Palmas, 23/01/2018

Sa√ļde

Zona Rural

Profissionais do CSC Arne 64 levam atendimento aos moradores da zona rural

  • Em fevereiro de 2015, surgiu a ideia de promover encontros mensais da equipe de sa√ļde da fam√≠lia na comunidade rural Vale da Serra

Jackson Pina

Profissionais do CSC Arne 64 levam atendimento aos moradores da zona rural



Redação Semus

A agente de sa√ļde Maria S√īnia Santana percorre diariamente a regi√£o de ch√°caras conhecida como Vale da Serra, localizada na zona rural de Palmas, onde residem cerca de 120 fam√≠lias. Os moradores s√£o cadastrados e, a partir da triagem feita pela agente, s√£o verificadas as suas necessidades. Muitas dessas pessoas t√™m dificuldades de se deslocarem at√© a cidade para acessar os servi√ßos no Centro de Sa√ļde da Comunidade da Arne 64, respons√°vel pelo atendimento dos moradores da regi√£o.
 
Em fevereiro de 2015, surgiu a ideia de promover encontros mensais da equipe de sa√ļde da fam√≠lia na comunidade rural Vale da Serra. Nesses encontros, s√£o realizados atendimentos m√©dicos, odontol√≥gicos, encaminhamentos para exames e outros procedimentos. Al√©m disso, idosos e crian√ßas recebem aten√ß√£o especial e os hipertensos e diab√©ticos s√£o monitorados pela enfermeira e t√©cnica de enfermagem.
 
O chacareiro Jo√£o Gon√ßalves da Silva mora na regi√£o do Vale da Serra h√° 13 anos. Ele conta que tem um hist√≥rico de sa√ļde delicado, em raz√£o de ter sofrido um c√Ęncer, h√° cerca de 20 anos. "Eu fiz uma bateria de exames e constatei que fui totalmente curado. Hoje vivo muito bem. Como surgiu esse grupo, vi uma grande oportunidade de acompanhar a minha sa√ļde", relata.
 
A enfermeira Silmara Costa Cunha integra a equipe de sa√ļde da fam√≠lia do CSC Arne 64 desde que os encontros come√ßaram a ser feitos. Segundo ela, inicialmente, o objetivo era promover o acesso da comunidade rural aos servi√ßos de sa√ļde, principalmente para as pessoas com dificuldade de deslocamento. Silmara conta que com a chegada dos profissionais do N√ļcleo de Apoio √† Sa√ļde da Fam√≠lia (Nasf), a equipe se fortaleceu e, hoje, s√£o realizados diversos atendimentos com o objetivo de promover a sa√ļde integral das pessoas. "N√≥s constru√≠mos um v√≠nculo de confian√ßa com a comunidade, acompanhamos e conhecemos os usu√°rios, o que ajuda muito nos atendimentos", disse.
 
A equipe do Nasf √© composta por psic√≥loga, fisioterapeuta, nutricionista e educador f√≠sico. Por conhecer bem as demandas da comunidade, a agente de sa√ļde Maria S√īnia programa os atendimentos para os encontros mensais. "Quando √© solicitada alguma atividade que envolve os profissionais do Nasf, sentamos com a agente de sa√ļde e planejamos o que fazer junto √† comunidade", disse a nutricionista U√°tilla Larona. A profissional relatou ainda que o seu trabalho √© bastante requisitado, pois existem muitos idosos no grupo que sofrem de diabetes e hipertens√£o, desejosos de saber como melhorar a alimenta√ß√£o.
 
Outro objetivo importante alcan√ßado nos encontros √© a aproxima√ß√£o das pessoas e o fortalecimento de v√≠nculos interpessoais dos membros da comunidade rural e dos profissionais. Afinal, fazer amigos e se relacionar bem uns com os outros tamb√©m faz bem para a sa√ļde.


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus