Palmas, 20/11/2017

Política

Tocantins

Irajá Abreu questiona Governo do Tocantins sobre a inércia na área da segurança pública e na infraestrutura

  • Irajá Abreu ressaltou que para haver uma boa administração pública e ter bons resultados é necessário firmar boas parcerias, principalmente entre o executivo e o legislativo

Irajá Abreu questiona Governo do Tocantins sobre a inércia na área da segurança pública e na infraestrutura



Na tarde desta quinta-feira, 06, o deputado federal Irajá Abreu (PSD-TO) fez uso da tribuna na Câmara Federal para relatar aos tocantinenses o trabalho que vem fazendo direcionado ao envio dos recursos por meio de emendas parlamentar desses últimos três anos do segundo mandato como parlamentar federal, somando num valor de R$ 57,8 milhões de reais em obras já executadas, que estão em andamento ou que já estão contratadas, atendendo a 73 municípios do estado do Tocantins.

O parlamentar apresentou um resumo das obras destinadas por ele: "Recursos que destinei por meio de emendas que resultam em obras relacionadas a infraestrutura, como asfalto da ordem de R$13 milhões de reais. Para a  saúde, no valor de R$18 milhões. Para atender na área do esporte, foram R$7,5 milhões. Aquisição de máquinas, equipamentos agrícolas, e as patrulhas mecanizadas no valor de R$6,3 milhões e também recursos que destinei e já estão todos empenhados, para a educação na ordem de R$13 milhões de reais", disse.

Irajá Abreu ressaltou que para haver uma boa administração pública e ter bons resultados é necessário firmar boas parcerias, principalmente entre o executivo e o legislativo. Ele elencou quatro principais responsabilidades do governo do estadual: "É necessário ter assistência na Saúde, Educação, Segurança pública e infraestrutura".

O parlamentar lembrou ainda que o Tocantins sempre foi respeitado e valorizou a segurança pública. "Infelizmente nesses últimos três anos, a segurança pública do estado do Tocantins está abandonada, o nosso Estado está se tornando uma verdadeira "Disneylândia" do bang bang. São agência de bancos sendo assaltada em vários municípios, de norte a sul do estado, deixando vítimas, e toda a sociedade assustados com tanta violência e terrorismo".

Ele disse ainda: "Temos presenciado um verdadeiro abandono do poder público. Isso é uma demonstração de falta de políticas públicas do Governo do estado do Tocantins. Ele não está cumprindo com o seu papel de fortalecer os nossos valorosos policiais com equipamentos e todo apoio necessário. A população sofre com a falta de policiais nas ruas, frutos de concursos públicos prometidos na atual gestão, que até o presente momento não se realizou".

Irajá Abreu citou também a ausência do poder público na infraestrutura. Relatou o sofrimento da comunidade com as péssimas rodovias e obras inacabadas, e lembrou de três em especial; a TO 262 (do trecho de Silvanópolis a Pindorama, que faltam 24,5 Km para concluir) e a TO 387 que liga o povoado Príncipe ao município de Paranã que faltam 7 km para concluir, uma obra iniciada há 6 anos atrás pelo atual governo.  "Sem contar com as rodovias que estão em péssimas condições, caso da rodovia que liga Aliança do Tocantins a Porto Nacional, a TO 070, que está inacessível, inviabilizando a circulação do tráfego".

O parlamentar questiona os atos do Governo em relação ao financiamento que está pleiteando junto a Caixa e Banco do Brasil no valor de R$650 milhões de reais, o qual quer utilizar R$125 milhões para custear contrapartida de empréstimos não pagos. "Esse valor seria suficiente para a recuperação dessas rodovias", diz Irajá Abreu.  

Ele conclui pedindo ao governo do Tocantins que possa cumprir com suas obrigações porque foi eleito para isso; "Gostaria que o Governo nos apresentasse alguma obra que tenha sido realizada nesses últimos 3 anos de gestão. Infelizmente todos nós sofremos com o descaso do Governo do Tocantins". 
 
--
Bianca Marinelli
CÂMARA DOS DEPUTADOS/Gabinete do Deputado IRAJÁ ABREU


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus