Wednesday, 23 de October de 2019

CONCURSOS


Sutil diferença

Mais uma divergência no atribulado concurso do Quadro Geral do Estado

04 Mar 2009

Divulgado na última terça-feira, 03, pelo Diário Oficial do Estado (DOE), mais um grave erro para a série de tropeços em torno do concurso do Quadro Geral do Estado. Desta vez, a divergência é nos valores a serem pagos pela Unitins à Fundação Universa de Brasília pela elaboração do concurso público.

De acordo com a reitora da Unitins, Jucylene Borba, o extrato publicado no dia 26 de fevereiro no Diário Oficial, com o valor de R$ 445.120,00 informava apenas os gastos com a elaboração das provas. Já o extrato com valor de R$ 1.370.051,20, ou seja, três vezes maior que o divulgado anteriormente inclui, além da elaboração das provas, os custos com a confecção dos cadernos de prova e gabaritos, que, diga-se de passagem, ainda apresentou uma série de erros.

Além do gabarito, que, ao invés de oferecer espaço para o preenchimento das 50 questões da prova, oferecia espaço para o preenchimento de apenas 40, a prova ainda apresentou diversas falhas, como questões com até três alternativas de respostas iguais e erros crassos sobre a história do Tocantins.

A reitora da Unitins, Jucylene Borba, afirmou que os valores totais à Universa não foram pagos, o que ocorrerá apenas no final de todo o processo do concurso. O certame contou com 104.512 inscritos.

Também à imprensa, a reitora disse que a Unitins já recebeu da Secretaria Estadual da Administração (Secad) R$ 3,7 milhões dos R$ 5,1 milhões que deve faturar pelo concurso, isto é, mais de 72,5% do total já foi pago. A Secad arrecadou R$ 6,4 milhões com as inscrições do certame, dos quais 20% serão destinados ao Fundo de Modernização de Gestão Pública.

 

Confira a seguir o que diz o Diário Oficial dessa terça-feira:

"UNITINS

Reitora: JUCYLENE MARIA DE CASTRO SANTOS BORBA DIAS

EXTRATO DE CONTRATO
(REPUBLICAÇÃO POR INCORREÇÕES)

PROCESSO Nº 2852/2008

CONTRATANTE: FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS – UNITINS

CONTRATADA:FUNDAÇÃO UNIVERSA

MODALIDADE: Dispensa de Licitação para instrumentalização contratual, nos termos do artigo 24, inciso XIII, da Lei Federal nº 8.666/93

OBJETO: Prestação de serviços, em síntese, da elaboração de questões de múltipla escolha, formatação, confecção, impressão, empacotamento e endereçamento dos cadernos de provas no número exato de candidatos inscritos no concurso público do Quadro Geral do Poder Executivo do Estado do Tocantins

VIGÊNCIA: Inicia-se com a assinatura e finaliza-se com a entrega das respostas dos recursos dos candidatos e gabarito definitivo.

VALOR: R$ 445.120,00 (quatrocentos e quarenta e cinco mil, cento e vinte reais) para elaboração de 2.140 questões, R$ 5,25 (cinco reais e vinte e cinco centavos) para confecção de cada caderno de prova e R$ 3,60 (três reais e sessenta centavos) por candidato a ter o formulário ótico impresso e o resultado calculado.

SIGNATÁRIOS:

Lívio William Reis de Carvalho
Vice-Reitor no Exercício da Reitoria da UNITINS

José Manoel Pires Alves
Presidente da FUNDAÇÃO UNIVERSA"

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

HGP volta a registrar menor índice de ocupação operando com 81% de sua capacidade

Número é resultado do novo fluxo de atendimentos aos pacientes implantado na unidade hospitalar


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira