Palmas, 20/01/2018

Últimas

Doação

Biblioteca da Câmara de Palmas recebe cerca de três mil livros doados pelo Senado Federal

  • Iniciativa visa aumentar a disponibilidade de livros para quem freqüenta a Casa de Leis

Guilherme Pagannoto

Biblioteca da Câmara de Palmas recebe cerca de três mil livros doados pelo Senado Federal



As pessoas que frequentam a Biblioteca da Câmara de Palmas terão mais opções de leitura a partir dessa semana. A Casa de Leis recebeu do Senado Federal uma doação de três mil livros, com o objetivo de ampliar o acervo e assim melhorar o serviço prestado à população. A doação foi realizada após uma reunião entre o presidente da Casa, José do Lago Folha Filho (PSD), e a senadora Kátia Abreu (PMDB), no mês de abril.
 
O presidente Folha comemorou a chegada dos exemplares e falou sobre a relevância da iniciativa. "Esses livros estão disponíveis para toda a população. Estudantes, professores e demais interessados podem fazer uso da nossa biblioteca. Esse tipo de parceria é importante para que cada vez mais possamos trazer melhorias e buscar resultados satisfatórios para os palmenses", frisou.
 
A importância da doação recebida pela Câmara também foi destacada pelo diretor geral da Casa, João Paulo César Lima. "Esses livros estão chegando em um momento no qual estamos estruturando a nossa biblioteca. Muitos estudantes não sabem, mas temos aqui um acervo com exemplares de diversas áreas do conhecimento, desde ciências humanas até exatas", pontuou.
 
A biblioteca funciona das 8h às 13h. O acervo é composto por enciclopédias, dicionários, livros de literatura voltados para diversos públicos, além de exemplares destinados aos estudantes, com conteúdos de matérias como biologia, química, português, matemática, entre outros.
 
Convênio
 
A parceria entre a Casa de Leis e o Senado Federal trouxe diversos benefícios para a população. Entre eles está a implantação do Interlegis, um programa desenvolvido pelo Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), que tem como objetivo modernizar e integrar o poder legislativo, além de promover maior transparência. A implantação do programa na Câmara permitirá uma economia de R$ 3,5 milhões aos cofres públicos.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus