Tuesday, 19 de February de 2019

POLÍTICA


Eleiçoes

Em reunião com pastores, Amastha defende parceria do Estado com instituições que desenvolvam projetos sociais

10 Sep 2018    17:16

Candidato a governador do Tocantins, Carlos Amastha (PSB) defendeu, em reunião com pastores, realizada na manhã desta segunda-feira, 10, em Palmas, a realização de convênios e parcerias entre o Governo do Estado e instituições (civis e religiosas) que desenvolvam projetos sociais voltados para os jovens e pessoas vulneráveis.

Amastha ressaltou que o Estado deve fazer parcerias que aliviam a pressão da gestão pública. “Temos que viabilizar recursos para executar esses projetos. Em 2019, vamos criar um fundo, um conselho da sociedade civil organizada e uma auditoria externa para isso. Todos que trabalham em prol da sociedade têm que ter o respeito garantido, afirmou.

“Não é só sobre religião. Igreja também é sobre políticas públicas preventivas. O jovem que está no trabalho, no esporte e na igreja não está nas drogas,” lembrou.

 

*Capital da Fé*

 

Amastha reafirmou o compromisso que havia feito ainda na eleição suplementar sobre expandir o festival de música gospel Capital da Fé para todo o Tocantins, realizando edições regionais do evento. “O Capital da Fé fez Palmas ser reconhecida em todo o Brasil. Atraímos turistas, os hotéis ficam lotados, aquece a economia e não temos nenhuma ocorrência no período do evento.”

Suimar Caetano, pastor da igreja Assembleia de Deus Missão, avaliou o legado que Amastha deixou em Palmas e as propostas que ele fez durante a reunião. “Tenho certeza que o plano de governo do Amastha é o melhor que nós temos. Ele já tem um trabalho comprovado em Palmas e agora é a vez do Tocantins. Não vai ser só para os evangélicos, ele governa para o povo.”

COMPARTILHE:


Confira também:


Operação Fantoche

PF prende presidente da CNI, Robson Andrade

Investigação mira convênios de unidades do Sistema S

Exonerações Suspensas

Justiça atende DPE e MPE e suspende ato do governo que exonerou profissionais da saúde

Efeitos do ato declaratório nº 01/2019 estão suspensos. Defensoria Pública e MPE expuseram na ação civil pública que o Ato ainda gera graves consequências na desassistência da saúde pública.



Contratos Temporários

Prefeitura de Palmas abre edital para contratação de 34 servidores temporários

O processo seletivo simplificado será composto por três etapas de caráter eliminatório e classificatório, sendo análise curricular, comprovação de experiência profissional, avaliação de títulos e entrevista.


Ponte de Porto

Defensoria e OAB vão integrar comissão que trata sobre interdição da ponte de Porto Nacional

Audiência, realizada na sexta-feira, 15, debateu os principais impactos gerados com a interdição


Ocorrência

Polícia Civil apreende 30 kg de maconha e prende traficante no Sul do Estado

As investigações da Polícia Civil constataram que Hailton trazia, do Estado de Goiás, grandes quantidades de entorpecentes para Gurupi e região, e que, nessa madrugada, outra remessa chegaria ao Tocantins.


Meio Ambiente

Municípios têm apenas 30 dias para protocolar processo do ICMS Ecológico no Naturatins


Diálogo

Secretários apresentam plano de reestruturação à instituições dos diferentes poderes do Estado


Itelvino Pisoni

Sistema Fecomércio Tocantins realiza visita a Prefeita Cinthia Ribeiro


Tocantins

Dispara número de casos prováveis de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti


HGP

Defensoria emite recomendação para Sesau por desassistência na oferta de cirurgias cardiológicas em Palmas


Adapec

Produtor rural pode emitir Guia de Trânsito Animal de qualquer localidade



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira