Palmas, 22/09/2017

Viver

Palmas

‚ÄúUma √°rvore por pessoa‚ÄĚ, prop√Ķe Gl√ī Amastha durante lan√ßamento do Projeto P√© de Sombra

  • √Č uma a√ß√£o da FMA, idealizada pela primeira-dama Gl√ī Amastha e teve o projeto paisag√≠stico assinado em parceria entre o Instituto Municipal de Planejamento Urbano de Palmas (Impup) e o curso de arquitetura da Ulbra.

Junior Suzuki

‚ÄúUma √°rvore por pessoa‚ÄĚ, prop√Ķe Gl√ī Amastha durante lan√ßamento do Projeto P√© de Sombra



Com o compromisso assumido de plantar uma √°rvore durante a Primavera, que inicia nesta sexta-feira, √†s 17h02, a primeira-dama de Palmas, Gl√ī Amastha, convidou os alunos e servidores da Escola de Tempo Integral (ETI) Almirante Tamandar√© a serem multiplicadores desta ideia, que tem como principal objetivo contribuir para que Palmas conquiste um clima mais ameno e saud√°vel. "Hoje somos mais de 280 mil habitantes em Palmas, Se cada um de n√≥s plantar apenas uma √°rvore, em pouco tempo teremos uma floresta urbana, meio ambiente saud√°vel e ainda uma diversidade de frutas nativas", avaliou. O convite da primeira-dama foi feito √† comunidade durante o lan√ßamento do Projeto P√© de Sombra, que tem como objetivo inicial realizar o plantio de 36 mil √°rvores em Palmas.

 

Al√©m de conforto urbano, clima mais ameno, com expectativa de redu√ß√£o de 5¬įC e 7¬įC (cent√≠grados) na temperatura m√©dia da Capital, o Projeto P√© de Sombra ainda √© uma a√ß√£o de enfrentamento √†s queimadas, que todos os anos castigam Palmas e o Tocantins. "Podemos ser o embri√£o de uma atitude sustent√°vel, que se abra√ßada por todos, pode reverter esta triste realidade enfrentada hoje pelo Tocantins, de estar entre os estados com maior registro de queimadas no Pa√≠s. Embora leiga, entendo que este √© um preju√≠zo incalcul√°vel no que diz respeito a nossa flora e fauna", avaliou Gl√ī Amastha.

 

O presidente da Funda√ß√£o Municipal de Meio Ambiente (FMA), Evercino Moura dos Santos J√ļnior, se disse gratificado por poder participar de um momento emblem√°tico como o lan√ßamento do P√© de Sombra. "Enquanto vivemos uma realidade de agress√£o ao meio ambiente, aqui em Palmas propomos o contr√°rio. Estamos plantando √°rvores. E isso, junto com as crian√ßas, que aprendem na pr√°tica o valor e a import√Ęncia de cada planta para compor um ambiente de harmonia entre ser humano e natureza", comemorou o presidente Evercino.

 

A solenidade de lan√ßamento do P√© de Sombra contou com apresenta√ß√£o art√≠stica de alunos, oficina de reciclagem e produ√ß√£o de objetos de artes, confeccionados a partir de sementes, folhas e galhos secos. Tamb√©m foram os alunos que ajudaram no plantio simb√≥lico de √°rvores frut√≠feras ‚Äď caju, acerola, goiaba, jambo, amora e a√ßa√≠ - no p√°tio da ETI Almirante Tamandar√©. A aluna do 1¬ļ ano, Antoniele da Silva Costa, de 6 anos, disse estar muito feliz por plantar sua primeira √°rvore. "√Č muito bom plantar uma √°rvore. Eu vou poder ver ela crescer junto comigo", comemorou orgulhosa.

 

O Projeto

O projeto P√© de Sombra foi desenvolvido a muitas m√£os. √Č uma a√ß√£o da FMA, idealizada pela primeira-dama Gl√ī Amastha e teve o projeto paisag√≠stico assinado em parceria entre o Instituto Municipal de Planejamento Urbano de Palmas (Impup) e o curso de arquitetura da Ulbra. O plantio obedece √† normatiza√ß√£o do Plano de Arboriza√ß√£o do Munic√≠pio, que identificou d√©ficit arb√≥reo na Arse 132, al√©m das particularidades da escola. Realizado pela Funda√ß√£o Municipal de Meio Ambiente, a a√ß√£o conta ainda com a parceria das secretarias Municipais de Educa√ß√£o, da Infraestrutura, de Comunica√ß√£o, Impup e Ulbra.

 

O lançamento contou também com as presenças do secretário municipal de Educação, Danilo de Melo Sousa, da presidente da Sociedade Amigos da Marinhas (Soamar), Valquíria Rezende e da vice-prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, além de professores e diretores das escolas da rede municipal ensino e da comunidade do entorno da quadra Arse 132.

 

Programação

Al√©m do lan√ßamento do P√© de Sombra, outras a√ß√Ķes foram realizadas na manh√£ desta quinta-feira, para comemorar o Dia da √Ārvore. A escola Aur√©lio Buarque de Holanda, no jardim Aureny I recebeu o plantio de 20 mudas de √°rvores. Tamb√©m foram plantadas mudas na escola privada Mackenzie e na empresa Ferpam, tudo no per√≠odo da manh√£.

 

Às 14 horas, o Viveiro Educador, da FMA, recebe 21 alunos do Centro de Ensino Médio (CEM) Santa Terezinha, de Miracema, que vêm conhecer o trabalho desenvolvido no local, a exemplo do berçário de sementes, plantio e cultivo de mudas, projeto Renova Palmas, dentre outros.



Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus