Sunday, 21 de July de 2019

POLÍTICA


política

Prefeitas do Brasil debatem em Brasília pautas do movimento municipalista; Prefeita de Arapoema, Lu Parizi, participa do encontro

10 Aug 2018    10:47
ASCOM/DIVULGAÇÃO Prefeitas do Brasil debatem em Brasília pautas do movimento municipalista; Prefeita de Arapoema, Lu Parizi, participa do encontro

Prefeitas de todo o Brasil se reuniram em Brasília nesta quinta-feira, 09, durante a 4ª Reunião do Grupo de Trabalho do Movimento Mulheres Municipalistas (MMM), projeto desenvolvido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) com o intuito de promover o empoderamento da mulher na política do Brasil. Entre as presentes estava a prefeita Lu Parize, de Arapoema, município do Norte do Estado.

As participantes debateram o posicionamento do MMM na pauta municipalista nacional, elaborada pela CNM, e anualmente apresentada aos poderes constituintes brasileiro. Além disso, as prefeitas discutiram as preposições do Movimento para a próxima reunião do Conselho Político da Confederação, que deverá ocorrer ainda neste segundo semestre de 2018.

Interação

Uma das fundadoras do MMM, Tânia Ziulkoski, também destacou o potencial das mulheres. Ela pediu a interação de todas para o fortalecimento do grupo. “As mulheres precisam ter participação mais ativa na política. Lutar pelos seus ideais e terem direito à voz. Nós podemos fazer o que a gente quiser. O lugar da mulher é onde ela quiser e nós temos força para isso”, defendeu.

Participação das Mulheres na Política


Dados levantados pelo Movimento junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apontam que na última eleição municipal, em 2016, 641 mulheres foram eleitas para o cargo de prefeitas, sendo apenas uma como prefeita de capital, que foi a Boa Vista (RR). No Tocantins atualmente, dos 139 municípios tocantinenses, apenas 25 tem uma mulher a frente do executivo municipal.

Segundo o Movimento, os espaços brasileiros que mais geram participação de mulheres na vida política local como prefeitas são as regiões Nordeste, com 16,2%, e Norte, com 15,3%. Em 2016, a região Sul, hoje com 7,2% de prefeitas, chegou a eleger menos da metade de prefeitas eleitas no Norte e Nordeste. A região Sudeste elegeu 8,8% de gestoras.

Outros temas

Além disso, as participantes conheceram boas práticas municipais, o planejamento das ações para os próximos anos e assistiram a uma apresentação da técnica de Turismo da CNM, Marta Feitosa, onde foi abordada a temática “Turismo como geração de renda e emprego nos Municípios”. O MMM ainda debateu temas preocupantes como o crescimento de casos de feminicídio nas cidades brasileiras.

MMM

O MMM é o primeiro movimento municipalista feminino apartidário brasileiro e tem como principal objetivo a inserção das mulheres nos processos de governabilidade, dando voz a prefeitas, vice-prefeitas, vereadoras, secretárias municipais e demais mulheres envolvidas na gestão dos Municípios brasileiros. Ainda visa a estimular as lideranças femininas locais a desenvolverem em seus Municípios alguns projetos sociais que a CNM implementa e que têm mostrado resultados positivos. A entidade acredita que, por meio dessas ações, serão alcançados impactos sociais ainda mais expressivos. (Com informações da CNM) 

COMPARTILHE:


Confira também:


Cuiabá

Em encontro com o ministro Dias Tofolli, presidente do TJTO defende autonomia dos Tribunais para aprovar projetos de interesse do Judiciário estadual

Do encontro convocado pelo ministro Dias Toffoli e no qual ele franqueou a palavra a todos os presidentes dos tribunais, saiu a Carta de Cuiabá

Estacionamento Rotativo

Tribunal de Justiça reconhece competência do TCE para emitir cautelar durante julgamento sobre o Estacionamento Rotativo de Palmas

O relator do processo, desembargador Ronaldo Eurípedes, apresentou seu voto no último dia 27 de junho negando o pedido da empresa com fundamento. no posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF)



Seciju

Ações contra violações de direitos são realizadas em praias do estado

Equipes técnicas da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) participaram de reuniões para fortalecimento da Rede de Proteção e realizaram ações de sensibilização nas praias de Porto Nacional e Pedro Afonso e fortaleceram a Rede de Proteção.


PM

Ação conjunta da Polícia Civil do Tocantins e da Polícia Militar de Goiás resulta na prisão de homicida foragido de Araguaína

Ele é suspeito de ser o autor de pelo menos dois homicídios praticados, em Araguaína, nos anos de 2018 e 2019 e foi capturado, mediante cumprimento a mandados de prisão preventiva, oriundos da 1° Vara Criminal da Comarca de Araguaína.


Regularização

Governo inova em gestão e abre portas do Instituto de Terras do Tocantins para estágio em 2019

O Instituto de Terras do Tocantins vem trabalhando com responsabilidade e eficácia para contribuir a cada dia com o desenvolvimento do Estado.


CPPA

Suspeito de cometer homicídio em 2015 é preso pela Polícia Civil em Araguaína


Premiação

EDP, controladora da Investco e da Enerpeixe no Tocantins, está entre as 15 marcas mais valiosas no mundo


Resgate

Paciente em estado grave é transportado de Miracema para Palmas pelas equipes do CIOPAER e SAMU


TV

Gastronomia alemã é o próximo desafio do MasterChef


Encceja

100% das unidades prisionais e socioeducativos realizarão o Encceja PPL 2019


Turismo

Adetuc projeta aumento de turistas e movimentação de mais de R$ 118 milhões na Temporada de Praias 2019



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira