Tuesday, 20 de October de 2020

OPINIÃO


Filosofia

Filósofo opina sobre posição de Bolsonaro de acabar com curso de filosofia em faculdades públicas

26 Apr 2019
Divulgação Filósofo opina sobre posição de Bolsonaro de acabar com curso de filosofia em faculdades públicas

Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro acompanhado do ministro da educação Abraham Weintrab manifestou que o país precisa investir os recursos da Educação em áreas consideradas pelo atual governo primordiais para o país e de retorno rápido para a população. Com isso, Bolsonaro pretende descentralizar investimentos nos cursos de filosofia e sociologia, direcionando a outras áreas.

O filósofo Fabiano de Abreu opinou sobre o tema com base em sua experiência e posicionou-se sobre a questão: "Como eu sempre disse, o filósofo nasce filósofo. Não é formar-se em filosofia que faz da pessoa um bom filósofo e há uma diferença entre o que se conhece dos outros filósofos e das teorias da filosofia em relação ao uso da filosofia em prol da vida humana e da sociedade. Retirar recursos das faculdade de filosofia federais não necessariamente está acabando com a filosofia, pois haverão as particulares. Pode ser um meio dos centros acadêmicos particulares incluirem cursos de filosofia a baixo custo”.

Para o filósofo, a decisão de não investir mais neste campo de conhecimento trata-se de uma estratégia de investimento, mas o mesmo também afirma que poderiam haver outras alternativas de cortes de gastos: "se eu tivesse que escolher, eu optaria por não acabar com a faculdade de filosofia, mas não sou um governante e nem tampouco tenho acesso ao balanço financeiro do MEC para saber aonde há uma maior prioridade. Mas eu questiono qual o valor da filosofia para o Brasil e para os seus governantes? Eu sempre disse que deveria ter o ensino de filosofia nas escolas, no ensino médio, para ajudar o estudante a desenvolver a capacidade de raciocínio, senso crítico e na forma como as pessoas veem o mundo e a sociedade. Assim como sou a favor de psicólogos mais presentes na vida de todos os alunos”. 

Como alternativa a extinção de investimentos em filosofia, Fabiano ponderou que talvez a extinção de alguns privilégios da classe política pudessem ajudar a aliviar o orçamento: "resumidamente tem que ser vistas quais são as prioridades. Acredito que existem outros gastos que poderiam ser cortados antes mesmo de qualquer coisa ligada a educação. Educação é algo que na atual conjuntura do Brasil continua sendo um investimento importantíssimo. O país padece com problemas históricos de educação e cultura. Em vez de cortar gastos na educacao, poderia ser interessante reduzir o número de políticos e servidores públicos, assim como privilégios".

COMPARTILHE:


Confira também:


Ocorrência

Ação da Polícia Civil resulta na libertação de refém e na prisão de cinco homens, incluindo um policial civil aposentado do Maranhão

Mulher foi mantida refém desde o último sábado e era ameaçada de morte por conta suposta dívida contraída pelo marido.

Tocantins

Governo do Tocantins moderniza unidades de atendimento do É Pra Já

Através da capacitação dos servidores e melhorias na infraestrutura, as Unidades garantem atendimento de qualidade aos cidadãos


Palmas

Eli Borges se reúne com produtores rurais onde apresenta suas propostas para gerar cerca de 3 mil empregos no campo

Eli Borges vai buscar mecanismos para fomentar a instalação de agroindústrias; fortalecer o projeto de criação de peixe em cativeiro; atrair indústrias para processamento do pescado; e perfurar poços artesianos para os produtores que enfrentam a falta d’ág


Palmas

Cinthia Ribeiro diz que som ambiente com voz e violão está liberado em Palmas, sem aglomeração

Com o entendimento sobre a liberação do som ambiente, mas desde que não ocorra aglomeração, a Prefeita Cinthia frisou: “em nenhum momento proibimos o som ambiente, mas os shows e aglomerações sim"


Eleições 2020

Alan Barbiero ressalta implantação da UFT e reforça compromisso com a educação


Ruth Almeida

História da chef Ruth Almeida é contada em festival de gastronomia no Maranhão


Agentes

Para ampliar as ações de proteção ambiental, Cinthia promete concurso para Agentes de Fiscalização


Palmas

Joseph Madeira se reúne com músicos impedidos de trabalhar pela Prefeitura


IPTU

IPTU de 2021 em Palmas não terá aumento e taxa para eventos será suspensa, garante Cinthia


Estado

Governo do Tocantins promove reuniões on-line para orientações aos municípios



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira