Sunday, 09 de December de 2018

POLÍTICA


Josi Nunes

Josi defende o fim do auxílio moradia para todos que possuem residência própria no domicílio de trabalho

07 Mar 2018    10:08
Josi defende o fim do auxílio moradia para todos que possuem residência própria no domicílio de trabalho

A deputada federal Josi Nunes(MDB/TO) usou a tribuna durante a sessão ordinária desta terça-feira, 06, para defender o fim do auxilio moradia para membros dos poderes judiciário, executivo, legislativo e Ministério Público, que tenham residência própria em seus domicílios de trabalho. O julgamento do auxílio moradia para magistrados está previsto para o  próximo dia 22 no Supremo Tribunal Federal (STF). “Eu não poderia deixar de parabenizar a ministra Carmem Lúcia pela responsabilidade e, sobretudo, pela coragem de colocar esse tema em pauta, contrariando muitos de seus pares”, afirmou.

A deputada sugeriu que a Câmara Federal também paute o tema e coloque fim a este beneficio dado a quem não necessita. “Presidente Rodrigo Maia,  acredito que o momento,  é uma boa oportunidade para levantarmos essa bandeira contra os abusos e privilégios, apreciando o mais rápido possível , o projeto de lei que irá disciplinar tal discrepância,  cumprindo assim, o  teto salarial já aprovado pelo Senado”, defendeu.

Para a parlamentar, a  aprovação desta matéria é essencial para amenizar privilégios,  uma vez que busca de forma simbólica amenizar a desigualdade imensa no Brasil. “ Simbólica, pois sabemos que só este fato não acabará com a desigualdade, mas é sem duvida um exemplo de ação que visa não somente a legalidade, mas acima de tudo a moralidade, o bom senso e o espírito de cidadania. O auxílio moradia e um privilégio que disseminou pelos poderes. É um jeitinho para aumentar os salários. Seu objetivo inicial era para custear despesas com moradia para aqueles que trabalhavam fora de seu domicílio. Com o tempo esse penduricalho sofreu uma grande metamorfose e de exceção virou regra”, acrescentou.

Ao ressaltar que este benefício  não é dado somente ao judiciário, uma vez que, o executivo, o legislativo e Membros do Ministério também se beneficiam do auxilio moradia, Josi questionou este privilégio.  “Mas como justificar esse privilégio diante da grave crise econômica, política e moral em que vivemos? Como justificar esse auxilio em um país em que quase a metade de sua população não tem onde morar ou mora precariamente? Como justificar esse benefício para aqueles que ganham os maiores salários de nossa sociedade? Como ficam aqueles que com dignidade exercem diferentes funções; como o professor, que após 25/30 anos se aposenta com proventos que muitas vezes não chegam a R$ 3 mil reais? Como o agente comunitário de saúde que recebe um pouco mais de R$ mil reais? Como justificar isso para o trabalhador brasileiro que recebe um  salário mínimo?”, questionou.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

51

PARABÉNS!
PARABÉNS!

49

BOM
BOM

42

AMEI!
AMEI!

47

KKKK
KKKK

50

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

52

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

50

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Auxílio Moradia STF Câmara Federal

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Rio dos Bois

Vice-governador Wanderlei Barbosa participa de solenidade de entrega de obras no interior do Tocantins

Durante a cerimônia, foi inaugurado no Setor Ayrton Senna, uma Feira Coberta, urbanização e área de lazer, quadra de futebol e vôlei de areia, bueiro duplo na Fazenda Britânia, mata-burros e entrega de veículos.

Educação

MEC libera R$ 5,7 milhões para instituições federais vinculadas no estado do Tocantins

Com o repasse desta semana, o MEC mantém em 100% a liberação de recursos financeiros das despesas liquidadas de obras, equipamentos, serviços e outras despesas de funcionamento.


Reconhecimento

Projetos de promotores que ajudaram a transformar a realidade social são premiados pelo MPE

O Procurador-Geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, destacou que os projetos premiados não demandaram recursos adicionais da instituição


Tocantins

Atendimentos em saúde nas próprias unidades penais geram vantagens para os municípios e para o Sispen

O diretor de Políticas e Projetos de Educação para o Sistema Prisional, Oseias Costa Rego, considera que esse tipo de parceria com os municípios é de suma importância.


Imbróglio

Acionistas da Agência de Fomento ajuízam ação e impedimento do presidente e de diretor da Agência


Serviço

Semana Estadual de Direitos Humanos será realizada de Norte a Sul do Tocantins


Solidariedade

Campanha de Natal da Seduc promove solidariedade e integração dos servidores


AEM-TO

Metrologia Estadual verifica radares na região norte do Tocantins


Anulação de Exonerações

MPE ajuíza ação para anular exonerações de delegados regionais e de servidoras da delegacia de combate à corrupção


Tocantins

Repasse adicional de 1% do FPM entra nos cofres das prefeituras nesta sexta-feira, 07; ATM estima R$ 60 milhões distribuídos aos Municípios



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira