Palmas, 17/01/2018

Viver

Banda de Lata

Sustentabilidade e solidariedade foram a base para a formação da “Banda de Lata” da ETI Cora Coralina

  • A “Banda de Lata” foi montada com materiais recicláveis, recolhidos na comunidade, com colaboração dos alunos e família, como o sisal que vem de materiais orgânicos e feito no Tocantins, e o capim dourado

Walquerley Ribeiro

Sustentabilidade e solidariedade foram a base para a formação da “Banda de Lata” da ETI Cora Coralina



Redação Semed 

Música vai além das salas de aula na Escola Municipal de Tempo Integral Cora Coralina. O maestro Thiago Henrique Brito, professor de música da fanfarra, proporcionou através da "Banda de Lata" uma bela aula de cidadania com as crianças. A partir da necessidade de um projeto de musicalidade, Brito montou na unidade escolar uma banda com instrumentos feitos de material reciclado. Na escola, que já possui uma fanfarra com instrumentos profissionais, alunos, pais e comunidade do entorno se uniram para arrecadar latas, vasilhas e até panelas velhas para a confecção dos instrumentos.
 
A "Banda de Lata" foi montada com materiais recicláveis, recolhidos na comunidade, com colaboração dos alunos e família, como o sisal que vem de materiais orgânicos e feito no Tocantins, e o capim dourado. Até as baquetas são feitas de madeira de reflorestamento, como bambu e eucalipto. O projeto provocou mudanças no comportamento das crianças, que tiveram a iniciativa de ajudar quem mais precisa.
 
André Lucas Araújo, aluno do 5º ano da escola, conta que é a primeira vez que pratica música e está gostando muito de aprender disciplina, postura e, claro, tocar. Mas, o mais importante que ele teve para contar é o plano para depois das apresentações. "Depois que terminarmos as apresentações da banda, vamos reciclar, vender e comprar brinquedos para o Natal de crianças que precisam", revela.
 
O maestro conta que o projeto iniciou há três semanas e, mesmo com um tempo curto para ensaios, os alunos incorporaram música, táticas e aprenderam muito mais. "Para ser preciso, foram somente treze ensaios onde eles aprenderam música e também absorveram a ideia da sustentabilidade. Alguns tiveram essa ideia de vender ao final do ano e comprar brinquedos para crianças carentes, e esse é o intuito, usar a musicalidade para mudar essas questões sociais", explica Thiago.
 
Os alunos, segundo o maestro, tiveram através da banda o primeiro contato com a música e ele ressaltou que em tão curto tempo de ensaio os alunos aprenderam o que talvez demoraria um ano com outras turmas que ele já passou. "Eu uso o termo que eles eram ‘crus", ninguém sabia de postura, cadência, tática, nada. Eu tenho 23 anos como maestro e em apenas três semanas os alunos me surpreenderam, é uma das turmas mais talentosas que já dei aula. Fico orgulhoso pela rede municipal oferecer isso, do aluno ser ingressado na música e poder ter a interação com a comunidade. Isso é muito importante", ressalta.
 
Faes
 
A "Banda de Lata" fará apresentação nesta sexta-feira, 1º, durante o Festival de Artes das Escolas de Palmas (Faes). O Festival será realizado na Escola de Tempo Integral Almirante Tamandaré (Arse 132), nos dias 1º a 4 de dezembro. Ao final de cada período das apresentações do Faes, manhã e tarde, os primeiros colocados de cada modalidade serão premiados com medalhas de ouro e certificados, e a escola campeã de cada modalidade receberá um troféu. Já os segundos e terceiros colocados de cada modalidade e categoria receberão medalhas e certificados.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus