Tuesday, 11 de December de 2018

VIVER


Pierre de Freitas

Exposição “Atemporal, a arte e a poética de Pierre de Freitas”, apresentará obras inéditas do artista

23 Apr 2018    15:38    alterado em 23/04 às 15:43
Exposição “Atemporal, a arte e a poética de Pierre de Freitas”, apresentará obras inéditas do artista Exposição mostrará obras inéditas do artista Pierre de Freitas

A exposição “Atemporal, a arte e a poética de Pierre de Freitas”, será aberta no dia 03 de maio, às 19h30, na sede do Grupo Jaime Câmara, em Palmas. Até o dia 2 de julho, os visitantes terão acesso às 30 telas pintadas pelo artista plástico entre os anos de 2011 e 2016, mais três pintadas em 2002 e uma em 2007, o que totaliza 34 telas, sendo algumas inéditas para o público, além  de sete objetos, alguns produzidos entre os anos de 2002 e 2007.

 

A iniciativa para a montagem da exposição é da viúva de Pierre Freitas, a médica Thessa Freitas. Para ela "a arte é imortal e nessa perspectiva imortaliza também o artista", revela. "O  intuito da exposição, é divulgar a arte de Pierre de Freitas e manter sua memória viva", diz.

 

De acordo ainda com a médica, a escolha do Grupo Jaime Câmara, no Tocantins, para sediar a primeira exposição póstuma de Pierre, se deu em razão de um projeto antigo do artista. " O Pierre considerava o hall de entrada da sede do Grupo, um local ideal para uma galeria de arte e ele já havia pensado em um projeto neste sentido", conta.

 

A curadora da exposiçãodoutora em história e professora de história da arte na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Sabrina Mara Sant'Anna, considera a produção artística e a poética de Pierre de Freitas atemporal (título que o artista, inclusive, deu para uma das telas que integra a exposição). “ A

temática e as imagens criadas por ele provocam reflexões sobre os dramas e conflitos internos que incomodam e movem, concomitantemente, a humanidade desde suas origens sobre a Terra”, descreve.

 

A curadora explica que os jardins coloridos, as brumas, os animais fantásticos, as lâmpadas e lamparinas acesas representadas nas telas, nos objetos e nas louças produzidas por Pierre de Freitas são alegorias criticas de si mesmo e do homem na história.

  

As obras da exposição “Atemporal, a arte e a poética de Pierre de Freitas”, estarão disponíveis à visitação do público, na sede do Grupo Jaime Câmara em Palmas, na 102 norte, Acsu-NE 10. Av, NS 2, de segunda a sexta-feira, das 08 às 20h. Sábado, domingo e feriados, das 08 às 18h.

 

SOBRE PIERRE

 

Pierre de Freitas (1967-2017), natural de Brasília, Distrito Federal, foi voluntário engajado na Legião Estrangeira Francesa, tendo servido entre os anos 1989 e 1994 na França, Golfo Pérsico e África oriental (Djibuti e Somália). Em 1995 ingressou no curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás, tornando-se bacharel em 1999 com habilitação em pintura. Durante sua formação viajou para a Colômbia e participou do curso de verão e do seminário de complementação acadêmica promovidos em 1997 pelo Instituto Departamental de Bellas Artes de Cáli. Em 2000 Pierre de Freitas mudou-se para Palmas, Tocantins, onde construiu residência e atelier. Nesta cidade lecionou pintura, desenho e História da Arte em várias instituições de ensino fundamental e médio; foi coordenador de Artes Plásticas, Visuais e Artesanato da Fundação Cultural do Tocantins entre 2003 e 2005; idealizador e coordenador do projeto A Escola vai a Galeria, realizado pelo SESC, em 2004; coordenador do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) no Tocantins de 2004 a 2005; proprietário e administrador da Escola de Artes Ateliê de Ideias entre janeiro de 2006 e julho de 2008; presidente da Fundação Cultural de Palmas entre janeiro de 2008 e novembro de 2010; idealizador e promotor do projeto Arte na Rua, realizado em 2011; sócio proprietário do Colégio Interação – Vozes Ativas, no qual lecionou Artes e História da Arte em 2016; tatuador e proprietário do Maktub Tattoo Studio durante os anos 2013 e 2016.

 

 

Exposições individuais

 

Mulheres – pinturas. Clínica Corpus, Goiânia, Goiás, de 07 a 30 de agosto de 1996.

1989 – pinturas. Agência do Banco do Brasil, Trindade, Goiás, de 23 de dezembro de 1996 a 15 de janeiro de 1997.

1989 – pinturas. Galeria Prof. Antônio Peclat, Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás, de14 a 25 de abril de 1997.

Sentimentos Selados – pinturas. Espaço Cultural dos Correios, Agência Central, Goiânia, Goiás. Agosto de 1997.

Peregrino da Saudade. Aliança Francesa, Goiânia, Goiás, de 18 de junho a 10 de julho de 1998.

Caminho Traçado. Museu Antropológico, Universidade Federal de Goiás, Praça Universitária, Goiânia, Goiás, de 19 a 25 de agosto de 1998.

Memórias. Casa da Memória da Justiça Federal, Goiânia, Goiás, de 10 a 30 de novembro de 1998.

Individual – pinturas. Café com Griffe, Goiânia, Goiás, de 15 de dezembro de 1999 a 15 de janeiro de 2000.

Chagas – pinturas.  Tribunal de Justiça de Palmas, Tocantins, de 23 de março a 14 de abril de 2000.

Situações – pinturas. Secretaria Estadual de Cultura, Palmas, Tocantins, de 01 a 18 de agosto de 2000.

Tempo e Lugar – pinturas. Secretaria Estadual de Cultura, Palmas, Tocantins, de 09 a 25 de fevereiro de 2001.

Primavera dos Poetas – pinturas.  Aliança Francesa, Goiânia, Goiás, de 10 a 30 de abril de 2001.

Individual – pinturas. Galeria Época, Shopping Center Flamboyant, Goiânia, Goiás, de 13 a 30 de abril de 2001.

Miserere Mei – pinturas, desenhos e objetos. SESC, Palmas, Tocantins, de 04 a 31 de outubro de 2002.

Miserere Mei – pinturas, desenhos e objetos. SESC, Gurupi, Tocantins, de 04 a 27 de fevereiro de 2003.

Cartas e Flores – pinturas e gravuras. Espaço Cultural de Palmas, Tocantins, de 07 de março a 09 de abril de 2003.

Miserere Mei – pinturas, gravuras, desenhos e objetos. SESC, Projeto “A Escola vai a Galeria”, Palmas, Tocantins, de 15 de maio a 11 de junho de 2004.

Sobre Minhas Noites e Minha Fé – pinturas e desenhos.  Corredor Cultural da Universidade Federal do Tocantins, Palmas, de 12 de maio a 13 de junho de 2005.

Varal das Artes – intervenção urbana. Centro da cidade de Palmas, Tocantins, 17 de novembro de 2005.

Do Urbano ao Imaginário – pintura e instalação. Centro de Educação Profissional, Quartel do XX, cidade de Goiás, de 06 a 11 de junho de 2006.

Varal das Artes – intervenção urbana. Arredores do Museu de Arte de Goiânia, Goiás, 03 de agosto de 2006.

Década – pinturas, desenhos e objetos. Museu de Arte de Goiânia, Sala Amaury Menezes, Goiás, de 03 a 19 de agosto de 2006.

Muito Mais do Mesmo – pinturas. Galeria Magenta, Palmas, Tocantins, de 15 de setembro a 16 de outubro de 2006.

Década – pinturas, desenhos e objetos. Galeria Mauro Cunha, Fundação Cultural do Tocantins, Palmas, de16 de novembro a 07 de dezembro de 2006.

Lux Candida Puris – pinturas e desenhos. Museu das Bandeiras, cidade de Goiás, de 13 de junho a 08 de julho de 2007.

Lux Candida Puris – pinturas e desenhos. Galeria Municipal de Artes, Palmas, Tocantins, de 19 de julho a 03 de agosto de 2007.

Entre Deux – pinturas. Galeria do SESC, Palmas, Tocantins, março de 2008.

Entre Deux – pinturas. Casa do Bispo (sede do IPHAN), cidade de Goiás, de 11 a 15 de junho de 2008.

Entre Deux – pinturas. L´Espace d´expositions de Gaurun, Lectoure, França, de 03 a 31 de julho de 2008.

Entre Deux – pinturas. Museu de Arte de Goiânia, Goiás, de 04 a 30 de novembro de 2008.

Entre Deux – pinturas. Paiol das Artes, Centro de Pesquisas da Amazônia, Manaus, junho de 2009.

Entre Deux – pinturas. Galeria do SESC, Porto Velho, Rondônia, julho de 2009.

Bleu Tattoo – pinturas, desenhos e fotografias. Galeria de Artes do SESC Tocantins, Palmas, de 29 de junho a 30 de julho de 2011.

 

Exposições coletivas

 

18º Coletiva de gravuras dos alunos da Faculdade de Arte Visuais. Universidade Federal de Goiás, Goiânia, de 07 a 14 de agosto de 1996.

Coletiva de gravuras. Galeria Prof. Antônio Peclat, Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás, Goiânia, de 04 a 09 de janeiro de 1997.

V Salão de Artes Plásticas do Banco do Estado de Goiás, Goiânia, 1997. (Menção Honrosa).

Prêmio SESC de artes plásticas, Goiânia, Goiás, 1997.

Intervenção Urbana, instalação, Cáli, Colômbia, novembro de 1997.

Tribunal Regional do Trabalho, Goiânia, Goiás, de 17 de agosto a 17 de setembro de 1998.

Km 0. Museu de Artes Plásticas de Anápolis, Goiás, de 26 de novembro a 08 de dezembro de 1998.

Km 0 - Edição Cerrado. Casa do IPHAN, Pirenópolis, Goiás, de 11 a 18 de janeiro de 1999.

Km 0. Galeria Marina Potrich, Goiânia, Goiás, de 25 de fevereiro a 10 de março de 1999.

The Brazilien Art Exchange. Esserman International Acura, Miami, Flórida, Estados Unidos, de 10 de novembro a 01 de dezembro de 2004.

Tocantins: Meu Estado Meu Espaço. Galeria Mauro Cunha, Fundação Cultural do Tocantins, Palmas, de 19 de abril a 15 de maio de 2005.

Tocantins: Meu Estado Meu Espaço. Casa de Fundição, cidade de Goiás, de 31 de maio a 05 de junho de 2005.

Mostra Brasil Central de Artes Plásticas. Museu de Arte Contemporânea, Campo Grande, Mato Grosso do Sul, 2005.

A casa do Natal.  Museu de Arte de Goiânia, Goiás, de 01 a 30 de dezembro de 2006.  

Palmas para Goiânia. Museu de Arte de Goiânia, Goiás, de 07 a 30 de junho de 2008.  

4 cabeças e um mesmo olhar. Galeria Municipal de Artes, Palmas, Tocantins, de 11 a 26 de abril de 2010.

Exposição em Homenagem ao Jubileu de Prata do TCE, Tribunal de Contas do Estado, Palmas, Tocantins, 2014. (France Santiago)

 

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

59

PARABÉNS!
PARABÉNS!

85

BOM
BOM

60

AMEI!
AMEI!

92

KKKK
KKKK

53

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

54

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

50

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

pierre exposição maio

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Política

Em diplomação, Bolsonaro pede confiança daqueles que não votaram nele

Presidente eleito diz que voto popular é "compromisso inquebrantável"

Rio dos Bois

Vice-governador Wanderlei Barbosa participa de solenidade de entrega de obras no interior do Tocantins

Durante a cerimônia, foi inaugurado no Setor Ayrton Senna, uma Feira Coberta, urbanização e área de lazer, quadra de futebol e vôlei de areia, bueiro duplo na Fazenda Britânia, mata-burros e entrega de veículos.



Abuso

Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus

O escândalo envolvendo João de Deus veio à tona na última sexta-feira (7), quando o programa Conversa com Bial, da TV Globo, veiculou o relato de várias mulheres que afirmam terem sido vítimas do médium.


Educação

MEC libera R$ 5,7 milhões para instituições federais vinculadas no estado do Tocantins

Com o repasse desta semana, o MEC mantém em 100% a liberação de recursos financeiros das despesas liquidadas de obras, equipamentos, serviços e outras despesas de funcionamento.


Reconhecimento

Projetos de promotores que ajudaram a transformar a realidade social são premiados pelo MPE

O Procurador-Geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, destacou que os projetos premiados não demandaram recursos adicionais da instituição


Tocantins

Atendimentos em saúde nas próprias unidades penais geram vantagens para os municípios e para o Sispen


Imbróglio

Acionistas da Agência de Fomento ajuízam ação e impedimento do presidente e de diretor da Agência


Serviço

Semana Estadual de Direitos Humanos será realizada de Norte a Sul do Tocantins


Solidariedade

Campanha de Natal da Seduc promove solidariedade e integração dos servidores


AEM-TO

Metrologia Estadual verifica radares na região norte do Tocantins


Anulação de Exonerações

MPE ajuíza ação para anular exonerações de delegados regionais e de servidoras da delegacia de combate à corrupção



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira