Sunday, 15 de September de 2019

POLÍTICA


Tocantins

Três projetos para inclusão política da sociedade são instituídos pela Justiça Eleitoral no Tocantins

02 May 2019    11:22    alterado em 02/05 às 11:22

A Justiça Eleitoral do Tocantins instituiu os programas: Inclusão Sociopolítica dos Povos Indígenas, Agentes da Democracia – Formação de Eleitores e Políticos do Futuro e o Inclusão Política da Mulher: + Mulher + Democracia, como ações permanentes do Regional. A formalização aconteceu com a aprovação da Resolução 444/2019, pela Corte Eleitoral, na tarde desta segunda-feira (29/4).

Os três programas serão coordenados pela Escola Judiciária Eleitoral Ministro Humberto Gomes de Barros e passam a vigorar de forma permanente, tendo por meta fortalecer a visão estratégica do Regional para a Educação Política da Sociedade, para aproximar a comunidade dos serviços oferecidos pela Justiça Eleitoral e conscientizar os cidadãos para o efetivo exercício dos seus direitos e deveres políticos.

De acordo com o presidente, a instituição dos projetos, em caráter permanente, surge a partir da necessidade de fomentar a participação do jovem eleitorado no processo político, promover a inclusão sociopolítica dos povos indígenas e a participação efetiva da mulher no debate democrático do processo eleitoral.

 “As etapas iniciais do projeto de inclusão sociopolítica dos povos indígenas e agentes da democracia atingiram um público de mais de 25 mil jovens e indígenas, o que demonstra o êxito dos programas e o alinha à visão estratégica deste Tribunal, que busca ser modelo de excelência na gestão processo eleitoral e na educação política da sociedade, buscando garantir, no plano concreto, os direitos de cidadania”, explicou o presidente do Tribunal, Desembargador Marco Villas Boas.

A vice-presidente do Tribunal, desembargadora Etelvina Sampaio Felipe, parabenizou a gestão por levar os programas às demais zonas eleitorais, principalmente o de inclusão política da Mulher. “Estamos vivenciando uma questão bastante dolorosa, onde a mulher está sendo usada como laranja, no processo eleitoral. Quero parabenizar vossa excelência pela condução desses projetos, por levá-los às demais zonas eleitorais”, elogiou.

Os programas vão abranger ações de conscientização, capacitação, mobilização, formação, despertar da consciência cívica e inclusão sociopolítica dos povos indígenas, jovens, mulheres, alunos especiais e idosos do Estado do Tocantins.

As atividades dos programas serão desenvolvidas no decorrer deste ano e serão elaboradas de forma lúdica e dinâmica para envolver o público alvo dos 3 programas.

COMPARTILHE:


Confira também:


Alerta

Brasil tem 16 estados com surto ativo de sarampo; Tocantins está fora da lista

O último boletim aponta que são 24.011 casos suspeitos no país, sendo que 17.713 (73,8%) estão em investigação e 2.957 (12,3%) foram descartados.

Turismo

Ayres quer debater turismo e preservação do Jalapão em audiência pública

No requerimento, o parlamentar solicita a presença dos órgãos estaduais para que possam unir forças e atuações em prol do desenvolvimento sustentável e ambiental correto da atividade turística na região.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira