Tuesday, 19 de March de 2019

VIVER


Premiação

Pesquisador da UFT é premiado pelo Iphan por livro que cataloga as pinturas Apinajé

30 Aug 2018    10:21

O antropólogo Odair Giraldin recebeu menção honrosa no Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, realizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), com o livro Pinturas Corporais ApinajéA divulgação dos premiados ocorreu em 22 de agosto.


Odair é professor pelo colegiado de História no Câmpus de Porto Nacional. O livro, publicado pela Editora UFT (EdUFT) é produto dos mais de 20 anos de pesquisa sobre os saberes e conhecimentos do povo Apinajé, localizado ao norte do Tocantins.

“Mesmo sem estar entre os oito premiados principais, a menção honrosa nos orgulha muito, pois nos coloca entre os 16 trabalhos de destaque nacional pela valorização e preservação do patrimônio imaterial”.

O livro reúne desenhos gráficos que mostram como a pintura é feita no corpo, os materiais utilizados e informações sobre a situação social em que a pintura é usada. Além de retratos feitos pelo próprio pesquisador das pinturas na pele dos indígenas.

Lançamento do livro
O livro tem 115 páginas e será lançado no Câmpus de Porto Nacional, em 5 de setembro, às 14h, durante a Semana Acadêmica Integrada.

Distribuição nas escolas Apinajé
Posteriormente, 600 exemplares do livro serão distribuídos em mais de 30 escolas indígenas do povo Apinajé. “O objetivo é que com essas informações disponíveis na escola, o livro contribua para que o conhecimento não se perca”, explica.

Prêmio
Os 20 membros da Comissão Nacional de Avaliação reuniram-se na sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em Brasília, e elegeram as ações de destaque no campo do Patrimônio Cultural Brasileiro. Cada premiado receberá o valor de R$ 30 mil, além do Selo do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2018.

Instituído pelo Iphan em 1987, o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade tem como objetivo o reconhecimento a ações de proteção, preservação e divulgação do Patrimônio Cultural Brasileiro e é uma homenagem ao primeiro dirigente da Instituição. A participação é aberta a empresas, instituições e pessoas de todo o país. Depois de passarem pelas comissões estaduais – compostas por representantes das diferentes áreas culturais, presididas pelo superintendente de cada estado – as 94 ações selecionadas em 25 Estados e no Distrito Federal passaram pela Comissão Nacional de Avaliação.

COMPARTILHE:


Confira também:


Imbróglio

PGR pede informações sobre dinheiro depositado em conta da Lava Jato

Em nota à imprensa, após a decisão do ministro, a força-tarefa da Lava Jato disse que pediu a suspensão do fundo antes mesmo do pedido feito por Raquel Dodge ao STF.

Ocorrência

Polícia Civil prende dois suspeitos de tráfico de drogas no interior do Estado

Os policiais civis também cumpriram mandado de busca e apreensão na residência de M.T.C, sendo que, no local, foram encontrados uma balança de precisão e um aparelho celular.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira