Saturday, 28 de March de 2020

POLÍTICA


Indenizações à PM

Procurador alega que “equivoco” jurídico impede o repasse

17 Dec 2008

Na tarde da última terça-feira, 16, o procurador geral do Estado, Hércules Ribeiro Martins, convocou a imprensa com o intuito de “esclarecer” o que chamou de equívocos com relação à forma como vem sendo abordada a questão das indenizações a serem pagas aos policiais militares do Tocantins.

O procurador afirmou que o governo está recorrendo junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o Supremo Tribunal Federal (STF) com o objetivo de chegar a um determinante no que se refere a quem tem o direito de receber as indenizações, para que, assim, seja possível efetuar o cálculo e analisar as condições do Estado de efetuar os pagamentos.

Ribeiro ainda reafirmou que o direito dos militares em receberem as indenizações é indiscutível já que esta é uma determinação da Justiça, porém, destacou que é preciso aguardar a definição sobre quem teria de fato o direito. Segundo ele, não há falta de vontade por parte do governo em pagar as indenizações, o que existe, disse, é um equívoco jurídico que impede que o Estado efetue os pagamentos.

“Estamos em cima de um imbróglio jurídico, não podemos atropelar”, disse. O procurador ainda afirmou que se o governo vier a efetuar os pagamentos antes da conclusão dos tramites processuais, corre o risco de cometer “improbidade administrativa”.

O procurador não quis entrar no assunto da manifestação de policiais contra o governo, realizada nessa segunda-feira, 15, em frente ao Palácio Araguaia, que terminou na prisão do presidente da Associação dos Policiais e Bombeiros Militares do Estado do Tocantins, capitão Luiz Chaves. Porém comentou que, em seu ponto de vista, a atitude dos militares foi “extremista”.

A melhor alternativa, segundo o procurador, seria “um acordo” entre as partes que poderia “parar o processo” na Justiça. Porém, uma das principais reclamações dos policiais é com relação à falta de abertura para o diálogo e negociações do governo com a classe. Ribeiro, no entanto, negou a afirmação. “Este ano nós já sentamos pelo menos duas vezes para discutir esse assunto”, disse.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Palmas não confirma novos casos nesta sexta-feira, 27

Dados são do Boletim Epidemiológico, publicado diariamente pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde

Efeitos da Covid-19

Prefeitura adia prazo de impostos e taxas para minimizar efeitos da Covid-19 na economia local

O secretário de Finanças, Rogério Ramos, explicou que a prioridade neste momento é o de investir todos os esforços no enfrentamento à Covid-19 e salvar vidas, mas ao mesmo tempo encontrar alternativas viáveis e seguras para que a roda da economia local con


Pandemia

Encarcerados da CPP de Palmas iniciam o treinamento para confecção de máscaras artesanais para prevenção do coronavírus

As máscaras fabricadas pelas pessoas privadas de liberdade da CPP de Palmas serão distribuídas entre os servidores e população carcerária das unidades prisionais do Tocantins


Quarentena

Comércio reabre dia 30 em Paraíso com restrições sanitárias e de aglomeração

O decreto vigorará enquanto durar a situação de emergência, nos termos do decreto 536/2020, revogando-se as disposições em contrário.


Notícias Falsas

Governo do Tocantins alerta para propagação de notícias falsas durante a pandemia do novo Coronavírus


COVID-19

DPE-TO envia Recomendação ao Estado solicitando fiscalização do serviço de transporte intermunicipal


Kits de Alimentação

Carlesse inicia entrega de kits de alimentos a estudantes da rede estadual


Quarentena

Sefin publica portaria regulando atendimento remoto em diversas áreas


Salários

Prefeitura de Palmas antecipa salário de março dos servidores


Alerta

Consumidor que tiver água ou energia cortada, deve denunciar ao Procon Tocantins



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira