Wednesday, 17 de July de 2019

OPINIÃO


Ponto de vista

Envelhecimento da população ainda é tabu

09 Sep 2018    12:11    alterado em 09/09 às 12:11
Envelhecimento da população ainda é tabu

Rafael Pereira
@rapres (Redes Sociais)
Telefone:(63) 9 81171300


Atualmente temos uma taxa maior de longevidade em relação as décadas passadas; os avanços nas áreas da medicina e novas oportunidades no modo de vida, fez com que vivêssemos mais. Lidar com o envelhecimento da população ainda é um tabu, e gera questionamentos sobre responsabilidades políticas sobre as regras que regem os deveres propiciados aos idosos.

Logo o Brasil será um dos países com maior taxa de idosos do mundo, e segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), até o meados de 2025 teremos uma taxa de 33,4% de pessoas consideradas idosas. Mas será que estamos preparados para a velhice, ou até mesmo aos deveres que esta etapa da vida impacta na sociedade.

Hora, temos ainda grandes problemas com a cultura regional na conformidade dos respeitos às fragilidade dos nossos idosos. Infelizmente ainda há muitos casos de agressão e até mesmo o descumprimento de atendimentos prioritários. Neste ponto precisamos ter outros olhares e nos colocar como uma futura pessoa de terceira idade. Ainda vivemos muito nos costumes do ato presente, e tão pouco paramos para pensar no futuro.

A seguridade financeira que é tão importante para este estágio de vida, não é discutido com a frequência que deveria ser, pois aos poucos seria a prevenção aos efeitos do pragmatismo acima da aposentaria pública e até mesmo da privada. É muito comum relatos de idosos quanto ao desconhecimento de planejamentos financeiros a qual são propensos a golpes no pouco dinheiro que tem direito. Níveis de instrução é um excelente fator positivo para se policiar nestas questões. Quanto menor o nível de instrução, maior os riscos em cair nas práticas de estelionato e outros crimes.

E no campo da educação que compete o favorecimento ao leque de sabedoria dessas pessoas. Há de se observar alguns modelos como os das universidades abertas a terceira idade e centros educacionais com iniciativa para ajudar com bastante informação. Pois muitos destes não tiveram a oportunidade na juventude para se dedicar aos estudos, e abrir-lhes os olhos para leitura é um trunfo decente para muitas famílias. Outra preocupação comum são os cuidados com a própria saúde com maior parte da renda realocada, ato este ainda incomum aos jovens.

As novas gerações enfrentam grandes problemas com a abertura imersa das informações geradas através das redes sociais e tecnologia. Diante a realidade em que estarão expostos, sobre isto, uma visão do envelhecimento não pode ser vista simbolicamente como uma fase da vida, mas o resultado de um processo longo e construído em vários passos cronológicos de vivencia, que somam ao anoso. Medidas preventivas devem ser tomadas na tentativa de se garantir dignidade pessoal, capacidade de participação social e um envelhecimento autônomo. Nesta lógica, o que muitos almejam é a pretensão de envelhecer bem, com vários benefícios do planejamento.

COMPARTILHE:


Confira também:


Alphaville

MPTO atua e empresas são obrigadas a adequar sistema de iluminação de condomínio de Palmas

A sentença que estipula a adequação no sistema de iluminação do condomínio foi proferida pelo juiz Pedro Nelson de Miranda Coutinho, da 3ª Vara Cível de Palmas.

IML

Em apenas 5h, peritos do IML do Tocantins identificam cadáver carbonizado pela arcada dentária

Procedimento realizado na capital identificou corpo de vítima de incêndio na região Sudeste do Tocantins a partir do confronto entre arcada dentária e prontuário odontológico.


TJTO

Juíza determina que o Estado e o município de Palmeirópolis forneçam, em 10 dias, remédio contra hanseníase a paciente

O descumprimento da sentença acarretará em multa diária de R$ 1mil (individualizada em R$ 500,00 para cada uma das partes requeridas - Estado e o Município) e limitada a R$ 30mil


Formação

Unitins traz Viviane Mosé para evento de qualificação de professores

Professora há mais de 30 anos, a palestrante é reconhecida nacionalmente pela atuação na área educacional


Luto

Morre a Auditora Fiscal Elizabeth Leda, aos 73 anos


Norte do TO

Polícia Civil prende mais um suspeito de participar de homicídio de adolescente em Araguaína


Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira