Friday, 18 de October de 2019

SAÚDE


Saúde

Contraceptivos de longa duração ganham espaço entre mulheres jovens

23 Jul 2013

Segundo o Dr. José Bento, ginecologista e obstetra dos hospitais Albert Einstein e São Luís, a procura por este tipo de contracepção aumentou inclusive entre as mulheres bastante jovens, na faixa dos 18 anos. “É um movimento interessante, mulheres cada vez mais novas estão procurando contraceptivos de longa duração, não só para prevenir gravidez, mas para minimizar outros problemas”, comenta o especialista.

 

De acordo com o médico, os métodos de longa duração podem ser uma alternativa para aquelas mulheres que se esquecem de tomar a pílula diariamente. Além disso, esse tipo de método traz outros benefícios como diminuir sangramentos menstruais abundantes.

 

Atualmente, são considerados métodos de longa duração: DIU de cobre, SIU hormonal e implante subcutâneo. “O mais importante é sempre conversar com um médico para saber qual o contraceptivo mais indicado para cada mulher”, conclui o Dr. José Bento.

É importante lembrar que os métodos de longa duração não previnem as doenças sexualmente transmissíveis.

 

SIU Hormonal

O sistema intrauterino (SIU) hormonal (Mirena®, da Bayer HealthCare Pharmaceuticals) é similar ao DIU de cobre apenas em seu formato. Ao invés do revestimento metálico, o SIU hormonal é feito de material plástico e possui um dispositivo que contém 52 mg do hormônio levonorgestrel. Este hormônio sintético é liberado em pequenas doses ao longo de cinco anos diretamente na região uterina. Além da alta eficácia, existe a vantagem da praticidade posológica e a menstruação tende a diminuir muito, podendo até desaparecer.

 

Implante subcutâneo

O implante subcutâneo é um microbastão de hormônio sintético similar à progesterona, que deve ser implantado no antebraço com anestesia local através de uma microcirurgia. Este hormônio age na inibição da ovulação, impedindo a gravidez e pode durar até 3 anos.

 

DIU de Cobre

É uma pequena peça de plástico que é inserida no útero da mulher. O dispositivo intrauterino de cobre tem efeito espermicida, destruindo os espermatozoides e, por meio da ação dos fios de cobre, impedindo que eles cheguem a ser fecundados. Dependendo do modelo dura de 3 a 10 anos.

 

Fonte: Burson-Marsteller

COMPARTILHE:


Confira também:


Rodovia Transbananal

Ministro da Infraestrutura garante apoio do Governo Federal para implantação da Rodovia Transbananal (BR-242)

A Transbananal (BR-242) contempla um trecho de 84,1 km que corta a Ilha do Bananal e liga os municípios de Formoso do Araguaia (TO) a São Félix do Araguaia (MT). A implantação da rodovia é considerada estratégica para o escoamento da produção agrícola do T

Praia Limpa

Operação Praia Limpa retira quase 12 toneladas de lixo nos rios Araguaia e do Coco

Dois caminhões carregados de lixo recolhido e 10 responsáveis por acampamentos foram identificados e serão notificados para retirada das estruturas das praias



TRF

Segunda fase do Juizado Especial Federal Itinerante de Pedro Afonso terá início nesta segunda

O atendimento às partes e atermação de processos acontecerão gratuitamente por servidores do Núcleo de Apoio à Coordenação dos Juizados Especiais (NUCOD/TO).


Meio Ambiente

Proteção Animal Mundial aborda sofrimento de animais silvestres mantidos como pets

Parte da campanha “Animal silvestre não é pet”, a instalação “Encaixotados: Você consegue sobreviver?” leva os participantes da Virada Sustentável Rio de Janeiro 2019 por uma jornada pelo sofrimento de animais silvestres traficados


Saúde

Dia D de vacinação contra o sarampo acontece neste sábado, 19, para crianças de 6 meses a menores de 5 anos

O Dia D é dedicado à imunização de crianças de seis meses a menores de cinco anos


Aedes Aegypti

SES apresenta dados sobre Dengue, Zica e Chikungunya na DRE de Palmas


Palmas

Feira de adoção animal acontece neste sábado na Capital


Honraria

Assembleia fará sessão solene em homenagem às polícias Militar e Civil


Política

Carlesse reafirma austeridade da gestão e abertura para o diálogo


Saúde

Vistoria da DPE encontra, na Sala Vermelha do HGP, 19 pacientes que deveriam estar na UTI e UCI


Brasília

Damaso emplaca emenda de R$ 100 milhões para expansão da educação superior na CFT



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira