Sunday, 17 de February de 2019

SAÚDE


Campanha

Hospital Municipal de Araguaína conscientiza pais sobre abuso e exploração sexual infantil

17 May 2018    14:42
Camylla Costa Hospital Municipal de Araguaína conscientiza pais sobre abuso e exploração sexual infantil ​Equipe formada pela psicóloga do HMA e representantes do Conselho Tutelar, OAB-TO, CRAS e CREAS deram todos os esclarecimentos para os pais sobre os sinais de abuso infantil

A consciência sobre os atos que se configuram como abuso ou exploração sexual infantil é essencial para o combate deste tipo de violência. Pensando nisto, o Hospital Municipal de Araguaína (HMA) aderiu à campanha “Faça Bonito. Proteja Nossas Crianças e Adolescentes” e realizou nesta quarta-feira, 16, uma palestra com este tema para os acompanhantes dos menores internados.

A campanha faz referência ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio) e foi levada ao hospital por meio de uma parceria com o Conselho Tutelar, a Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins (OAB-TO), o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Prefeitura Municipal de Araguaína e o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

De acordo com a psicóloga do HMA, Cleide Nascimento, o objetivo é conscientizar as famílias sobre a importância de procurar as autoridades competentes quando há suspeita de abuso.

“Nossa ação é para chamar a atenção dos pais e responsáveis sobre sinais de alerta que indicam o momento de procurar ajuda”, enfatizou.

Para Ester Batista, mãe da pequena Eloá, o evento foi uma surpresa importante durante a internação de sua bebê. “Eu tinha muitas dúvidas sobre o assunto e hoje pude esclarecer. Vou levar para casa o que falaram aqui”, garantiu Ester.

Enfrentamento da violência

A palestra foi conduzida por representantes das entidades parceiras de forma dinâmica e objetiva. Em sua fala, o conselheiro tutelar de Araguaína, Álvaro Otávio, mostrou para os pais e responsáveis como identificar os sinais que a vítima dá quando está passando por algum tipo de violência.

“A vítima pode se sentir coagida. O abusador utiliza por vezes de estratégias que atraiam a criança e façam com que ela permaneça em silêncio. Por exemplo: ele pode oferecer presentes para que não seja denunciado”, explanou.

Álvaro também falou sobre o que é direito violado e o que pode ser considerado abuso ou exploração sexual. “Atos libidinosos ou intenções eróticas em relação à vítima já são violências sexuais”, revela o conselheiro.

Ele explicou ainda que cada vítima pode demonstrar que está sofrendo com comportamentos particulares. No entanto, é comum haver isolamento, apego excessivo com a mãe ou outro(a) responsável e até mesmo a volta de atitudes já superadas, como urinar na cama.

Com os sinais identificados, o próximo passo é procurar ajuda, conforme complementou o advogado Lucas Luciano Silva,  representante da OAB-TO. “Os responsáveis podem acionar o Conselho Tutelar ou denunciar por meio do disque 100, do Direitos Humanos. O importante é não deixar a situação chegar a um patamar incontrolável”, informou.

COMPARTILHE:


Confira também:


Imbróglio

MPE requer suspensão de contrato do serviço de estacionamento rotativo de Palmas

“Transcorridos quase dois anos após o abandono e o descaso por parte da empresa concessionária, o que se pretende, agora, é a retomada do serviço público com nova roupagem”, avalia o texto do pedido de liminar.

Norte do TO

Senadora Kátia Abreu reúne prefeitos e secretário estadual de Saúde no Bico do Papagaio

A senadora Kátia Abreu está confiante que o Governo, junto aos prefeitos irão melhorar a saúde na região do Bico e disse que o governador Mauro Carlesse deu total apoio a reunião.



Ocorrência

Polícia Civil apreende 30 kg de maconha e prende traficante no Sul do Estado

As investigações da Polícia Civil constataram que Hailton trazia, do Estado de Goiás, grandes quantidades de entorpecentes para Gurupi e região, e que, nessa madrugada, outra remessa chegaria ao Tocantins.


Meio Ambiente

Municípios têm apenas 30 dias para protocolar processo do ICMS Ecológico no Naturatins

De acordo com a legislação, anualmente, os municípios tem prazo até o dia 15 de março, para manifestar o interesse e comprovar o cumprimento das exigências, conforme disposto no Decreto nº 5.264/2015.


Diálogo

Secretários apresentam plano de reestruturação à instituições dos diferentes poderes do Estado

“O que queremos é que todas as instituições compreendam que a situação em que nos encontramos requer ações imediatas, de modo que possamos ter um estado sustentável a médio e longo prazo”, frisou Edson Cabral.


Itelvino Pisoni

Sistema Fecomércio Tocantins realiza visita a Prefeita Cinthia Ribeiro


Tocantins

Dispara número de casos prováveis de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti


HGP

Defensoria emite recomendação para Sesau por desassistência na oferta de cirurgias cardiológicas em Palmas


Adapec

Produtor rural pode emitir Guia de Trânsito Animal de qualquer localidade


Segurança

Identificação facial e papiloscópica da Polícia Civil é destaque em operações de combate à criminalidade no Tocantins


Brasília

Damaso fala da responsabilidade do cargo assumido e pede ao Governo apoio para os municípios



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira