Saturday, 04 de July de 2020

POLÍTICA


Com voto favorável de João Ribeiro, Senado aprova exigência de diploma de jornalista

10 Aug 2012

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins-Sindjor/TO vêm a público agradecer o apoio do senador João Ribeiro (PR-TO) que votou em favor do fortalecimento da profissão de Jornalista, da qualidade do jornalismo e da democracia.

A PEC 33/2009 que torna obrigatório o diploma de curso superior para o exercício da profissão de jornalista, foi aprovada no início da noite do dia 07/08, em segundo turno com 60 votos favoráveis e apenas quatro contra.

Em decisão histórica em defesa do Jornalismo, o Senado, absolutamente sintonizado com a opinião pública e com a categoria dos jornalistas, deu um passo fundamental para a correção de uma decisão obscurantista do STF que eliminou a exigência do diploma para acesso à profissão. Os jornalistas e a sociedade brasileira agradecem este ato em defesa do Jornalismo

A exigência da formação superior em Jornalismo é uma conquista histórica dos jornalistas e da sociedade. Depois de 1969, quando foi instituída, esta exigência contribuiu decisivamente para modificar a qualidade do jornalismo brasileiro, representando uma das garantias ao direito à informação independente e plural, condição indispensável para a verdadeira democracia.

O diploma de jornalista foi derrubado da nossa legislação profissional por decisão do STF em 17 de junho de 2009 que permitiu que qualquer cidadão, sem qualquer formação, possa exercer esta profissão de grande responsabilidade social. A decisão da maior corte de Justiça representou um retrocesso não somente para a categoria dos jornalistas, mas para toda a sociedade brasileira, que perde com a desqualificação do Jornalismo.

O Congresso Nacional respondeu de pronto a este processo de judicialização da vida nacional, de caráter nitidamente conservador. No mesmo ano de 2009, foram apresentadas duas PECs restabelecendo a exigência do diploma para o exercício profissional.

Hoje, após a aprovação da PEC 33 no Senado, a categoria e a sociedade voltam suas atenções para a Câmara dos Deputados, que terá de apreciar a PEC 33 em conjunto com a PEC 386, de autoria do deputado Paulo Pimenta e relatoria do deputado Maurício Rands. Ambas têm o mesmo propósito: resguardar a dignidade dos jornalistas brasileiros e contribuir para a garantia do jornalismo de qualidade.

Para o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Tocantins (Sindjor/ TO), Júnior Veras, a aprovação significa uma vitória. “A aprovação veio coroar toda a luta da categoria que volta a ter confiança. “Nós vamos resgatar a exigência do diploma para o exercício da profissão. Temos convicção de que quando a proposta chegar à Câmara também será deferida, quiçá, pela unanimidade”, disse.
 
O momento é de comemoração da grande vitória, mas a mobilização dos jornalistas brasileiros, organizada pela Fenaj e pelos Sindicatos de Jornalistas de todo o país, apoiada por entidades do campo do Jornalismo como o Fórum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ) e a Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), e respaldada pela energia contagiante de estudantes de Jornalismo que engajaram-se em manifestações desde a fatídica decisão do STF em 2009 até a vigília no Senado nesta sexta-feira, vai continuar para que a PEC seja aprovada em tempo recorde na Câmara dos deputados.

COMPARTILHE:


Confira também:


Educação

Carlesse autoriza transporte escolar urbano gratuito nas 3 maiores cidades do Tocantins

Medida vai beneficiar a comunidade em geral, tendo em vista que a retomada das aulas não provocará aumento no volume de passageiros do transporte coletivo destas cidades

Pandemia

Tocantins registra 291 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 11.736 casos no total, destes, 7.324 pacientes estão recuperados, 4.201 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 211 pacientes foram a óbito.



Tocantins

Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono completa oito anos de criação

O Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono completa oito anos de criação e essa, é a primeira unidade de conservação de proteção integral municipal do Tocantins, criada por meio do Decreto Municipal nº 034|2012, com apoio do Naturatins, da Semar


Infraestrutura

Entrega de máquinas fecha ações do Governo do Tocantins em infraestrutura rodoviária no primeiro semestre de 2020

Nesse período, também foram entregues trechos de rodovias reconstruídos e intensificados os serviços de manutenção


Economia

Intenção de consumo das famílias de Palmas cai novamente em junho

Sobre o consumo especificamente, 59,6% dos entrevistados acham que estão comprando menos que no ano passado e 45,9% acreditam que o consumo nos próximos meses tende a ser menor que no ano passado.


Eleição CREA-TO

Engenheiro Jefferson segue na liderança para Presidente do CRE-TO


Artistas e empresas se juntam para a Live “Amor por Palmas”


Tocantins

Candidatos às eleições do Confea/Crea/Mútua querem prorrogação da data de votação


O CIRCO VAI À SUA CASA

Festival de Circo de Taquaruçu inicia edição histórica em meio à pandemia


Meio Ambiente

Governo do Tocantins mantém processos de regularização ambiental com Atendimento On-line


Tocantins

Conselho lamenta aumento na tarifa de energia elétrica do Tocantins



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira