Thursday, 17 de October de 2019

SAÚDE


Sesau

Saúde promove mutirão no HGP com procedimentos em lesão de colo de útero

08 Oct 2019    17:16    alterado em 08/10 às 17:16
André Araújo Saúde promove mutirão no HGP com procedimentos em lesão de colo de útero

Com o intuito de zerar a fila de espera por procedimentos eletivos, um mutirão de conizações na prevenção do câncer de colo do útero foi promovido neste domingo, 06, no Hospital Geral de Palmas (HGP). A conização é o nome um tratamento cirúrgico que consiste na remoção de um fragmento do colo do útero (em forma de cone). Este procedimento é realizado em algumas mulheres com suspeita de câncer de colo de útero, com intuito de diagnosticar e tratar a lesão.  A iniciativa mobilizou a equipe da oncoginecologia, e equipe de apoio da unidade. No total foram 15 mulheres contempladas com a ação.

 

O mutirão faz parte da estratégia Opera Tocantins criada pela Lei Nº 3.369/2018 que dá direito ao PAGH-Cirúrgico conferindo aos profissionais contemplados na norma, desde que atuem na realização do procedimento cirúrgico eletivo em horários que não coincidam com o cumprimento de sua jornada ordinária ou extraordinária, podendo o profissional atuar aos sábados, domingos, feriados, dias de ponto facultativo e durante a semana inclusive em período noturno e madrugada.

 

“Este mutirão beneficiou várias mulheres na intenção  que elas não desenvolvam a doença e seja feito  uma cirurgia curativa, diminuindo a proporção de menos limite no futuro reprodutivo e sexual. E vai  ser dado seguimento com acompanhamento ambulatorial para  um período mínimo de dois anos”, afirmou a médica ginecologista e obstetra Franciely Batista de Oliveira.

 

Segundo o diretor geral do HGP, Leonardo Toledo “o Mutirão faz parte do Opera Tocantins e vem beneficiar as pacientes que aguardavam por este tipo de procedimento eletivo na nossa unidade. Nosso principal objetivo é zerar a fila de espera. O mutirão contou com uma equipe qualificada de profissionais dedicados à assistência destas pacientes”, destacou.

 

A Elivane Babosa veio do município de Paraíso do Tocantins, aguardava para fazer o procedimento. “Me ligaram me avisando do mutirão e foi bom, já vou fazer logo ”, afirmou.

 

A Senhora Ana Francisca da Gloria veio de Lizarda."Foi bom este mutirão, tranquilo e já vou para casa", declarou.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Opera Tocantins realiza quase 70 cirurgias em 10 dias e espera fechar outubro com mais de 150

As cirurgias acontecem em diversas Unidades Hospitalares do Tocantins sempre em horários diferenciado, fora da carga horária ordinária, como sábados, domingos, feriados, dias de ponto facultativo e ou em período noturno/madrugada.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira