Friday, 21 de September de 2018

Friday, 21 de September de 2018

POLÍTICA


Desenvolvimento

Novos frigoríficos vão promover a sanidade da carne e o desenvolvimento regional, gerando empregos e oportunidades

11 Sep 2018    15:14
Divulgação Novos frigoríficos vão promover a sanidade da carne e o desenvolvimento regional, gerando empregos e oportunidades

O Governador do Tocantins e candidato à reeleição Mauro Carlesse (PHS) afirmou nesta terça-feira, 11, que a construção de oito frigoríficos/matadouros para abatimento de carne vai coibir o abate clandestino, promover a sanidade da carne e gerar mais empregos e desenvolvimento regional no Tocantins.


Os frigoríficos/matadouros serão construídos nos municípios de Ananás, Araguanã, Arapoema, Barrolândia, Campos Lindos, Novo Acordo, Ponte Alta do Bom Jesus e Wanderlândia. As obras e os equipamentos estão sendo financiados pelo Governo do Tocantins, por meio do financiamento do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), com contrapartida dos municípios, com a doação da área.


“Com os frigoríficos, os municípios poderão comercializar as carnes garantindo, assim, mais segurança alimentar para os consumidores. Além disso, a previsão é que em cada local seja investido R$ 2.150,000,00 com capacidade inicial de abate de 50 a 100 cabeças/dia, sendo um total de 96 mil cabeças de animais por ano. Isso vai gerar mais empregos e renda para as populações desses munícipios, que é o que mais interessa neste momento”, garantiu o Governador Mauro Carlesse.


De acordo com a Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (Seagro), o Governo já assinou as ordens de serviço em cada município e as obras já estão em andamento.  A previsão de entrega é para o ano de 2019.


O matadouro é uma estrutura regional, na qual, após sua construção, os municípios poderão comercializar a carne produzida com segurança. Todos terão Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e Serviço de Inspeção Estadual (SIE) e poderão vender carne para todo o Tocantins.


A escolha das localidades onde serão construídos os matadouros foi feita com base em critérios de viabilidade como sanidade, suficiência de rebanhos, demanda de abate condizente com a capacidade dos matadouros, compras institucionais, Compra Direta e Programa Nacional de Alimentação em Escolas (Pnae), garantia de comercialização, processo de abate certificado com o Serviço de Inspeção Municipal, entre outras normas.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

6

PARABÉNS!
PARABÉNS!

6

BOM
BOM

8

AMEI!
AMEI!

5

KKKK
KKKK

6

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

5

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

2

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

carlesse desenvolvimento economia

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Saúde

MPE obtém decisão judicial acerca de acúmulo de lixo no Hospital Regional de Araguaína

Segundo a Promotora de Justiça Araína Cesárea Ferreira Santos D’Alessandro, manter o ambiente hospitalar limpo e livre de contaminação de qualquer espécie é uma obrigação do Estado

Polícia Fazendária

Estado terá Batalhão da Polícia Militar Fazendária

A criação do Batalhão da Polícia Militar Fazendária atende também a uma antiga reivindicação dos servidores do Fisco.


Saúde

Instalação da máquina de radioterapia de Araguaína deve ser concluída em 90 dias

Máquina de radioterapia de Araguaína atenderá cerca de 80 pacientes que atualmente fazem o tratamento em Imperatriz (MA)


Esporte

Meia Maratona do Tocantins será realizada dia 1º dezembro com premiação de mais de R$ 55 mil

O regulamento da competição, com todas as informações da corrida, foi publicado no Diário Oficial do Tocantins, edição nº 5201, de quarta-feira, 19 de setembro.


Ocorrência

Polícia Civil prende suspeito por tráfico de drogas no Extremo Norte do Estado


Infância

Candidatos ao governo do Tocantins são convidados a assumir compromisso com a infância: César Simoni é o primeiro


Investimentos

Obras do Fórum de Araguaína e de entupimento da “cratera” da TO-222 em Araguaína são vistoriadas


Carlesse

Multidão recepciona Carlesse e reunião vira grande caminhada em Gurupi


Violência

“Violentômetro” alerta mulheres sobre níveis de agressão e violência


Trânsito

Número de vítimas fatais reduz em 20% comparado a 2015



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira