Thursday, 29 de October de 2020

VIVER


Entrevista

FCT intensifica reformas de patrimônios históricos

26 Mar 2009

Entregar à comunidade o Memorial Coluna Prestes, o Museu Histórico do Tocantins (Palacinho) e o antigo prédio da Assembleia Legislativa, todos restaurados. Esses são os principais objetivos da Fundação Cultural do Tocantins (FCT), de acordo com o presidente da pasta, Julio César Machado. Segundo o presidente, serão implantados, ainda este ano, o Museu Indígena dos Povos da Ilha do Bananal – YNY HETO e o Museu Histórico de Arraias; Museu de História e Artes de Aparecida do Rio Negro e inaugurado o Museu de Natividade.

Ainda este ano, a sede da FCT receberá nova estrutura, que, segundo o presidente, “será um benefício aos servidores e comunidade, já que o projeto contempla a criação de uma nova galeria de artes e a ampliação da Galeria Mauro Cunha e de uma loja de artesanato”. A capacitação dos artistas também será um dos focos da gestão: “O convênio firmado com a Funarte, com recursos na ordem de R$ 812 mil, contemplará mais de duas mil pessoas com oficinas em diferentes segmentos”.

Outro importante convênio, que beneficiará os artesão do Estado, é o projeto Capim Dourado - Trançando a Tradição, firmado com o Ministério da Cultura por meio do Fundo Nacional de Cultura, que visa inventariar o trabalho dos artesãos da comunidade de Mumbuca, em Mateiros.  

Para o presidente, a política de editais, citada como uma forma de facilitar o acesso, de forma democrática, aos mecanismos de financiamento estatal da produção cultural, marcará o ano. “A Fundação Cultural ouviu os artistas de cada segmento e comunidade, conheceu as demandas de cada região e, então, elaborou os editais buscando sempre trabalhar com vertente da capacitação, circulação e produção. Além dos editais nas áreas de artes cênicas, artes plásticas e visuais, literatura e do Projeto BR Arte e Cultura - que contempla as áreas de música, dança, teatro, audiovisual e oficinas artístico-culturais - estaremos lançando, também, o edital dos Pontos de Cultura”, informou.  

 

Gargalos

Machado, apesar de o Estado ter sido apontado pela Confederação Nacional dos Municípios como um que menos investiu em cultura, de 2006 para 2007, fez um balanço positivo do ano de 2008. “O ano de 2008 foi muito produtivo e com importantes conquistas para a área cultural. Priorizamos a política de editais, e com investimentos em ações de preservação e valorização de patrimônios materiais e imateriais, capacitação dos agentes e gestores de cultura, obtendo grandes avanços no setor, resultado de uma política democrática”, pontuou.

“Desde 2005, quando assumi a FCT, tivemos um aumento considerável dos recursos destinados à cultura, o que se comprova pelos trabalhos expressivos realizados em todos os segmentos. Esses investimentos são notórios quando observamos o reconhecimento do Tocantins e sua cultura dentro e fora do País”, finalizou.

COMPARTILHE:


Confira também:


Ação

Governo do Tocantins entrega ônibus escolares a 13 Regionais de Educação no Dia do Servidor Público

As atividades de deslocamento de estudantes das Regionais até a capital do Estado será facilitada, bem com o intercâmbio de conhecimento entre unidades escolares


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira