Wednesday, 17 de July de 2019

SAÚDE


Saúde

HGP realiza 1° Simpósio Multidisciplinar de Cabeça e Pescoço

25 Jul 2018    17:14
SECOM/SAUDE HGP realiza 1° Simpósio Multidisciplinar de Cabeça e Pescoço

Na semana em que se celebra o Dia Mundial de Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço, o Hospital Geral de Palmas (HGP) vai realizar o 1° Simpósio Multidisciplinar de Cabeça e Pescoço. O evento faz parte da campanha Julho Verde, com o objetivo de abordar os sintomas e os possíveis tratamentos da doença a todos profissionais da área de saúde, para que ajudem os pacientes a buscar tratamento precoce.

Além do simpósio, haverá ações informativas à população sobre os sintomas do câncer de cabeça e pescoço e de conscientização referente ao diagnóstico precoce. O evento será realizado no dia 28 de julho, durante todo o dia, no auditório do Núcleo de Educação e Pesquisa (NEP) do HGP.

A data

O Dia D, lembrado nesta sexta-feira, 27, tem o objetivo de conscientizar e alertar a população sobre os sintomas da doença e a importância da detecção precoce. Esse tipo de câncer é o segundo mais frequente no homem, superado apenas pelo câncer de próstata, e pelas mulheres aparece como oitavo mais comum, sendo a estimativa de 6 mil casos novos em 2018.

Sintomas

O médico-cirurgião de cabeça e pescoço, Juliano Borges Mano, elencou alguns dos sintomas e dos sinais de alerta: “feridas na região da cabeça ou pescoço que não cicatrizam por 21 dias, rouquidão que não melhora, nódulo cervical dolorido que não melhora em até três semanas, dificuldade e dor pra engolir ou respirar”.

Observando um desses sintomas, a pessoa deve procurar um profissional especializado para realização de exames e diagnóstico. Ainda segundo o médico, os principais fatores de risco são: álcool, tabagismo, exposição ao sol e infecção pelo HPV (Papiloma Vírus Humano).

 Alerta

O diagnóstico precoce e o rápido início do tratamento são fundamentais para a cura do câncer de cabeça e pescoço. Um dos principais problemas para o tratamento é o diagnóstico tardio, deixando sequelas no paciente.

Segundo levantamento do Instituto do Câncer (Inca), o câncer de boca, laringe e demais sítios é hoje o segundo mais frequente entre os homens, atrás somente do câncer de próstata.

 Os tumores de cabeça e pescoço são uma denominação genérica do câncer que se localiza em regiões como boca, língua, palato mole e duro, gengivas, bochechas, amígdalas, faringe, laringe (onde é formada a voz), esôfago, tireoide e seios paranasais.

Segundo o diretor-geral do HGP, Daniel Hiramatsu, o Simpósio é um evento que focará em abordar os cuidados e o tratamento precoce na área de Cabeça e Pescoço. “O HGP, em parceria com a SES [Secretaria de Estado da Saúde], realiza o simpósio multidisciplinar para abordar temas da especialidade da cirurgia de cabeça e pescoço. O consumo frequente de álcool e o tabagismo são hábitos que aumentam o risco de aparecimento de lesões de cabeça e pescoço que podem se tornar tumores. E o tabagismo é o principal fator isolado causador desse tipo de câncer. Este evento vem proporcionar um espaço de conhecimento e alerta para a busca do tratamento precoce deste tipo de câncer”, afirmou.

COMPARTILHE:


Confira também:


Entrega de Títulos

Wanderlei Barbosa entrega títulos definitivos de imoveis aos moradores da região norte de Palmas

Moradores da região norte de Palmas comemoram recebimento de títulos definitivos de imóveis

IML

Em apenas 5h, peritos do IML do Tocantins identificam cadáver carbonizado pela arcada dentária

Procedimento realizado na capital identificou corpo de vítima de incêndio na região Sudeste do Tocantins a partir do confronto entre arcada dentária e prontuário odontológico.


TJTO

Juíza determina que o Estado e o município de Palmeirópolis forneçam, em 10 dias, remédio contra hanseníase a paciente

O descumprimento da sentença acarretará em multa diária de R$ 1mil (individualizada em R$ 500,00 para cada uma das partes requeridas - Estado e o Município) e limitada a R$ 30mil


Formação

Unitins traz Viviane Mosé para evento de qualificação de professores

Professora há mais de 30 anos, a palestrante é reconhecida nacionalmente pela atuação na área educacional


Luto

Morre a Auditora Fiscal Elizabeth Leda, aos 73 anos


Norte do TO

Polícia Civil prende mais um suspeito de participar de homicídio de adolescente em Araguaína


Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira