Tuesday, 16 de October de 2018

POLÍTICA


Carlesse

Valorização do servidor público se torna uma das marcas da gestão Carlesse

27 Aug 2018    10:28
Divulgação Valorização do servidor público se torna uma das marcas da gestão Carlesse

Desde que assumiu o Executivo estadual em março deste ano, o Governador e candidato à reeleição pela coligação Governo de Atitude, Mauro Carlesse (PHS), colocou fim a desvalorização que os servidores públicos vinham sofrendo. Mais do que discursos, a gestão implantou ações concretas que tiveram grande impacto positivo, tanto para os profissionais quanto para a economia do Tocantins.


“A valorização do servidor público estadual passa necessariamente pelo reconhecimento de seus direitos previstos em lei. O Estado não pode se omitir no cumprimento das legislações pertinentes e o cumprimento das obrigações relativas às progressões, data-base, promoções, consignados, aposentadorias, assistência médica, jornada de trabalho, licenças e salários devem ser cumpridas integralmente sem que haja prejuízo para a classe.”, garantiu Carlesse.


Medidas Práticas


Uma demanda antiga dos servidores públicos foi atendida pelo Governador Mauro Carlesse logo que ele chegou ao Palácio Araguaia. Voltar a pagar os salários a partir do dia 1º foi um das primeiras medidas de Governo para beneficiar os servidores públicos que vinham recebendo, desde o ano de 2015, no dia 12 de cada mês.


Outra medida de Carlesse foi garantir o funcionamento do Plansaúde sem interrupção. Ao assumir a gestão, a operacionalização do plano estava em xeque e uma grande dívida vinha se acumulando. O Governo resolveu então prorrogar o contrato com a Unimed Centro Oeste/Tocantins por mais 12 meses e começou a quitar os valores atrasados com os prestadores de serviço, mais de R$ 111 milhões já foram pagos.


Carlesse também atendeu a uma demanda antiga dos servidores públicos que era aimplementação da carga horária de 6 horas diária, mudando o expediente dos órgãos públicos do Estado para o período das 8 às 14 horas. No último dia 16 de agosto, Carlesse assinou decreto prorrogando a jornada reduzida para o dia 31 de dezembro. A medida também gerou economia nos gastos com água, energia elétrica, diárias, passagens, telefone, combustível, material de expediente e consumo, manutenções com veículos e demais despesas.


Foi também na gestão de Mauro Carlesse que o Governo voltou a discutir a data-base e fez acordo para o pagamento. A data-base de 2016/2017 foi parcelada em três vezes, com a última parcela sendo paga neste mês de setembro e a data-base de 2017/2018 será paga em parcela única na folha do mês de novembro deste ano.


Quanto às progressões, Carlesse deu andamento aos trâmites burocráticos. No último dia 24 de julho, o governador assinou ato indicando quais servidores estavam aptos para progressão. Os nomes foram publicados no Diário Oficial e correspondem a evoluções funcionais que estavam em atraso desde o ano de 2008 até 2017.


O Governo também cumpriu a decisão judicial que garantiu progressão de 302 policiais civis. Os nomes foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) na última sexta-feira, 24, e os contemplados passarão a receber os novos valores já no próximo pagamento.


Carlesse também deu ordens para que sua equipe regularizasse as dívidas do Estado junto às instituições financeiras (consignados) e referentes aos repasses para Previdência estadual, atrasados pela gestão anterior. Já os cursos promovidos pela Universidade Corporativa do Estado do Tocantins (Unicet) continuam capacitando os servidores nos 139 municípios do Tocantins.


Concursos


As pendências referentes aos concursos públicos da Polícia Civil e Defesa Social (atual Cidadania e Justiça) também foram resolvidos na gestão de Carlesse. 60 aprovados no último certame da Segurança Pública foram convocados para atuar no combate à criminalidade nos municípios do interior do Estado. Já na Cidadania e Justiça, Carlesse homologou as matrículas do cadastro de reserva no curso de formação para o Sistema Prisional.


Sobre o concurso da Polícia Militar, o Governo segue aguardando decisão do Poder Judiciário para decidir as próximas medidas. “Buscaremos solucionar a questão dos concursos públicos em andamento e torná-los instrumento habitual de acesso democrático ao serviço público”, garantiu Carlesse.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

24

PARABÉNS!
PARABÉNS!

17

BOM
BOM

30

AMEI!
AMEI!

18

KKKK
KKKK

15

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

17

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

16

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

carlesse servidor público

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Economia

Vendas para o dia das crianças sobem 2,2% em 2018, segundo Boa Vista SCPC

A elevação das vendas nessa data segue em linha com a tendência de aumento do comércio e da atividade econômica no ano, em um ambiente que contempla um reaquecimento lento do mercado de trabalho e um retorno tímido do consumo das famílias.

Vistoria de Obras

Mauro Carlesse vistoria andamento de obras da Avenida NS-15

Obras do trecho visitado pelo governador, nesta segunda-feira, 15, estão bem adiantadas e envolvem serviços de drenagem e terraplanagem



Municípios

ATM divulga estimativa do 1% do FPM adicional que será repassado em dezembro aos Municípios

Previsão de repasse pelo Governo Federal é para o dia 07 de dezembro


Segurança

Solenidade abre etapa Palmas da Academia Itinerante da Polícia Civil

Ao final da cerimônia, foram ministradas as primeiras aulas da Turma XIV do curso de aperfeiçoamento “Academia Itinerante 2018”, que se finalizam em 20 de outubro.


Educação

Última semana de inscrições para o Vestibular 2019/1 da Unitins

As provas (objetiva e de redação) acontecem no dia 2 de dezembro de 2018.


Destaque

Pesquisador da USP vence prêmio alemão Green Talents 2018


Interior

Nossa Energia: cadastro da Tarifa Social chega a Palmeirante


Eleições 2018

Haddad busca o centro e prega estabilidade democrática no 2º turno


Ponto de vista

Criança e professor - uma construção para o futuro


Eleições 2018

Twitter teve 2,7 milhões de postagens sobre divergências políticas


Eleições 2018

Alto Comissariado da ONU condena violência durante eleições no Brasil



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira