Tuesday, 25 de September de 2018

Tuesday, 25 de September de 2018

VIVER


Norte do TO

Grupo Artpalco, de Araguaína, é o único grupo de teatro da região Norte a ser selecionado para festival nacional de teatro

13 Aug 2018    23:14    alterado em 13/08 às 23:14
Grupo Artpalco, de Araguaína, é o único grupo de teatro da região Norte a ser selecionado para festival nacional de teatro

Com sede na cidade de Araguaína, o grupo Artpalco foi selecionado para concorrer no 19º Festival de Teatro de Guaçuí (Festguaçuí), considerado um dos mais renomados festivais de teatro no País. O grupo se apresenta na próxima sexta-feira, 17, no festival que acontece na cidade de Guaçuí (ES).
 
O grupo foi selecionado dentre mais de 150 inscrições de companhias e grupos participantes de todo o País e da América Latina, concorrentes a premiações em diversas categorias. No ano de 2016, o grupo Artpalco participou do festival com o espetáculo “E Se a Gente se Conhecesse outra Vez”, faturando os prêmios de Melhor Espetáculo pelo júri popular e Melhor Atriz para Tatiane Breve.
 
Categorias
Um total de 18 espetáculos concorrem ao festival nas categorias Melhor Espetáculo, Melhor Espetáculo (júri popular), Melhor Direção, Melhor Texto, Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Iluminação, Melhor Sonoplastia, Melhor Figurino e Melhor Cenário. O Festival tem início nesta segunda-feira, 13, e vai até o próximo sábado, 18, data em que será feita a entrega da premiação.
 
Na ocasião, o grupo Artpalco apresenta o espetáculo “Um Minuto para Dizer que te Amo”, apresentado pelos atores Fell Silva e Luiz Navarro, que também assina a dramaturgia. A direção é de Jailson Vidigal e a iluminação de Thierry Fernandes.
 
Espetáculo
A peça tematiza uma doença incurável, o Alzheimer, que atinge 15 milhões de pessoas em todo mundo. “Não quis falar simplesmente do mal de Alzheimer e de suas consequências físicas e psicológicas inerente ao o processo que envolve o paciente, seus familiares e cuidadores, mas foi, sobretudo para falar do quanto o ser humano pode ser capaz de se reinventar, de se redescobrir, buscando experimentar sentimentos jamais pensados ou vividos”, explica o diretor e dramaturgo do espetáculo, Luiz Navarro.
 
Um universo lúdico criado pelo filho, onde um quintal é o cenário e uma carroça de madeira é o veículo para transportar seu velho pai através de suas memórias, fazendo-o revisitar e reviver histórias ou simplesmente inventar causos, numa relação de profunda entrega. “Definitivamente não vamos com este espetáculo falar da doença, tampouco falaremos de tristeza. Mas contaremos uma história de um grande amor.”
 
Música
A trilha sonora do espetáculo é toda executada ao vivo, pelos artistas Nice Albano e Zé Caetano, também integrantes do Artpalco. “A música executada ao vivo tem papel fundamental na construção das cenas propostas pelo espetáculo, bem como nas cenas que se desenham através da engenhosa capacidade que o paciente de Alzheimer tem em criar situações muitas vezes inusitadas, mas que trazem em seu  arcabouço, imagens, cores e sentimentos tão humanos, que nos leva a perceber o quanto desperdiçamos de tempo, e que muitas vezes nos resta apenas um minuto para dizer... eu te amo”, explica a cantora Nice Albano.
 
Festival
O Festival Nacional de Teatro de Guaçuí é realizado desde o ano 2000 e, este ano, vai receber seis trabalhos adultos, seis para a infância e juventude e seis espetáculos de rua, além de uma performance e três oficinas. Estarão, então, reunidas peças do sul do Estado do Espírito Santo, da Grande Vitória e também de outros estados do país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Tocantins, Ceará, Paraná e Minas Gerais.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

27

PARABÉNS!
PARABÉNS!

31

BOM
BOM

16

AMEI!
AMEI!

31

KKKK
KKKK

13

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

31

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

26

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Araguaína Teatro tocantins

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Setembro Amarelo

Fórum de Saúde Mental que aborda Prevenção de Vulnerabilidades e Suicídio acontece nesta sexta, 28

Dhieine ressalta ainda que embora o evento tenha como objetivo a articulação da rede, a mesa redonda sobre “Prevenção de Vulnerabilidades e Suicídio”, que acontece é aberta ao público em geral.


  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira