Friday, 14 de December de 2018

SAÚDE


Saúde

Postos de saúde da Capital recebem 300 doses da vacina contra meningite

24 Jul 2018    19:05
ASCOM/Divulgação Postos de saúde da Capital recebem 300 doses da vacina contra meningite O pequeno Augusto foi uma das crianças imunizadas

A Rede de Saúde de Palmas distribuiu, nessa segunda-feira, 23, 300 doses da vacina contra meningite para as 32 salas de vacina da Capital. Para atender a demanda, a Central de Vacinas fez a divisão das doses conforme a procura pela vacina nas unidades de saúde.

 

De acordo com a enfermeira da Central de Vacinas de Palmas, Juliana Araújo, para atender toda a demanda de crianças que estão à espera da vacina, a quantidade teria que ser no mínimo 1.200 doses. “Como o repasse das doses foi bem abaixo do necessário, tivemos que distribuir conforme a demanda de cada unidade de saúde, buscando priorizar o atendimento às crianças que chegarem à faixa etária para receber a dose”, relata.

 

Raísse Marcela, mãe da pequena Beatriz Patrício Bezerra, não perdeu tempo e foi no primeiro horário imunizar a filha. Ela conta que mudou de Colinas para Palmas, e que lá foram registrados quatro casos de meningite, então a preocupação era ainda maior. “Durante um mês eu liguei quase todos os dias na unidade, e hoje quando fiquei sabendo que a vacina ia estar disponível, não pensei duas vezes e vim logo”, diz a Raísse.

 

Cintia Ferreira, mãe da Clara Ferreira, também estava à espera da vacina. Para ela é extremamente importante cumprir o calendário da vacina preconizado pelo Ministério da Saúde. “Existem estudos que mostram que as vacinas previnem doenças graves, algumas que já estavam erradicadas e que agora estão voltando e outras que estão erradicadas. Temos que estar vigilantes para proteger nossos filhos, evitando que essas doenças possam acometê-los em algum momento da vida” destaca.

 

Novas doses

 

A Secretaria Estadual de Saúde solicitou ao Ministério da Saúde 25 mil doses da vacina. A quantidade serviria para regularizar o estoque, mas o órgão repassou apenas 16,8% da remessa, sendo apenas 4,2 mil doses. A medicação será distribuída proporcionalmente aos 139 municípios do estado. O repasse das doses no estado está sendo insuficiente há pelo menos três meses.

 

O Ministério da Saúde afirmou que os repasses estão sendo reduzidos devido aos atrasos na entrega pelo laboratório produtor da vacina, Fundação Ezequiel Dias (Funed).

 

A previsão é que a situação seja normalizada no próximo mês de agosto, em todo o País. Para municípios que estão com estoque reduzido, a orientação do Ministério da Saúde é realizar o agendamento da vacinação de acordo com a disponibilidade das doses.


COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

23

PARABÉNS!
PARABÉNS!

24

BOM
BOM

25

AMEI!
AMEI!

25

KKKK
KKKK

34

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

24

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

24

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Vacina meningite

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


CPPA

Mesmo com situação levada à Justiça, esgoto a céu aberto continua na CPPA

MPE/TO e Prefeitura também judicializaram o caso, mas o problema continua na Casa de Prisão Provisória

Sindicância

Estado abre sindicância para apurar situação de servidores na Secretaria de Governo

De 18 de dezembro a 28 de fevereiro de 2019, terá início o recadastramento de todos os servidores do Poder Executivo




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira