Sunday, 21 de October de 2018

SAÚDE


Hospital

Secretário de Estado da Saúde visita obras do Hospital de Amor do Tocantins

26 Jun 2018    21:36
SECOM Secretário de Estado da Saúde visita obras do Hospital de Amor do Tocantins Hospital está sendo construído em Palmas e tratará pacientes oncológicos do Tocantins e toda a Região Centro-Oeste do País

O secretário de Estado da Saúde, Renato Jayme, acompanhado do secretário de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, Claudinei Queresmin; e do presidente da Fundação Pio XII, Henrique Prata, visitou as obras do Hospital de Amor, na manhã desta terça-feira, 26, para acompanhar o andamento das obras.

Segundo o presidente da Fundação Pio XII, cerca de R$ 1,6 milhão foram investidos na primeira etapa da obra. “Começamos bem, mas temos que criar mais motivação, porque é importante tirar essa diferença dos pacientes que se dirigem a Barretos. É melhor que 30 médicos venham para Palmas do que 3 mil pacientes irem para lá”, disse.

Henrique Prata falou a respeito das doações que movem a construção do hospital e ressaltou a importância da participação da sociedade. “O início dessa obra se deu com a arrecadação do leilão de Araguaína, em novembro do ano passado, que arrecadou quase R$ 1,3 milhão. Além de empresários, o Estado tem muitos artistas e ainda não encontramos, na agenda dos artistas, para fazer um mega show e arrecadar fundos para a construção do hospital. Agora que as pessoas estão vendo a obra, acredito que virão novas doações. É um projeto audacioso que irá beneficiar não só o Tocantins mais toda Região Centro-Oeste do país”, declarou.

A arquiteta idealizadora do projeto Hospital de Amor do Tocantins, Mônica Avelino, disse que a previsão para a conclusão da primeira etapa do projeto é de até o início de 2021. “Essa primeira etapa se chamará Hospital Dia, onde o paciente será consultado por uma equipe multidisciplinar e, a partir do diagnóstico, será decidido se o tratamento vai ser por meio da radioterapia ou da quimioterapia. Nesse núcleo, o paciente vai ser tratado sem a necessidade de internação. Se tivermos a arrecadação esperada, de cerca de R$ 20 milhões, esse núcleo estará funcionando no final de 2020, ou no máximo no início de 2021”, afirmou.

Para a segunda etapa, chamada Hospital 24 Horas, segundo a arquiteta, serão necessários mais 5 anos e R$ 80 milhões. “O custo inicial total da obra é de R$ 100 milhões e a previsão de conclusão da segunda etapa é de 5 anos. Essa arrecadação será feita de maneira gradual ao longo desse período”, concluiu.

Renato Jaime enfatizou a parceria entre o Estado e o Hospital de Amor, no sentido de priorizar os recursos para o andamento das obras. “Temos pauta esta semana com o ministro da Saúde e vamos falar também sobre a construção do Hospital de Amor, pois existem recursos a serem liberados para investir aqui. Iremos sensibilizar o ministro sobre a importância da continuidade dessa obra. Temos orçado R$ 4 milhões em emendas parlamentares estaduais e mais um recurso de quase R$ 15 milhões da Lei Orçamentária, que é fruto de uma parceria com o Governo Federal”, garantiu.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

29

PARABÉNS!
PARABÉNS!

23

BOM
BOM

36

AMEI!
AMEI!

24

KKKK
KKKK

24

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

20

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

26

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Hospital Tocantins Câncer

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Negócios

Governador Mauro Carlesse intensifica política de atração de investidores para o Tocantins

Mauro Carlesse já tem previsto em sua agenda, ainda sem data marcada, visitas ao Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná, na cidade de Maringá.

Desenvolvimento

Empresas tocantinenses são beneficiados com incentivos fiscais

Para conquistar o direito ao incentivo fiscal, o empreendedor deve apresentar projeto de viabilidade econômico-financeira ao Conselho de Desenvolvimento Econômico




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira