Thursday, 17 de October de 2019

POLÍTICA


Eleições em Palmas

Uns em ritmo acelerado; outros, nem tanto...

29 Jul 2008

Na última semana, foi dada largada às campanhas eleitorais dos candidatos a prefeito da capital. As agendas divulgadas pelos candidatos têm traçado o perfil inicial das campanhas de cada um deles. Enquanto alguns buscam o corpo-a-corpo com o eleitor, outros procuram estruturar primeiro as questões burocráticas e legais do processo.

Raul Filho (PT), Getúlio Vargas (PT do B) e Tasso Antônio (PMN) ainda estão na retaguarda. Por enquanto, os compromissos dos candidatos citados foram mais discretos. Inclusive o comitê de Raul só deve ser inaugurado no início de agosto.

Tasso tem se ocupado com a formatação de suas propagandas de rádio e TV, e Getúlio vem tentando uma discreta aproximação com empresários locais, mas também tem trabalhado na seleção de material para a campanha. Os dois candidatos não têm feito uma divulgação constante de suas agendas.

Na última semana, Raul esteve em visita aos veículos de comunicação e declarou que, dessa forma, estaria selando o início de sua campanha. Mas o candidato só deu início à divulgação de sua agenda na quinta-feira, 24, que, aliás, foi a única divulgada até o fechamento desta edição. Raul ainda demonstra insegurança e uma certa desorganização quanto à equipe envolvida em sua campanha. Somente no final da última semana foram definidos seus assessores. Isso pode ter relação com as constantes acusações que o prefeito vem sofrendo quanto a sua gestão, o que pode estar deixando sua assessoria dividida entre buscar justificativas para as acusações e elaborar a campanha do polêmico candidato.

Na última terça, o petista esteve reunido com representantes da UNM (União Nacional por Moradia), da Região Sul; a tarde estava previsto para se reunir com representantes de associações de feirantes e com a equipe de campanha; à noite, estava agendado para Raul se encontrar com moradores da 404 e 603 Norte e com jovens da região central de Palmas.          

A candidata democrata, Nilmar Ruiz, tem procurado apoio no empresariado e lideranças comunitárias. A candidata também tem buscado, ainda discretamente, aproximar-se dos eleitores em locais públicos. Seu comitê foi inaugurado na última sexta-feira, 25, quase 15 dias após o do adversário utista, Marcello Lélis. Na última terça, a agenda de Nilmar foi de muitas reuniões. Pela manhã a candidata se reuniu com técnicos da área de assistência social de Palmas; à tarde a reunião foi com os candidatos a vereador e com a equipe de campanha; e à noite, estava previsto para Nilmar se reunir com presidentes de associações e líderes comunitários da região norte da capital.

Já Marcello Lélis (PV) tem adotado uma estratégia bastante distinta à dos adversários. O candidato utista tem procurado seguir a política do corpo-a-corpo com os eleitores. Lélis realiza caminhadas pelas quadras e procura ouvir as sugestões do povo. O candidato havia declarado que adotaria essa política com o intuito de complementar seu projeto de governo que, segundo ele, já está traçado. O utista também tem procurado aproximação e visibilidade junto às igrejas e lideranças evangélicas, fazendo reuniões com pastores e líderes religiosos. Na última terça, pela manhã, o candidato fez caminhadas nas Arses 111, 112, 121 e 122; à tarde, Marcello realizou visitas a hospital, líderes comunitários das Arnos e auditores fiscais da prefeitura; e à noite, estava previsto para Lélis visitar líderes da 1106 Sul e reunir-se com o candidato a vereador Lucio Campelo no Aureny II.

No vale-tudo do processo, resta esperar pelas próximas pesquisas para saber que candidato tem adotado a estratégia mais eficiente.

COMPARTILHE:


Confira também:


Divisa de Estados

Governadores Mauro Carlesse e Mauro Mendes destacam aspectos positivos da rodovia Transbananal

Trecho em questão tem cerca de 90 km e corta a Ilha do Bananal, de Formoso do Araguaia (TO) a São Felix (MT).

Saúde

Opera Tocantins realiza quase 70 cirurgias em 10 dias e espera fechar outubro com mais de 150

As cirurgias acontecem em diversas Unidades Hospitalares do Tocantins sempre em horários diferenciado, fora da carga horária ordinária, como sábados, domingos, feriados, dias de ponto facultativo e ou em período noturno/madrugada.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira