Monday, 24 de September de 2018

Monday, 24 de September de 2018

OPINIÃO


Economia

Saiba pechinchar: aprenda 10 formas de pedir descontos

13 Jun 2017

As vendas subiram 1% no comércio varejista brasileiro em abril ante março, segundo o IBGE. Indo às compras, o consumidor deve pedir descontos e pechinchar sem vergonha, pois não está fazendo nada de errado e sim valorizando seu dinheiro.

Veja 10 orientações:

1- Diga o quanto quer pagar

Esclareça ao vendedor que quer comprar o produto ou serviço, mas que só pode pagar um valor menor. Ele quer fazer a venda, portanto deve fazer um esforço para conseguir o desconto que precisa ou pelo menos parte dele.

2- Negocie independente da forma de pagamento

Primeiro pergunte o valor parcelado sem juros. Depois, o quanto seria mais barato pagando à vista. Em seguida, veja se consegue parcelar o valor final (desde que caiba em seu orçamento). Assim terá as melhores condições de pagamento, desconto e nenhum juros.

3- Pague em dinheiro

Com dinheiro em mãos, você tem mais força para negociar. Os lojistas pagam taxas para utilizar a máquina de cartões, portanto no pagamento à vista você deve negociar o desconto referente a esta taxa.

4- Seja educado e cordial

Estabeleça um bom relacionamento com o vendedor. Pode parecer estranho, mas muitas pessoas não são educadas com os lojistas. Tendo empatia, eles estarão mais abertos a conceder descontos.

5- Vá às compras com alegria

Comprar o que deseja, após planejamento e poupança, é um momento feliz. Portanto tenha bom humor e descontração, assim terá maio jogo de cintura para conseguir descontos, além de ganhar a empatia do vendedor.

6- Não tenha vergonha 

Nos preços de todos os serviços e produtos há gordura, ou seja, valores excedentes. Essa é justamente uma margem para barganha. Caso os vendedores não possam ou não queiram conceder, agradeça educadamente e procure outra loja.

7- Tenha tempo

Você deve ir às compras com tempo para conversar com os vendedores e também com disposição para ir em duas, três ou mais lojas para conseguir o melhor preço. É melhor gastar sola de sapato do que o dinheiro que você trabalhou muito para conquistar.

8- Saiba a hora certa de comprar

Se for comprar em estabelecimentos em que é difícil pedir descontos, como lojas de departamento e restaurantes com preços tabelados, prefira ir nos períodos de queimas de estoque e promoções.

9- Pesquise online

Os preços costumam ser menores online. Portanto inicie a sua pesquisa na internet, mas não deixe de ir às lojas, negociar "cara a cara". Compare preços e negocie com os vendedores com base em sua pesquisa inicial.

10- Valorize pequenos descontos

Se um produto custa R$ 100 e você consegue por R$ 90, a economia é de 10%. Se custava R$ 15 e você pagou R$ 10, obteve um desconto de um terço do valor – diferença muito relevante. Valorize essas conquistas.


*Reinaldo Domingos é Doutor em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin – www.abefin.org.br) e da DSOP Educação Financeira (www.dsop.com.br). Está a frente do canal Dinheiro à Vista, é colunista do InfoMoney e da Rádio Bandeirantes. Autor de diversos livros de Educação Financeira, incluindo o best-seller Terapia Financeira.

DSOP Educação Financeira

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

8

PARABÉNS!
PARABÉNS!

7

BOM
BOM

10

AMEI!
AMEI!

9

KKKK
KKKK

10

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

5

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

4

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Setembro Amarelo

Fórum de Saúde Mental que aborda Prevenção de Vulnerabilidades e Suicídio acontece nesta sexta, 28

Dhieine ressalta ainda que embora o evento tenha como objetivo a articulação da rede, a mesa redonda sobre “Prevenção de Vulnerabilidades e Suicídio”, que acontece é aberta ao público em geral.


  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira