Wednesday, 20 de November de 2019

POLÍTICA


Palmas

Frente Parlamentar discute situação das feiras e regularização dos produtos de origem rural

03 Jun 2019    11:08    alterado em 03/06 às 11:08
Jessika de Jesus Frente Parlamentar discute situação das feiras e regularização dos produtos de origem rural

Na quinta feira, 30, a Frente Parlamentar em Defesa ao Comércio, coordenada pelo vereador Diogo Fernandes, discutiram a reforma das feiras, capacitação dos feirantes, regularização dos produtos de origem rural, fomento do agronegócio e estradas rurais.

O coordenador da reunião destacou que o momento é relevante para conhecimento das dificuldades, bem como para avaliar formas do Parlamento, juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, contribuir para a resolução dos problemas “É um momento de debate para saber como o Poder Público pode contribuir, e através da força da lei possamos trazer uma nova diretriz e facilitar a vida de todos” esclareceu Fernandes.

O representante da Associação de feirantes da região Norte, Orivaldo Thomas, pontuou alguns problemas referente à infraestrutura das feiras. Segundo ele, alguns reparos são necessários como, por exemplo, a pavimentação de pátio, reforma da feira da 503 Norte bem como reparo dos portões.

Em resposta, a Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico (SEDEM), Adriana Almeida, Informou que a Prefeitura tem um planejamento de capacitação para trabalhar com comitês temáticos, que farão levantamento das demandas, junto com os feirantes a fim de resolver a situação “Quando trabalhamos diretamente com eles, vemos que existe a boa vontade de fazer a parceria. Vamos reunir com todos os feirantes e trabalhar cada feira dentro do seu comitê” explicou a secretária.

Projeto Feira Solar
O vereador Tiago Andrino (PSB), sugeriu que a SEDEM, juntamente com a Prefeitura, possam viabilizar o projeto de desenvolvimento de energia renovável no âmbito das feiras, segundo o parlamentar, existe um recurso de 50 milhões de reais para este fim na Capital “Se conseguirmos implantar as feiras solares, já é uma grande vitória, porque com o seu tamanho, a metragem na parte superior, elas se tornarão uma usina e gastarão menos que a produção. Se produzir razoavelmente bem, tirar o custo, e negociar com a Prefeitura pode transformar a produção em um tipo de crédito” defendeu. 

Serviço de Graxaria
A graxaria é a atividade de coleta e reciclagem dos restos de animais gerados pelos abatedouros, açougues e frigoríficos, especialmente de animais como bois e aves. Na semana passada a Capital passou por um momento crítico, devido a suspensão dos serviços pelo frigorífico responsável.

O comerciante da Palmas Brasil Norte, Francisco Severino, questionou  que tipo de ações a Prefeitura poderá tomar no sentido de resolver a situação.

O representante da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SEDER), Geraldino Ferreira Paz, explicou que a Prefeitura não tem condições de atender os açougues, e sugeriu que a classe juntamente com a CDL, viabilize uma forma para resolver a questão “Cabe aos produtores e donos de açougue se reunir, através da CDL para discutirem uma forma de solucionar o problema. Quem sabe montarem uma graxaria. A Prefeitura fará a parte social promovendo o bom andamento dos serviços ” assegurou.

Além disso, Paz explanou sobre o serviço que a Prefeitura realiza, na inspeção dos insumos comercializados por produtores rurais, e ressaltou que tudo é feito de acordo com as Leis Federais e Estaduais que regularizem cada serviço prestado no âmbito municipal, tanto na área de frigoríficos, laticínios, abate de animais e afins.

Por fim, o presidente da CDL Silvan Portilio, defendeu que é fundamental que o poder público ajude no crescimento do comércio. “Palmas precisa que o comércio tome as rédeas da economia e faça com que as pessoas cresçam independente do Poder Público.”

COMPARTILHE:


Confira também:


Hospital de Amor

Com apoio de voluntários da AL, unidade do Hospital do Amor de Palmas será entregue em 2020

A construção do Hospital do Amor em Palmas está orçada em R$ 120 milhões e contempla três unidades: de diagnóstico, tratamento e de prevenção e pesquisa.

Refis 2019

Refis 2019 já negociou R$ 96,6 milhões, mas débitos ainda podem ser regularizados até 30 de novembro

O secretário de Finanças, Rogério Ramos alerta para que os contribuintes fiquem atentos para não perderem a oportunidade de negociar seus débitos e ficarem em dias com os tributos municipais.



Segurança

Carlesse busca mais recursos para Segurança Pública em audiência com ministro Moro

Reunião ocorrida nesta quarta-feira, 20, no Ministério da Justiça e Segurança Pública, serviu também para apresentação do plano de investimentos dos recursos já assegurados


Vestibular Unitins

Estão abertas as inscrições para primeiro vestibular do novo Câmpus da Unitins em Paraíso

As inscrições são feitas exclusivamente pelo site da instituição www.unitins.br. As provas serão aplicadas no dia 19 de janeiro e as aulas já começarão em fevereiro, seguindo o calendário acadêmico dos outros câmpus já existentes, Palmas, Araguatins, Augus


Museu

Palacinho é reaberto e ex-governador Siqueira Campos homenageado

Obras de manutenção e reabertura foi fruto de parceria do Governo do Estado e do Grupo Amigos do Palacinho


Sarampo

Segunda etapa de vacinação contra o sarampo segue até dia 30 de novembro


Novembro Azul

Acreditar Tocantins: Pesquisa revela que 31% dos homens não têm o hábito de ir ao médico regularmente


Museu Histórico

Palacinho reabre com expografia e projeto museológico renovados


Estradas

Governo conclui obras de melhoria de estradas vicinais que ligam aldeias indígenas na região noroeste do estado


Bloqueio de Celulares

Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados hoje em 17 estados


Educação Superior

Unitins lança Vestibular com 120 vagas para novo Câmpus de Paraíso



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira