Sunday, 25 de August de 2019

SAÚDE


Campanha

Julho Laranja é o mês de conscientização do câncer de pele no Tocantins

19 Jun 2019    14:52    alterado em 19/06 às 14:52
Julho Laranja é o mês de conscientização do câncer de pele no Tocantins

Diferente do calendário proposto pelo Ministério da Saúde, quando as ações de prevenção e cuidados com câncer de pele acontecem no mês de dezembro, período de verão nas regiões sul e sudeste do país, a Acreditar Tocantins, clínica especializada no tratamento oncológico em Araguaína e região, criou a campanha Julho Laranja, em referência ao verão tocantinense e às temporadas de praias que se estendem de julho a setembro.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de pele não melanoma é o mais frequente no Brasil e corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país. Mas quando descoberta no início, a doença tem mais de 90% de chance de cura.

Em 2018, a estimativa de casos no Tocantins foi de 580 entre homens e mulheres. Já em Araguaína, segundo levantamento da Secretaria de Estado da Saúde, os casos de cânceres de pele tratados no Hospital Regional de Araguaína, em 2018 e início 2019, foram 120 (5 do tipo melanoma).

Na rua ou na praia
A médica oncologista clínica da Acreditar Tocantins, Ariana Luz, destaca que a prevenção é o único caminho para evitar o câncer, seja no dia a dia do trabalho ou durante a temporada de praias.

“O protetor solar é fundamental e indispensável, respeitando, também, o fator de acordo com cada pele e o tempo de exposição ao sol. No dia a dia, o fator 30 é suficiente. Nas praias, tem que ser acima disso. O uso das camisas com proteção UV, bonés e óculos também ajudam na prevenção”, disse.

Para quem vai se banhar na piscina ou nos rios, é necessário aplicar o produto com alguns minutos de antecedência e reaplicar após sair da água. E mesmo quem não se molha com frequência precisa renovar o protetor solar a cada duas horas.

“Ficar mais tempo embaixo de guarda-sóis e tendas também é bastante recomendado. Outro aspecto importante dos cuidados é a hidratação constante, porque a água protege nossa pele também”, reforça Dra. Ariana.

Mais tempo exposto
É justamente nas praias que o perigo de danificar a pele com o sol aumenta, por causa do tempo maior de exposição. A digital influencer Yasmine Moreira afirma que redobra os cuidados.

“Eu uso dois protetores: um para o rosto e outro para o corpo. Sempre que vou me expor ao sol eu uso os dois, principalmente quando vou à praia, porque o sol é bem forte e o cuidado com a pele tem que ser maior. Mas durante o meu dia a dia, sempre uso o protetor facial mesmo, porque gosto de cuidar da minha pele e é bom lembrar que usar protetor diariamente combate ao envelhecimento precoce”, disse.

Pessoas mais sensíveis
“É importante não esquecer de passar protetor solar nas orelhas e nos pés, principalmente para as pessoas de pele, cabelos e olhos claros, que têm maior risco de desenvolver o câncer de pele. Outro fator importante é que quem teve muita insolação na infância e adolescência têm maior risco desenvolver o câncer do tipo Melanoma”, pontua Dra. Ariana.

A procura aumenta nesta época
Na farmácia da empresária Juliana Câmara, as vendas de protetores solares já aumentaram. “Em junho, cresceu 25%. Estimamos, na metade da temporada, 60% de aumento nas vendas de protetores. Temos protetores para todas as idades e o fator de proteção mais procurado é o 50”, informa Juliana.

Mais dicas
Evite o sol nos horários entre as 10 e 16 horas;
Use protetor solar com Fator de Proteção Solar (FPS) no mínimo 30;
Reaplique o protetor a cada 2h – até mesmo aqueles que são “à prova d’água”;
Aplique o protetor solar cerca de 30 minutos antes de se expor ao sol;
Além do protetor solar, utilize bonés, chapéus, roupas compridas, óculos escuros e procure sempre lugares com sombra;
Reaplique o protetor solar após sair da água;
Beba muita água ou sucos naturais com o mínimo de açúcar possível;
Prefira alimentos mais leves, como saladas, frutas e peixes assados;
Evite frituras e comidas muito gordurosas de difícil digestão.

COMPARTILHE:


Confira também:


Meio Ambiente

Biodiversidade perdida em queimadas na Amazônia levará décadas para se recuperar

Especialistas entrevistados pelo Brasil de Fato avaliam que determinadas espécies podem demorar até mesmo séculos

Tocantins

Quatro estados pedem ajuda das Forças Armadas para combate a incêndios

Os estados de Roraima, Rondônia, Tocantins e Pará pediram ajuda do Executivo federal para combater incêndios florestais.



Educação

Unitins comemora 5 anos de implantação do Campus de Augustinópolis e realiza I Encontro de Egressos da unidade

Reitor entregou um carro para o campus durante o evento e anunciou a entrega de mais de 200 diplomas dos cursos de Direito e Enfermagem


Escândalo

Aprovada convocação de secretário da Administração e do diretor do Plansaúde

São de autoria da deputada Vanda Monteiro (PSL) mais dois requerimentos aprovados. Ela pede a reforma da ponte entre os municípios de Itaguatins e Maurilândia, além de recursos para a construção do campus da Unitins no município de Augustinópolis.


Turismo

Palestras e discussões marcam II Encontro Internacional de Jornalistas em Salvador

A economia criativa no Turismo foi abordada pelo ex-secretário de Turismo da Bahia, presidente do Instituto Pensar, pesquisador e estudioso, Domingos Leonelli.


Cidadania

Cidadania e Justiça apoia a realização da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla


Seu Bolso

TIM lança oferta diferenciada para clientes do Tocantins


PPA

Governador Mauro Carlesse abre sétima consulta pública do PPA


Saúde

Hospital Geral de Palmas opera com menor índice de ocupação da história


Gurupi

Em Gurupi, governador Mauro Carlesse prestigia inauguração de Centro Cultural e exposição sobre ex-governador Siqueira Campos


Campo

Secretaria da Agricultura e parceiros realizam o 3° Tecnifruti no Projeto Manuel Alves



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira