Wednesday, 23 de January de 2019

OPINIÃO


Opinião

Vote consciente nestas eleições

14 Jun 2018    18:50    alterado em 14/06 às 18:50
Divulgação Vote consciente nestas eleições Eleitor deve refletir e votar naqueles que pensam na sociedade como um todo

Por Thaís Almeida de Aguiar, graduada em Direito pela Faculdade Católica do Tocantins

A Constituição Federal de 1988 garantiu ao povo a titularidade do poder estatal, exercendo-o por meio de representantes eleitos ou diretamente, revelando assim o  caráter de estado democrático de direito do país. O voto é um dos instrumentos da soberania popular e possui valor igual para todos os cidadãos, refletindo os fundamentos da cidadania e a dignidade humana - tão prestigiados pela República Federativa do Brasil. Na mesma vertente estão as formas diretas do exercício da soberania popular quais sejam: plebiscito, referendo e iniciativa popular. No Brasil o voto é uma obrigação aos maiores de 18 anos e facultativo para os analfabetos, aos maiores de 70 anos e aos maiores de 16 e menores de 18 anos. Não podem se alistar como eleitores os estrangeiros e os conscritos, por sua vez, aqueles que desejam se eleger devem preencher alguns requisitos, chamados de “condições de elegibilidade” previstos no artigo 14, §3º da Carta Maior.
O estado do Tocantins está em processo eleitoral, foram realizadas na data de 03 de junho as eleições suplementares para mandato “tampão” do Chefe do Poder Executivo Estadual - resultante de um processo de cassação, foram 07 candidatos aptos ao recebimento de votos, o pleito resultou em um 2º turno previsto para 24 de junho entre os dois candidatos mais votados, agora, aquele que receber a maioria dos votos será eleito Governador do Estado do Tocantins para o período de 06 meses.

Em outubro, os eleitores tocantinenses voltarão às urnas, desta vez, para eleger o Presidente da República, governador de estado, senadores, deputados estaduais e federais.

Muitos são os candidatos que concorrerão aos cargos político, assim muitas são as opções de voto. O eleitor deve atentar-se as propostas de governo, aos projetos a serem desenvolvidos durante o exercício do mandato, tendo consciência de que o resultado apurado nas urnas influenciará a vida da população, as propostas devem ser analisadas, pugnando pelas que oferecem uma melhor qualidade de vida, educação, geração de emprego, conservação ambiental, saúde, entre outros. Aos candidatos, cabe à observância dos preceitos éticos, a elaboração e execução de uma campanha transparente e honesta, sem ataques pessoais aos adversários, deve-se ter sempre em mente que o agente político é um representante da população e do estado, e suas ações devem ser impessoais e visar o bem comum.

Visto isto, o eleitor deve refletir e votar naqueles que pensam na sociedade como um todo, batalhando pela justiça e moralidade no processo eleitoral, afinal os eleitos representarão a sociedade por vários anos. O exercício do voto é exercício de cidadania, é direito de todos, e, sobretudo um dever.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

141

PARABÉNS!
PARABÉNS!

69

BOM
BOM

73

AMEI!
AMEI!

62

KKKK
KKKK

54

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

55

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

48

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Eleições 2018 FIETO Palmas Tocantins PSDB Vicentinho Carlesse Amastha Kátia Abreu

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Investimentos no Estado

Governador Carlesse e executivos da Suzano Celulose debatem investimentos da empresa no Estado

Empresa finalizou, há poucos dias, uma fusão de proporções internacionais, que a transforma na maior empresa de agronegócio do Brasil

Serviço

Janeiro Verde-Piscina: campanha alerta sobre a prevenção do câncer de Colo de Útero

A doença é a quarta maior causa de morte de mulheres no Brasil, mas tem cura se diagnosticada e tratada em suas fases iniciais


Música

Álbum "Raízes", de Negra Li, foi eleito o 2º melhor disco de 2018

Em uma votação popular, o disco "Raízes", de Negra Li, foi eleito o 2º melhor do ano entre 50 indicados pelo portal Red Bull de música.


Sanidade

Presidente da Adapec assina portaria desburocratizando serviços na realização de leilões cadastrados

A portaria também autoriza que os responsáveis técnicos dos leilões possam constituir equipes de auxiliares que ajudarão na realização do evento.


Nutrição

Coach brasileira Gabi Lodewijks entre as finalistas de prêmio de empreendedorismo na Holanda


Educação

Unitins oferece 140 vagas em 12 turmas de cursos de graduação por meio do Sisu


Preço Abusivo

Procon realiza pesquisa e identifica diferença de até 145% em material escolar


Serviço

IEL oferece 22 vagas de estágio remunerado em Palmas e Porto Nacional


Brasil

Movimento do Comércio cresce 1,8% em 2018, diz Boa Vista


Educação

Estudantes da Escola Frederico Pedreira acompanham o eclipse lunar



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira