Tuesday, 24 de April de 2018

Tuesday, 24 de April de 2018

VIVER


Combate às Drogas

Governador destaca importância da educação no combate às drogas durante evento em Palmas

24 Nov 2017

"O combate às drogas não deve ser um trabalho exclusivo da polícia, à base de armamento e prisões. A educação, nesse processo, é de fundamental importância". A consideração foi feita pelo governador Marcelo Miranda, durante a abertura do Congresso de Políticas sobre Drogas na Contemporaneidade, na manhã desta quinta-feira, 23, no auditório do Tribunal de Justiça do Tocantins.

O Congresso, que tem como tema Desafios do Cuidado em Abuso do Álcool e outras Drogas, contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, que ministrou uma palestra sobre A importância da Intersetorialidade na Política sobre Drogas.

O governador afirmou, em sua fala, que a realização do evento reforça a Semana Estadual de Combate às Drogas, lembrando que grande parte dos gargalos sociais ocorre em decorrência do uso desenfreado do álcool e de outras drogas atingindo setores importantes da sociedade. "É uma problemática que atinge três setores distintos: segurança pública, saúde e social", explicou. 

Ao falar sobre os desafios que envolvem o enfrentamento do problema, Marcelo Miranda citou as iniciativas realizadas no Tocantins, a exemplo da Caravana da Juventude, que percorre o Estado com informações importantes para orientar os jovens, além do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), desenvolvido pela Polícia Militar no combate às drogas. Ainda em sua fala, o governador ressaltou que o combate às drogas exige comprometimento de todos os setores, "a União de todos é fundamental para o enfrentamento desse problema e os conselhos municipais são muitos importantes nesse processo", afirmou Marcelo Miranda. 

O secretário de Estado da Cidadania e Justiça, Glauber de Oliveira, explicou que o Tocantins tem dado uma atenção especial ao problema das drogas e também falou da importância da união de forças para enfrentar a questão. "Todos nós temos que lutar para que os nossos filhos não sejam seduzidos pelas drogas, que são a porta de entrada para o mundo do crime", explicou.

Palestra

O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, que discorreu sobre o tema Desafios do Cuidado em Abuso do Álcool e outras Drogas, explicou que "é preciso aliar os aspectos científicos para entender e tratar os problemas das drogas. A dependência química é uma doença e deve ser tratada como tal". Por fim, o ministro sustentou que o Brasil vive uma epidemia de drogas e condenou a liberação da maconha, como cogitado em alguns setores da sociedade.

O Congresso

O evento faz parte da programação da 15ª Semana Estadual Sobre Drogas do Tocantins e conta com a participação de autoridades e especialistas de todo o Brasil. Durante o Congresso, serão discutidos os quatro eixos da política sobre drogas: prevenção, tratamento, reinserção social e repressão. A intenção é levantar reflexões para o fortalecimento das políticas públicas sobre drogas no Tocantins e também apresentar ações de planejamento, gestão e avaliação de dados para potencializar as ferramentas para prevenção, redução de danos e tratamento de pessoas que têm problemas com álcool e outras drogas.

A programação conta com diversas atividades relacionadas ao tema principal do encontro, entre eles o projeto Acredito em Política Estadual Sobre Drogas; apresentação da Pesquisa Domiciliar e Institucional sobre consumo de álcool e outras drogas no Estado do Tocantins; apresentação do Relatório Mundial sobre Drogas, realizado pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime UNODC-Brasil; e palestra sobre a Estruturação da política sobre drogas.

Pesquisa

Durante o evento, a reitora da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), Suely Quixabeira, entregou, ao governador Marcelo Miranda, o resultado da pesquisa sobre o uso de álcool e outras drogas no Estado do Tocantins. A pesquisa foi financiada pela Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), sendo coordenada e executada pela Unitins. A pesquisa traça um perfil socioeconômico do usuário e apresenta políticas públicas de atenção, respondendo a um dos eixos da Política Nacional sobre Drogas, que se baseia na importância da produção e difusão do conhecimento.

De acordo com a pesquisa, o álcool é a droga mais utilizada no Tocantins. O estudo também mostra que a região com menos informações sobre o assunto é o Jalapão.

Projeto Prevenir

O Tocantins já conta também com o projeto Prevenir, outra ação da Seciju. Pelo projeto, serão realizadas apresentações teatrais e circenses pela Companhia Os Kaco de Circo e Teatro, em mais de 40 municípios, para esclarecer e conscientizar, de forma lúdica, a comunidade escolar e local, sobre a prevenção, reforçando o compromisso do Governo do Tocantins no cumprimento das diretrizes da Política Nacional sobre Drogas.

Este ano, a política sobre drogas do Tocantins experimentou avanços significativos. No mês de junho, foi inaugurado o Núcleo de Atenção à Pessoa com Dependência Química (Núcleo Acolher – Um Recomeço). O Núcleo oferece recuperação aos dependentes químicos, por meio de atendimentos e orientações especializadas, bem como, inclusão nos grupos de ajuda mútua e articulação dos serviços públicos, a fim de possibilitar a reinserção social.

Relatório

A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou, em junho deste ano, o Relatório Anual sobre o uso e abuso de drogas no mundo, em 2017. O Relatório aponta que cerca de 5% da população mundial usou drogas pelo menos uma vez nos últimos anos e que cerca de 30 milhões de pessoas dependem de narcóticos até o ponto de precisar de tratamento.

A droga mais consumida no mundo é a maconha, com 3,8% da população adulta global utilizando anualmente. A estimativa da ONU é de que cerca de 183 milhões de pessoas tenham usado a droga no ano passado.

A abertura do evento contou com a presença da vice-governadora Claudia Lelis; do presidente do Tribunal de Justiça, Eurípides Lamounier; o defensor público-geral,  Murilo Machado, deputados, prefeitos, vereadores, representantes de Organizações Não Governamentais e outras autoridades.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

5

PARABÉNS!
PARABÉNS!

3

BOM
BOM

6

AMEI!
AMEI!

5

KKKK
KKKK

3

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

6

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

6

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Operação PF

PF investiga organização criminosa responsável por fraudes bancárias pela internet

Mais de 54 policiais federais cumprem 23 mandados judiciais expedidos pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Araguaína

Eleições 2018

PT Nacional tira partido de Amastha e coliga com a senadora Kátia Abreu

Kátia Abreu e o PT do Tocantins chegaram a iniciar o diálogo, mas a parlamentar não aceitou a indicação do advogado Célio Moura ou da secretária-geral petista, Márcia Barbosa, para vice-governador na chapa.



Guaraná Antarctica

Guaraná Antarctica mostra em nova campanha o que é capaz de fazer pela Seleção Brasileira

O refrigerante mais brasileiro de todos suspende exportação para países adversários do Brasil até o final de julho. O que é original do Brasil, fica no Brasil, para fortalecer a nossa seleção


Saúde

Empenhados mais de R$ 1,7 milhão em emendas da saúde da deputada Dorinha

O Ministério da Saúde empenhou na última semana mais de R$ 1,7 milhão em emendas impositivas que foram destinadas pela deputada Professora Dorinha (Democratas/TO) que beneficiam dez cidades tocantinenses


Meio Ambiente

Naturatins discute a redução de peixes nos rios tocantinenses e a construção de barragens

O professor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o doutor Fernando Pelicice, discorreu sobre os Impactos da construção de barragens sobre a ectiofauna


Eleições 2018

Márlon Reis anuncia coronel Edvan como vice dizendo que são os únicos que podem fazer a mudança de verdade no Tocantins


Eleições 2018

PSDC do Tocantins se rebela, deixa base de Amastha e apoia Kátia Abreu


Panorama

TIM acelera a Transformação Digital em uma nova parceria com a Microsoft em Inteligência Artificial


Polícia Civil

Polícia Civil prende suspeito de estuprar e engravidar criança de 11 anos no Extremo Norte do Estado


Exames Médicos

Equipes de UTI de Palmas realizam exames médicos gratuitos em 1200 alunos da ETI Almirante Tamandaré


Apaes

Deputada Dorinha indica a Federação das Apaes do TO para o prêmio Brasil Mais Inclusão



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira