Tuesday, 19 de November de 2019

POLÍTICA


Abdallla X Josi

O tempo fechou em Gurupi

21 Aug 2008

Além de trocarem mútuas acusações, Josi Nunes (PMDB) e Abdala (PR) também querem mostrar o staff político que os apóiam. De um lado, candidato afirmado que tem o maior número de lideranças políticas, como o governador Marcelo Miranda, a senadora Kátia Abreu, além da maior parte dos partidos; do outro lado, o candidato diz que tem o apoio do povo e de uma das mulheres mais queridas de Gurupi, a ex-primeira-dama Goiaciara Cruz, a qual, nas reuniões, ressalta que João Cruz havia escolhido Abdalla para ser seu sucessor e ainda convoca o povo a trabalhar para realizar o último sonho do ex-prefeito.

Diante de todo este embate, na última semana, o destaque foi para uma nota veiculada em um jornal da cidade de Lagoa da Confusão, que trazia um texto com uma frase que agredia a candidata Josi Nunes. A candidata peemedebista insinuou que a notícia foi financiada pelo oponente.

Já Abdalla disse que nada tem a ver com a notícia e que jamais autorizou tal veiculação. Segundo ele, a divulgação reflete o pensamento do jornal. O prefeito ainda desafiou Josi para que prove que foi ele quem pagou tal matéria.

Josi disse que os gurupienses não aceitarão atitudes machistas e preconceituosas. E ainda disse que práticas pequenas dos adversários sempre esbarrarão nos rigores da Lei.

Porém, a assessoria de Abdalla reforçou que Josi está tentando macular a imagem do utista e também quer confundir os gurupienses. A equipe ainda expôs que a assessoria da peemedebista vem usando táticas infelizes de propagar uma mentira com o desejo de que o povo a aceite como uma verdade.

A equipe de Josi respondeu dizendo que Abdalla posa de “santo” e que ele é quem tenta confundir o eleitor de Gurupi, e que, mesmo depois da comprovação da participação dele na calúnia, ainda afirma que não financiou a propaganda. A equipe afirma que a resposta que Abdalla tem que dar é ao povo.

Josi ainda interroga que, se não foi ele quem pagou, então quem foi?

Em resposta aos questionamentos de Josi, a equipe de Abdalla disse que, se realmente a candidata quer saber quem financiou a matéria do jornal e quais os motivos, ela deve questionar o dono do jornal e não o candidato à reeleição, que nada tem a ver com a veiculação.

COMPARTILHE:


Confira também:


Educação

Inep anuncia cancelamento de uma questão do Enem

A questão anulada consta no Caderno Azul como número 90; no Caderno Amarelo como 78; no Caderno Branco como 66; e no Caderno Rosa como 72.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira