Tuesday, 25 de September de 2018

Tuesday, 25 de September de 2018

VIVER


Viver

Saiba a receita para ter uma relação duradoura e feliz

27 Jul 2018    15:58
MF Press Global Saiba a receita para ter uma relação duradoura e feliz

m plena era da internet, e na velocidade da informação digital, as pessoas parecem estar cada vez menos tolerantes e comprometidas e mais imediatistas, e isso tem refletido no modo como lidamos com as pessoas ao nosso redor, em especial nos nossos relacionamentos. 

Segundo o IBGE, em 2016 o Brasil atingiu numero recorde de divórcios, seu maior patamar desde 1984, com um crescimento de 200% no período. Em estudos realizados pela Universidade de Chicago, a tecnologia tem sido apontada como agente de afastamento dos casais de uma convivência real em favor do mundo virtual, seja abrindo oportunidades perigosas  de traição ou angariando provas da infidelidade do homem ou da mulher. 

Os números mostram que vivemos um momento delicado, e parte da culpa é da tecnologia. Sobre a questão, Jennifer Lobo, matchmaker e coach em relacionamentos afirma que existe uma receita para que, mesmo na era digital, seja possível cultivar relacionamentos duradouros e bem sucedidos: "muita gente sonha com uma relação feliz, saudável e duradoura, mas esquece de algo fundamental: a dedicação. Construir e manter uma relação não é tarefa simples, ainda mais quando a fase da paixão passa”. afirma Jennifer.

Para manter um relacionamento e fortalecer vínculos, Jennifer aborda 7 posturas a serem revistas, como se fossem ingredientes e modo de preparo, de uma saborosa receita para ajudar você a estabelecer relacionamentos mais felizes e duradouros:

1- Sem neurose

Para começar, esqueça os atritos, controles e cobranças, ansiedade, ciúme, pavor da perda e aquela necessidade neurótica de estar sempre por perto e de querer saber tudo da vida do outro. É neurose, não é amor e você precisa de ajuda. Frustrações e desgastes são comuns, mas o casal precisa ter maturidade para reconhecer a importância do parceiro na sua vida e fazer o possível para que ele queira continuar nela. 

2- Amor Inteligente

O que vocês esperam de uma relação? Já conversaram aberta e corajosamente a respeito? O amor pode (e deve) ser inteligente: apoiar, dialogar, investir em sonhos comuns, respeitar a individualidade, ser generoso e reconhecer as falhas cometidas são fatores que contribuem para o amadurecimento de um relacionamento. Exigir menos e dar mais, respeitando sempre os seus limites, sem se auto desrespeitar. 

3- Pare de procurar culpados

Antes de culpar o parceiro – e nunca há “culpado” no sentido literal da palavra – por algo ter dado errado, faça uma reflexão mais ampla. Os dois chegaram a esse ponto provavelmente com o mesmo percentual de contribuição. Um agiu e o outro se omitiu, esperando que tudo se resolvesse naturalmente. Responsabilidade do casal. 

4- Elogie mais, critique menos.

Não saia criticando e constrangendo, pois não é assim que você conseguirá que algo mude. Diante de cobranças e ataques, as pessoas se sentem emocionalmente invadidas, e a primeira reação é se fechar como forma de defesa. Faça uma análise sensata do momento. Reconheça os seus erros e elogie as posturas positivas do companheiro antes de entrar em uma “DR”. Somente com tranquilidade e sem sentimentos exasperados – se for o caso, espere as emoções se acalmarem – será possível manter um diálogo. Quem acredita que os erros são sempre dos outros não tem maturidade emocional para estar em uma relação.

5- Coloque-se no lugar do outro

Coloque-se no lugar do outro e procure entender o que o move, quais os interesses e necessidades. As diferenças de pensamento e de postura, formas de encarar a vida em determinadas situações só contribuirão para o crescimento mútuo. Mas, tudo isso, desde que você consiga expor o que pensa verbalmente e com clareza. Lembre-se que ninguém lê pensamentos ou tem a obrigação de adivinhá-los. Converse sempre, sem cobranças a respeito de tudo.

6 - Seja você mesmo(a)

Mantenha a sua individualidade. Reserve um tempo para você. Não deixe que a sua vida gire em torno e dependa apenas da existência do outro. Tenha os seus próprios interesses, mantenha as antigas amizades, e nem pense em se desfazer delas. Não se transforme em outra pessoa porque está em uma relação. Mudanças positivas só irão acrescentar mais conhecimento e sabedoria, mas não perca as suas características pelo caminho.

7 - Seja atemporal

Continue namorando, muito e sempre. Uma volta ao passado, com demonstrações de carinho, contato físico e pequenas atenções contam. Pequenos gestos são capazes de manter a paixão e de surpreender. Intimidade também é compartilhar decisões, um exercício de escolhas como casal. Trocar ideias, avaliar situações e os respectivos impactos na vida de cada um, mantém a relação viva e compensadora.

Jennifer afirma que cada relacionamento tem suas particularidades, e cada um acaba por criar sua própria receita do que funciona melhor para o casal: “a  gente aprende muito quando não dá certo, e como se fosse uma receita culinária, acaba evitando determinado ingrediente da próxima vez para não azedar o resultado final. O importante é encontrar a sua própria fórmula de preservação. Se a relação importa verdadeiramente para você, não a abandone, e esteja sempre pronto para recomeçar e reinventar, muitas vezes, e com a mesma pessoa”. Conclui.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

15

PARABÉNS!
PARABÉNS!

14

BOM
BOM

9

AMEI!
AMEI!

15

KKKK
KKKK

11

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

14

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

12

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

relação duradoura feiz amor

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Setembro Amarelo

Estudantes surpreendem servidores da Seduc com ação alusiva ao setembro amarelo

Na unidade, foi desenvolvido o correio amarelo, para troca de cartinhas e mensagens de motivação.


  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira