Palmas, 20/11/2017

Últimas

Escorpião

No período chuvoso, todo cuidado é pouco com o escorpião

  • As altas temperaturas e o início do período de chuvas em Palmas contribuem para a proliferação de insetos e para o aparecimento dos temidos escorpiões

Cleia Gomes

No período chuvoso, todo cuidado é pouco com o escorpião



As altas temperaturas e o início do período de chuvas em Palmas contribuem para a proliferação de insetos e para o aparecimento dos temidos escorpiões. E para evitar acidentes desagradáveis, a Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses de Palmas (UVCZ) dá dicas de como a pessoa deve proceder ao encontrar um escorpião e como fazer para evitar a presença desse animal peçonhento.
 
O biólogo da UVCZ Jorge Luiz de Souza explica que, em busca de alimento, abrigo e lugar seco, os aracnídeos saem de seus esconderijos atrás de novos refúgios, e é exatamente neste momento que eles aparecem dentro das casas.
 
Souza alerta sobre o número de acidentes com escorpião que tende a aumentar nessa época do ano em todo Brasil e sobre os riscos que ele oferece. "A picada do animal pode acarretar sérios riscos à saúde e até matar, porque o veneno é neurotóxico e age no sistema nervoso periférico", explica o biólogo, acrescentando que os mais predispostos a riscos fatais são os alérgicos, as crianças e os idosos.
 
Medidas preventivas
 
Para evitar a presença deles em casa, o biólogo aconselha vedar frestas, vãos, buracos, colocar soleira nas portas, trocar ralos do banheiro por um que abre e fecha ou colocar um tapete de borracha sobre o ralo porque eles podem subir da fossa atrás de pequenos insetos como baratas. "Usar telas de proteção no buraco de escoamento de águas fluviais que se torna porta de entrada de vários aracnídeos indesejáveis da rua para o quintal de casa. Manter o quintal sempre limpo e com a grama aparada também é importante para manter o perigo afastado", alerta.
 
Como o escorpião, cuja expectativa de vida é de até dez anos, se alimenta de barata, evitar seu surgimento também ajuda a afastar o aracnídeo. Outra dica é não deixar louças sujas na pia da cozinha, descartar pilhas de madeira ou colocar sobre cavaletes E tirar do chão tijolos encostados na residência, ferro velho e entulhos em geral, que são os locais prediletos dos escorpiões.
 
Como evitar a picada
 
Mesmo tomando todas as precauções, é preciso tomar alguns cuidados para evitar a picada. Segundo Jorge, se é de conhecimento a existência deles no local, então não deixe a cama encostada na parede, o lençol encostado no chão. Importante também verificar sempre as camisas, calças penduradas na parede e sapatos antes de usar. Sacudir as peças também ajuda a diminuir os riscos da picada.
 
O que fazer em caso de ser picado
 
"Se a picada for de um escorpião, a pessoa deve ser levada imediatamente até um Pronto Atendimento de Urgência e Emergência ou hospital para conter o veneno e iniciar o tratamento", lembra o biólogo. O ideal é fazer uma compressa de gelo que ameniza a ação do veneno e, se possível, levar o escorpião morto ou vivo para que seja feito o tratamento adequado e identificado pela Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses, pois neste ano, foram registradas seis espécies diferentes em Palmas.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus