Palmas, 22/01/2018

Últimas

Op. Paz Social

Forças de Segurança apresentam balanço da Operação Paz Social

  • Operação foi realizada durante o final de semana na Capital; foram fiscalizados bares com histórico de perturbação do sossego e realizadas blitze

Raimundo Cesar

Forças de Segurança apresentam balanço da Operação Paz Social



Mariele França e Wherbert Araújo/Governo do Tocantins
 
As Forças de Segurança estaduais e Municipais apresentaram na manhã dessa segunda-feira, 4, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Palmas, os resultados da Operação Paz Social. Além da Polícia Militar, a Operação reuniu integrantes da Polícia Civil; Corpo de Bombeiros Militar; Secretaria de Segurança Pública de Palmas, por meio da Guarda Metropolitana e Agência de Trânsito, Transporte e Mobilidade; Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, contando com o apoio do Grupo Energisa de Palmas.
 
Com o objetivo de inibir as práticas delituosas como tráfico de entorpecentes, prostituição infantil, porte de ama de fogo, perturbação do sossego alheio, dentre outros crimes, a Operação esteve presente nos bares da cidade. As atividades iniciaram na sexta-feira, 1º de dezembro, e terminaram na madrugada de domingo, 3, abordando 20 bares. A operação contou com um efetivo de 80 pessoas entre policiais civis e militares, guardas metropolitanos, agentes de trânsito e técnicos de vigilância sanitária e postura. Outra ação realizada simultaneamente à operação foi a vistoria de possíveis furtos de energia naqueles estabelecimentos visitados.
 
Resultados
 
"A Polícia Militar fez um levantamento para subsidiar as ações dos demais órgãos. Nos finais de semana é elevado o índice de pessoas fazendo reclamações de bares. A sociedade quer uma solução. A integração entre as forças de segurança é a resposta de que estamos buscando solucionar os problemas apontados pela população" afirmou o chefe do estado-maior da PM, coronel Marcelo Falcão Soares.
 
O delegado geral da Polícia Civil, Claudemir Luiz Ferreira Cargo, informou que a Instituição tem interesse em continuar participando de outras operações. "A intenção é incomodar quem incomoda a sociedade. Portanto nós estaremos junto com as demais forças de segurança, agindo de maneira perene, no combate às ações criminosas", declarou o delegado geral.
 
Para o secretário municipal de Segurança e Mobilidade Urbana de Palmas, o major bombeiro Leonardo Gomes, a operação, realizada inicialmente no primeiro semestre deste ano, será recorrente a partir de agora. "As ações conjuntas serão contínuas, principalmente em eventos que estejam perturbando o sossego da população", argumentou.
 
Balanço da Operação
 
A Polícia Militar abordou 66 veículos e 108 pessoas, nos bares e proximidades. A Polícia Civil registrou nove flagrantes, sendo quatro por poluição sonora, quatro por embriaguez ao volante e um por venda de bebida alcoólica para adolescente. Também foi realizada a apreensão  de material entorpecente que estava com um adolescente. O Corpo de Bombeiros registrou 12 notificações, sendo quatro autuados por diversas irregularidades, dentre elas problemas com extintores. Já a Vigilância Sanitária e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, apresentaram 11 notificações, sendo que seis bares foram interditados.
 
Trânsito
 
Foram realizadas duas Blitze e várias abordagens aleatórias nas proximidades dos bares fiscalizados. 81 veículos foram abordados, sendo 54 carros e 27 motos, resultando em três carros e três removidos; 60 testes de etilômetro tiveram resultado negativo, outros quatro tiveram resultado positivo e nove condutores se recusaram a fazer o teste, resultando em cinco motoristas conduzidos para a Central de Flagrantes da Polícia Civil.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus