Friday, 22 de November de 2019

OPINIÃO


Opinião

Os servidores foram despojados de suas aspirações

19 Oct 2012

Por Paulo César Régis de Souza


A última greve dos servidores deve ser analisada de frente para o futuro. Quem protesta, já perdeu. Pois bem, protestamos, até com veemência em determinados momentos, mas perdemos. Por quê?


Em inúmeras oportunidades, tenho demonstrado, sem que tenha sido desmentido, que as despesas com o pessoal (Executivo, Legislativo e Judiciário) correm muito abaixo dos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Sei também que com o crescimento do PIB abaixo do estimado, a crise do dólar, do euro, das bolsas, a receita corrente líquida pode ser impactada. Também tenho escrito que o forte controle nos gastos com pessoal concursado é acompanhado pelo forte descontrole das despesas com pessoal comissionado e terceirizado, sem que o zeloso Ministério do Planejamento enfrente esta “bolha” que agride as contas públicas. Tenho alertado que há 25 mil comissionados (não concursados) no Executivo, sem qualificação técnica e profissional, recebendo os mais altos salários.


Perdemos porque o governo não negociou e impôs unilateralmente o que afirmou (sem admitir contestação) ser possível conceder no momento: 15,8% para os civis e 30% para os militares, em três anos, abrindo um largo horizonte de conforto para o próprio governo que concederá reajustes em 2014, ano da sucessão presidencial, e em 2015, 1° ano do novo governo. Até lá, se possível, ajustes pontuais.


A mídia tomou posição a favor do governo e contra os servidores. Ponto final. Cobriram a greve com a indiferença e a distância da guerra civil na Síria com 25 mil mortos!


Havia algo no ar, além dos aviões de carreira!


Perdemos porque as lideranças se omitiram, se acovardaram. Muitas delas se afastaram dos sindicatos. As centrais e as federações sindicais supostamente compradas ou aboletadas nos altos empregos com super salários contribuíram para a desmobilização, desmotivação, despolitização e desengajamento. Os negócios espúrios de muitos deles com a verba do Fundo de Amparo ao Trabalhador-FAT desmoralizaram tais lideranças.


Perdemos porque foram plantadas notícias contra nós: A contra-propaganda produziu impactos na opinião pública: “ Oferta de um percentual de reajuste de 15,8%, parcelado até 2015”, “Governo aumenta em 133% despesa com folha de pagamento de servidores federais em oito anos”; “A pesada conta da greve. Cofres públicos gastaram R$1,2 bilhões em 513 dias de paralização de servidores desde 2005”; “Ação da AGU junto ao STJ que mandou descontar os dias parados”; “Servidor recebeu reajustes acima do avanço do PIB. Estudo mostra que, nos últimos nove anos, valor médio pago cresceu 33%, para 7,2 mil”.


O saco de bondades da Presidente Dilma se esgotou. Desde FHC que se cometem injustiças como os que já deram tudo de si pelo serviço público. O saco de maldades mostra sua face de empobrecer o país e gerar desilusões e despedaçar sonhos, com a arrogância dos que matam os rios amazônicos com a construção de barragens e usinas.


(*) Paulo César Régis de Souza é presidente da Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social- ANASPS.

COMPARTILHE:


Confira também:


Unale

Deputados discutem humanização das leis em encontro da Unale

Com o tema principal "Humanizando as Leis em um Novo Tempo", o evento está recebendo 13 dos 24 deputados estaduais do Tocantins.

Serviço

Cia de Teatro UMPONTODOIS realiza seleção para ator convidado

Ator selecionado irá compor o elenco do novo espetáculo, que estreará em março de 2020.


Paralimpíadas

Atleta do Tocantins é premiada durante cerimônia de abertura das Paralimpíadas Escolares 2019

Maria Eduarda Araújo ficou em segundo lugar pela região Norte, no Concurso Cultural promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro


Serviço

TIM busca parceiros para abertura de lojas em três cidades do Tocantins

A TIM oferece ao investidor apoio para sua gestão com orientação para o projeto arquitetônico que a marca possui para suas lojas, incluindo mobiliário e identidade visual.


Pierre de Freitas

Memorial Coluna Prestes recebe exposição de obras do artista Pierre de Freitas


Mobilização

Força tarefa se mobiliza em prol de indígenas venezuelanos refugiados em Palmas


Segurança

Carlesse busca mais recursos para Segurança Pública em audiência com ministro Moro


Vestibular Unitins

Estão abertas as inscrições para primeiro vestibular do novo Câmpus da Unitins em Paraíso


Museu

Palacinho é reaberto e ex-governador Siqueira Campos homenageado


Sarampo

Segunda etapa de vacinação contra o sarampo segue até dia 30 de novembro



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira