Ministério Público denuncia 19 pessoas por participação em fraude no concurso da PM


Tocantins

MPE e UFT celebram protocolo de intenções para elaboração de estudos técnicos em atuações de interesse social


Pró-Moradia

Vice-governador Wanderlei Barbosa inaugura Condomínio Maria Olívia Carlesse em Palmas


Segurança

Secretário entrega armamentos e anuncia chegada de scanners corporais em casa penais


Serviços Bancários

Sistema de Defesa do Consumidor oficia Banco Central sobre falha na prestação dos serviços bancários no Tocantins


Imbróglio

TCE impede retorno do estacionamento rotativo em Palmas



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira