Wednesday, 21 de February de 2018

Wednesday, 21 de February de 2018

OPINIÃO


FCP

FCP lança Banco de Projetos Culturais para estimular o patrocínio de empresas

30 Jan 2018

A Fundação Cultural de Palmas (FCP) lançou o edital de chamamento público Nº 004/FCP/2018 - Banco de Projetos Culturais nessa sexta-feira, 26, para artistas e produtores culturais interessados em conseguir patrocínio com a iniciativa privada. Acesse aqui.

Um dos objetivos do Banco de Projetos é criar um canal de divulgação de projetos culturais visando aproximar agentes culturais e empresas. A FCP irá produzir um catálogo com os projetos culturais cadastrados, que será disponibilizado mensalmente a empresas potencialmente interessadas em patrociná-los.

De acordo com o Edital, estão habilitadas a realizar o cadastramento pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, definidos como companhias, grupos, associações, cooperativas ou empresas, de natureza cultural, que atuem diretamente no campo das atividades artísticas e culturais.

Serão aceitos projetos de áreas como artes populares, arte digital, artes visuais, audiovisual, cidadania cultural, circo, dança, literatura, música, patrimônio cultural e teatro.

O cadastramento de projetos poderá ser realizado do 1º ao 5º dia útil de cada mês, presencialmente e pela internet.

Mais informações ou esclarecimentos podem ser obtidos por meio do telefone 63-2111-2402 ou e-mail: bancodeprojetosfcp@gmail.com.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

7

PARABÉNS!
PARABÉNS!

5

BOM
BOM

5

AMEI!
AMEI!

5

KKKK
KKKK

5

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

5

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

4

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Palmas

Júnior Geo cobra concurso para a Guarda Metropolitana

Na oportunidade, o vereador destacou a necessidade em se fazer emendas parlamentares com o propósito de fortalecer o serviço

IPTU

Palmas é a 12ª cidade no País que mais investe na manutenção em serviços públicos com recursos do IPTU, aponta estudo da UFT

Palmas está no topo das cidades brasileiras (entre 200 mil a 500 mil habitantes) que mais investem por pessoa (per capta) na manutenção de serviços básicos e essenciais da cidade a partir do que arrecada com o IPTU




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira