Tuesday, 16 de July de 2019

VIVER


Rio de Janeiro

Chef Ruth Almeida participa da 3ª edição do “Cozinhas Brasileiras”

26 Jun 2019    09:39    alterado em 26/06 às 09:39
Chef Ruth Almeida participa da 3ª edição do “Cozinhas Brasileiras”

A chef de cozinha Ruth Almeida, do restaurante Raízes Gastronômicas, é uma das cozinheiras escolhidas para participar da 3ª edição do “Cozinhas Brasileiras”, que acontece no restaurante Quitéria, no Rio de Janeiro (RJ). A chef tocantinense comanda a cozinha na noite de quarta-feira, 24. De acordo com Ruth Almeida, o evento tem como proposta realizar uma espécie de intercâmbio entre as diferentes cozinhas brasileiras ancestrais, a exemplo da culinária baiana, indígena, do cerrado, da caatinga, afro e outras variadas culturas alimentares.

O projeto “Cozinhas Brasileiras” homenageia o trabalho de mulheres que atuam na gastronomia brasileira. “A ideia é valorizar tanto as profissionais que se dedicam à cozinha brasileira quanto os nossos produtos”, adianta um dos responsáveis pelo  o empresário do Grupo Arpoador Daniel Gorin. Na ocasião, Ruth Almeida oferecerá pratos que exaltam a culinária amazônica com entrada, prato principal e sobremesa, que envolve produtos como o peixe muqueado, pão de açaí, carne seca, pirarucu, galinha defumada e doce do Cerrado. “Estou pronta para mostrar o melhor da culinária brasileira, com uma cozinha totalmente autoral”, descreve Ruth.

O evento neste ano foi aberto no mês de maio com a participação da chef Manuelle Ferraz (A Bananeira – SP), Ruth Almeida foi escolhida para a programação de junho, a chef Mônica Rangel (Gosto com Gosto – SP) em julho e para fechar o evento em agosto a chef Morena Leite (Capim Santo – RJ). Como ocorreu nas duas últimas edições, cada chef desenvolverá um cardápio inédito. Já participaram do projeto as chefs Roberta Sudbrack (Sud, o pássaro verde Café), Bel Coelho (Clandestino) e Janaina Rueda (Bar da dona Onça).

Perfil
Ruth Almeida, como ficou conhecida nacionalmente, é filha dos trabalhadores rurais Laurenço Almeida e Maria José, que formaram uma família de nove irmãos. A infância humilde, no Bico do Papagaio, não impedia sua mãe de transformar alimentos da terra em cardápios especiais, como um milho verde da roça, que hidratado se transformava em cuscuz, ou ainda lambari com coco babaçu. Com 14 anos de idade, já casada, teve que ajudar no sustento da família trabalhando na quebra do coco babaçu. A dura lida virou caso de amor com o coco babaçu e serviu de inspiração gastronômica para Ruth Almeida.

Em 1991, quando decidiu se mudar para Palmas, a rudeza a seguiu nos trabalhos como doméstica, lavadeira, cuidadora de crianças, merendeira em escolas públicas e cozinheira em hotéis. Somente em 2016, sua vida começou a mudar radicalmente, ao participar do Programa “Cozinheiros em Ação”, do Canal GNT, e utilizar o coco babaçu como tempero especial em seus pratos.

Dentre milhares de inscrições, Ruth foi escolhida entre os 12 competidores e garantiu o terceiro lugar na disputa de Chef de Cozinha. Esse resultado com sabor de vitória é parte do cardápio de conquistas que ela revela nessa entrevista exclusiva sobre o programa do GNT, o Prêmio Dólmã, Oscar da Gastronomia e da reviravolta na sua vida depois dos 40 anos.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

DPE-TO reforça irregularidades do Hospital Geral de Palmas em Manifestação

Defensoria Pública pede que, no prazo de 90 dias, o Estado sane as irregularidades já constatadas em vistorias

Raio X

Inadimplência do consumidor cresce 0,9% no primeiro semestre de 2019

De acordo com o indicador do SPC Brasil, mais da metade das dívidas pendentes (53%) de pessoas físicas no país têm como credor algum banco ou instituição financeira



Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco

As regiões pretendem integrar a Rede de Cidades Criativas da entidade. Atualmente, o país conta com oito selos; resultado sai até fim de outubro


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip

Benegrip Multi Dia e Noite terá ação digital integrada em multiplataformas do Grupo Record


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação

A Seciju, por meio da Gerência de Prevenção contra as Drogas e Núcleo Acolher, orienta dependentes e co-dependentes a procurar o serviço desenvolvido pelos grupos de ajuda mútua, como Alcóolicos Anônimos (AA), Narcóticos Anônimos (NA) e Amor- Exigente.


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais


Influencer

Gabriel Farhat comanda direção artística de novo projeto musical


Defensoria

DPE-TO defende criação de ambulatório trans no Tocantins


Palmas

Cine Cultura renova parceria com Sessão Vitrine e promove encontro com o premiado produtor João Vieira na terça, 16


Em Palmas

Membro de grupo estratégico da Embrapa apresentará dados sobre produção e preservação no cerrado e Matopiba


Interior

Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável em Itacajá



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira