Monday, 13 de July de 2020

VIVER


Lançamento

Professor resgata em seu quarto livro a história da capital; Saiba mais

12 Aug 2009

Pioneiro em Palmas, o professor de ensino médio e pré-vestibular de geografia, Junio Batista do Nascimento, lança sua quarta obra didática, o livro Palmas: sua história, trajetória e conquistas. Junio também é autor dos livros: Tocantins: História e Geografia, que já está na 6ª edição; Tocantins: História e Geografia - 700 questões; Cerrado: nosso bioma, nossa riqueza.
Ao perceber a dificuldade que seus alunos tinham em buscar informações a respeito do Estado, Junio passou a coletar, pesquisar, ler e organizar materiais para dar subsídios às aulas. Segundo ele, a idéia foi ganhando corpo para a montagem de seus livros. “À medida que editava um livro, vinha a idéia de outro livro, nessa perspectivas já estamos com quatro livros”, explica.

Além de sua vivência como docente, Junio também justifica que seus livros surgiram da necessidade de produzir materiais organizados e com os conteúdos escritos de forma didática. “Esse último elemento, talvez seja o mais difícil. A prova são as inúmeras publicações sobre a história do Estado, porém sem embasamento didático, e que não ganham receptividade dos estudantes”, comenta.

Seu ultimo trabalho, o livro “Palmas sua historia trajetória e conquistas” tem uma leitura que agrada, sobretudo, estudantes do ensino médio e concurseiros. Mas segundo o professor, o material é mais amplo e atende a estudantes de todas as séries do ensino fundamental e médio, além de turistas e moradores recém chegados à capital e que ainda desconhecem os fatos históricos. Segundo ele, foi por causa deste público que procurou escrever textos curtos, com linguagem leve e concisa, e que abrange temas considerados essenciais, tornando a leitura prazerosa.

Ao todo, o livro contém 140 páginas, organizadas em dez temas, que oportuniza o leitor conhecer como foi realizado o processo de escolha para que a capital fosse implantada aqui. O livro relata a mudança de Miracema; a participação de Taquaruçu no contexto histórico; a organização territorial; os aspectos geográficos como clima, vegetação, população e economia; as diversidades culturais; a organização política; movimentos culturais; monumentos; o turismo e a culinária da mais nova unidade da federação.

Segundo Junio, o livro “oportuniza ao leitor, seja ele morador ou apenas visitante, a compreender o processo evolutivo da construção de Palmas e entender que ela nasceu do improviso, da rapidez e da construção coletiva, de migrantes que vieram de cada canto deste Brasil e se encantaram com suas belezas e acabaram contribuindo, cada um de sua maneira, para que em tão pouco tempo, duas décadas depois, se tornasse uma cidade consolidada e que verdadeiramente tem a cara do Brasil: uma mistura de cores, raças, tradições e culturas”, declara.

O lançamento do livro ainda não tem data agendada. Quero lançar o livro, junto com a inauguração da Casa Suçuapara, que abrigará o museu municipal. “A implantação desse museu é uma luta minha. Há quase dez anos, juntamos um grupo de pessoas obstinadas pela nossa história, anônimos que se auto-proclamam de pioneiros, apaixonados por Palmas e criamos um movimento de resgate de nossa história”, explica. Apesar de não ter sido lançado oficialmente, o livro já pode ser adquirido no valor de R$ 27,00 reais nas bancas de revistas e nas livrarias da capital.

COMPARTILHE:


Confira também:


FGTS

Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em março

Quem quiser sacar, terá de esperar até 22 de agosto

Pandemia

Tocantins registra 189 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 15.132 casos no total, destes, 9.419 pacientes estão recuperados, 5.458 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 255 pacientes foram a óbito.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira