Monday, 19 de February de 2018

Monday, 19 de February de 2018

VIVER


Igualdade Racial

Prefeito ressalta ações da gestão para combater preconceito durante abertura da III Conferência da Igualdade Racial

02 Oct 2017

Eliene Campelo

Sob a força rítmica dos tambores do grupo Tribo Arte Capoeira e com a presença do prefeito Carlos Amastha e da primeira-dama Glô Amastha, a abertura da III Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Palmas, na noite desta quinta-feira, 28, no auditório da Universidade Católica do Tocantins, foi marcada pelas discussões sobre reconhecimento, garantia de justiça e desenvolvimento, envolvendo as comunidades afrodescendentes e indígenas e demais segmentos étnico-raciais presentes em Palmas. A discriminação múltipla ou agravada desses povos também foi objeto de debates.
 
O prefeito falou das ações já desenvolvidas pela Prefeitura de Palmas de valorização dos diversos povos presentes na história da Capital desde a sua fundação. "Palmas é fruto de uma maravilhosa mistura de povos. Temos que usar toda a nossa potencialidade para acabar com preconceitos, seja de classe, religião ou classe social; temos que extirpar desde o começo estes vícios do comportamento humano. Temos que respeitar a todos os seres humanos e fazer as políticas públicas desde o começo de forma inclusiva, da maneira correta", destacou Amastha.
 
O prefeito ressaltou também a realização dos primeiros Jogos Mundiais dos Povos Indígenas em 2015, em Palmas, e a recente inauguração do Parque dos Povos Indígenas. "É uma forma de valorizar e de dar visibilidade para estes povos. E todos os palmenses se emocionaram, abraçaram seus povos originários e aplaudiram de pé suas manifestações e sua cultura", lembrou.
 
Já o superintendente de Igualdade Racial, Nélio Lopes, destacou ações municipais como "a criação do Conselho e do Fundo Municipal de Promoção da Igualdade Racial no dia 20 de junho de 2017, implantação do Projeto Papo Afro nas escolas municipais, promoção da equidade racial com uso de indicadores que visem à promoção da igualdade de oportunidade e valorização da diversidade racial. Todas essas ações têm refletido no empoderamento e valorização de diversos segmentos étnico-raciais", explicou.
 
Cidadania, respeito e paz
 
A representante indígena Vanessa Xerente falou do grande número de índios que estudam e moram em Palmas, além dos que circulam pela Capital e que vivenciam situações de invisibilidade social e preconceito. "Estes jovens estão aqui, na cidade, para se capacitar em busca de um futuro melhor para seu povo, sua família. Peço que o Município olhe por cada índio que se dirige a Palmas, em seu dia a dia, seja nas feiras onde comercializam seus artesanatos, seja nos postos de saúde. Essas pessoas precisam ser tratadas com cidadania e respeito."
 
Durante a abertura, a representante da Federação de Casas de Culto de Matriz Afro Brasileira do Tocantins, Mãe Roberta, afirmou que o grupo deseja apenas paz e respeito. "Não aceitaremos mais a condição de vítimas, nem nos esconderemos. Não aceitamos ser diminuídos pela nossa escolha, pela nossa cor, queremos ocupar os espaços que temos por direito como cidadãos brasileiros, amparados pela Constituição Federal. Tudo se resume a uma palavra – respeito."
 
A III Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Palmas tem continuidade nesta sexta-feira, 29, com debates e eleição de delegados. Confira a programação completa:
 
SEXTA-FEIRA,29

9h00 - Leitura e Aprovação do Regimento Interno da III Conferência Municipal de Igualdade Racial de Palmas.
9h30 - Divisão de grupos de  trabalhos nos 4 eixos:
Eixo I - Do reconhecimento dos afrodescendentes;
Eixo II - Da garantia de justiça aos afrodescendentes;
Eixo III - Do desenvolvimento dos afrodescendentes;
Eixo IV - Discriminação múltipla ou agravada dos afrodescendentes.
9h45 - Debate "GT"
12h30 - Almoço
14h00 - Debate  "GT"
15h30 - Leitura final das propostas para e encaminhamento das propostas para a 4ª Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial.
16h00 Intervalo
16h15 - Eleição dos Delegados da III Conferência Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.
17h - Homologação dos delegados para 4ª Conferência Estadual de promoção da Igualdade Racial.
17h30 - Encaminhamento das resoluções para o Executivo Municipal e encaminhamento para 4ª Conferência Estadual de Promoção da igualdade.
18h - Encerramento

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

3

PARABÉNS!
PARABÉNS!

3

BOM
BOM

3

AMEI!
AMEI!

3

KKKK
KKKK

4

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

2

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

4

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Palmas

Prefeitura não cobrará mais taxa de revisão de IPTU

Zini reafirmou que a Prefeitura está à disposição dos contribuintes que observarem eventuais divergências de valores do imposto.

Amastha

Em vídeo, Amastha detalha descontos do IPTU, reforça diálogo e faz apelo a servidores

Prefeito da Capital reforça que gestão está aberta para atender a contribuintes que observarem eventuais distorções no valor venal do imóvel, base de cálculo do imposto


Ciência & Tecnologia

Aspectos centrais sobre TI na Gestão Institucional - Parte 7

Por Daniel Nascimento-e-Silva*


Palmas

Amastha prestigia abertura de empreendimento que investiu meio milhão de reais em Palmas

O empresário Daniel Oliveira, um dos sócios do Wings, afirmou que o planejamento para a instalação do estabelecimento começou há um ano e meio e há oito meses começou a implantação


Tocantins

Projetos sociais desenvolvidos nas unidades prisionais do Tocantins transformam vidas de detentos


Palmas

Prefeita em exercício entrega chave da cidade para presidente do Comadec


Ataídes

Em reunião com trabalhadores rurais, Ataídes concluiu programação no Bico do Papagaio, nessa quinta


Brasil

Deputados do Tocantins são homenageados por vereadores de todo Brasil


Câmara

Líderes de Câmaras Municipais de todo o país são recebidos na Câmara de Palmas


Irrigação

O que é irrigação inteligente?



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira