Friday, 22 de February de 2019

VIVER


Violetas na Janela

O livro espírita mais famoso influencia ainda uma legião

28 May 2018    12:10    alterado em 28/05 às 12:10
Divulgação O livro espírita mais famoso influencia ainda uma legião O best-seller brasileiro, publicado a primeira vez em 1993 pela editora Petit, da médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho foi ditado pelo espírito Patrícia.

Vinte e cinco anos depois, a obra mais notável da literatura espírita continua a esclarecer e consolar os dois lados da vida. Com mais de 2 milhões de exemplares vendidos, Violetas na Janela fez parte das mais diversas histórias de vida dos leitores, e emociona a todos os corações.

O best-seller brasileiro, publicado a primeira vez em 1993 pela editora Petit, da médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho foi ditado pelo espírito Patrícia.

O livro já ganhou algumas adaptações, como uma peça teatral e uma história em quadrinhos.

A história começa com o desencarne de Patrícia, aos dezenove anos. No mundo dos espíritos, recorda que despertou tranquilamente no plano espiritual, sentindo-se entre amigos. Feliz com a acolhida, adaptou-se à nova vida auxiliada por espíritos benfeitores que a receberam na Colônia São Sebastião.

Em Violetas na janela, Patrícia explica o que é a desencarnação. Descreve as belezas do plano espiritual, onde não faltam trabalho, estudo e diversão. No início, estava cheia de dúvidas... Do que se alimentaria? O que vestiria? Sentiria as mesmas necessidades? Enfrentaria o calor, o frio? Aos poucos, tudo se esclareceu ao conviver com outros jovens desencarnados.

Conheça o outro lado da vida: entenda como devemos proceder diante da morte de um ente querido – o que fazer para superar a separação e confortar aquele que partiu. Patrícia exemplifica a lição, relembrando a inesquecível ajuda que recebeu de familiares espíritas.

Sobre a Petit Editora: A Petit Editora iniciou suas atividades em 1982, na cidade de São Paulo, como editora de livros técnicos, de informática e eletrônica. Em 1990, seus fundadores resolveram dar um novo direcionamento à editora. Passaram a publicar livros espíritas, cuja distribuição e venda era até então restrita aos centros espíritas. Pioneira na abertura desse segmento ao mercado editorial, a Petit começou a distribuir seus livros nas livrarias comerciais e a atrair novos leitores. O primeiro livro espírita publicado pela Petit Editoria foi O homem e seus poderes, de Eunilto Carvalho de Souza. O primeiro grande sucesso foi o livro Reconciliação, de autoria do Espírito Antônio Carlos, psicografado pela médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho. Em 1993, foi publicado o grande sucesso Violetas na janela, de autoria do Espírito Patrícia, também psicografado pela médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho, que já vendeu mais de 2,2 milhões de exemplares. Desde então, centenas de livros foram publicados, contribuindo para a divulgação do espiritismo e para o conforto de muitas famílias. Sem se desviar de seu foco principal, ou seja, o de editar obras compatíveis com a Doutrina Espírita, a Petit Editora cresceu e, em 2002, criou o selo Butterfly Editora, responsável pela publicação de livros de temas diversos, como literatura, autoajuda, saúde e educação.

COMPARTILHE:


Confira também:


Reunião

Governo e Prefeitura de Palmas debatem ICMS do diesel, regularização fundiária e hospital da Capital

Reunião ocorreu no fim da tarde desta quinta-feira, 21, no Palácio Araguaia

TO-040

Governo vai reconstruir TO-040 entre Dianópolis e divisa com Goiás

A obra faz parte da nova fase do contrato de financiamento para o Estado pelo Banco Mundial, em um montante em torno de R$ 500 milhões, que prevê outras metas e estratégias para o Projeto de Desenvolvimento Integrado e Sustentável (PDRIS) a serem cumprida


Saúde

Governo institui Câmara Setorial para agilizar compra de materiais e remédios na área da Saúde

Conforme o decreto, a Câmara de Acompanhamento de Ações e Serviços de Saúde se reunirá em sessões semanais, não sendo seus membros remunerados para a função.


AL Tocantins

Deputados aprovam projetos do Ministério Público, TJ e Defensoria Pública

A Assembleia vai lançar um aplicativo de acesso às leis estaduais e criar uma comissão para acompanhar temas ligados a indígenas e quilombolas.


Opções no Tocantins

Programe-se: 5 opções para curtir o carnaval no Tocantins


Atuação

Prof. Júnior Geo solicita medidas para a população em virtude da interdição da ponte de Porto Nacional


Palmas

Joseph Madeira toma posse na Acipa e assume compromisso com o fortalecimento da entidade


AL

Deputado Jair Farias destaca projetos de industrialização e geração de empregos como prioridades para desenvolver o Estado


Campo

Paulo Carneiro recebe em seu gabinete o presidente da APROSOJA Tocantins


Região Central

Presidente da Adetuc e prefeito de Porto Nacional discutem projetos para a temporada de praia 2019



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira