Tuesday, 17 de September de 2019

VIVER


Rio de Janeiro

Chef Ruth Almeida participa da 3ª edição do “Cozinhas Brasileiras”

26 Jun 2019    09:39    alterado em 26/06 às 09:39
Chef Ruth Almeida participa da 3ª edição do “Cozinhas Brasileiras”

A chef de cozinha Ruth Almeida, do restaurante Raízes Gastronômicas, é uma das cozinheiras escolhidas para participar da 3ª edição do “Cozinhas Brasileiras”, que acontece no restaurante Quitéria, no Rio de Janeiro (RJ). A chef tocantinense comanda a cozinha na noite de quarta-feira, 24. De acordo com Ruth Almeida, o evento tem como proposta realizar uma espécie de intercâmbio entre as diferentes cozinhas brasileiras ancestrais, a exemplo da culinária baiana, indígena, do cerrado, da caatinga, afro e outras variadas culturas alimentares.

O projeto “Cozinhas Brasileiras” homenageia o trabalho de mulheres que atuam na gastronomia brasileira. “A ideia é valorizar tanto as profissionais que se dedicam à cozinha brasileira quanto os nossos produtos”, adianta um dos responsáveis pelo  o empresário do Grupo Arpoador Daniel Gorin. Na ocasião, Ruth Almeida oferecerá pratos que exaltam a culinária amazônica com entrada, prato principal e sobremesa, que envolve produtos como o peixe muqueado, pão de açaí, carne seca, pirarucu, galinha defumada e doce do Cerrado. “Estou pronta para mostrar o melhor da culinária brasileira, com uma cozinha totalmente autoral”, descreve Ruth.

O evento neste ano foi aberto no mês de maio com a participação da chef Manuelle Ferraz (A Bananeira – SP), Ruth Almeida foi escolhida para a programação de junho, a chef Mônica Rangel (Gosto com Gosto – SP) em julho e para fechar o evento em agosto a chef Morena Leite (Capim Santo – RJ). Como ocorreu nas duas últimas edições, cada chef desenvolverá um cardápio inédito. Já participaram do projeto as chefs Roberta Sudbrack (Sud, o pássaro verde Café), Bel Coelho (Clandestino) e Janaina Rueda (Bar da dona Onça).

Perfil
Ruth Almeida, como ficou conhecida nacionalmente, é filha dos trabalhadores rurais Laurenço Almeida e Maria José, que formaram uma família de nove irmãos. A infância humilde, no Bico do Papagaio, não impedia sua mãe de transformar alimentos da terra em cardápios especiais, como um milho verde da roça, que hidratado se transformava em cuscuz, ou ainda lambari com coco babaçu. Com 14 anos de idade, já casada, teve que ajudar no sustento da família trabalhando na quebra do coco babaçu. A dura lida virou caso de amor com o coco babaçu e serviu de inspiração gastronômica para Ruth Almeida.

Em 1991, quando decidiu se mudar para Palmas, a rudeza a seguiu nos trabalhos como doméstica, lavadeira, cuidadora de crianças, merendeira em escolas públicas e cozinheira em hotéis. Somente em 2016, sua vida começou a mudar radicalmente, ao participar do Programa “Cozinheiros em Ação”, do Canal GNT, e utilizar o coco babaçu como tempero especial em seus pratos.

Dentre milhares de inscrições, Ruth foi escolhida entre os 12 competidores e garantiu o terceiro lugar na disputa de Chef de Cozinha. Esse resultado com sabor de vitória é parte do cardápio de conquistas que ela revela nessa entrevista exclusiva sobre o programa do GNT, o Prêmio Dólmã, Oscar da Gastronomia e da reviravolta na sua vida depois dos 40 anos.

COMPARTILHE:


Confira também:


Responsabilidade Fiscal

Governo anuncia que o Tocantins está enquadrado na Lei de Responsabilidade Fiscal

O evento contou a presença de deputados federais, estaduais, secretários de Estado e outros auxiliares do Governo.

Vestibular

Inscrições abertas para o Vestibular da Unitins

Processo seletivo tem 480 vagas contemplando todos os cursos da Unitins em Palmas, Araguatins, Augustinópolis e Dianópolis. Inscrições são feitas exclusivamente pela internet


Ocorrência

Polícia Civil prende mulher suspeita de estelionato no sudeste do Estado

Mulher estava se passando por conselheira espiritual, mas na verdade aplicava golpes em pessoas do sudeste


Proibição

Adapec apreende carga de 10 toneladas de sementes de capim irregular na TO-050 entre Palmas e Porto Nacional

O proprietário da carga foi multado em R$ 2.700,00 e as sementes foram destruídas no aterro sanitário de Palmas.


Tocantins

Adetuc e consultores reúnem-se para definir implantação do Observatório do Turismo do Tocantins


Educação

Com palestras, professor da Rede Municipal de Palmas motiva alunos a enfrentarem obstáculos


Preservação

Praias de Babaçulândia recebem o mutirão de limpeza do projeto Praia Limpa, Praia Viva


Pagamento do FGTS

Caixa estende horário de atendimento amanhã e abre no sábado


Preservação

APA Ilha do Bananal Cantão dedica programação ao Dia Nacional do Cerrado


Visita

Antonio Andrade recebe alunos na Assembleia



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira