Monday, 21 de October de 2019

CONCURSOS


Temporada de Júri em Arapoema julga quatro homicídios solucionados pela Polícia Civil

28 Sep 2019    00:04    alterado em 28/09 às 00:04
Temporada de Júri em Arapoema julga quatro homicídios solucionados pela Polícia Civil

Durante a programação da Temporada do Júri promovido pelo Tribunal de Justiça do Tocantins em Arapoema, a 390 quilômetros de Palmas, previsto para encerrar na próxima semana, todos os julgamentos são resultado de inquéritos policiais concluídos pela Delegacia de Polícia daquele município.

Segundo o delegado Marco Aurélio Barbosa Lima, quatro homicídios ocorridos entre os anos de 2017 e 2018 tiveram grande repercussão na região. No primeiro julgamento, ocorrido na última segunda-feira, 23, o réu foi condenado a 17 anos por homicídio qualificado como crime  hediondo.  “A vítima, então com 21 anos, foi morta com 12 golpes de facão, sendo um deles no coração. O crime aconteceu no dia 16 de junho de 2018 por volta das 4h30 num bar na cidade de Arapoema. Segundo as investigações, depois de uma discussão por causa do sumiço de um celular, autor e vítima começaram a se agredir fisicamente, resultando no homicídio”, afirmou.

Na última quarta-feira, 25, outro homicídio foi julgado no município. O crime, ocorrido no dia 12 de dezembro do ano de 2018. A vítima, um rapaz de 19 anos foi morto com três tiros, sendo um na nuca. O motivo do autor seria uma desavença com a vítima por causa de ciúmes de uma ex-namorada. Na próxima segunda-feira, 30, está marcado um julgamento de um crime ocorrido no dia 13 de agosto do ano de 2017 em um assentamento no município de Pau D’Arco, localizado na mesma comarca.

Investigações
Após investigações, a Polícia Civil de Arapoema representou pela prisão do autor e conseguiu prender o suspeito, além de  apreender a arma utilizada no crime: uma bengala de moto feita de aço inox que estava enterrada. Segundo o delegado Marco Aurélio, o motivo do crime seria uma discussão num bar. O autor foi indiciado por homicídio qualificado.

Também está previsto para a próxima semana um crime ocorrido em Bandeirante do Tocantins. O crime chocou a cidade porque a vítima, de apenas 16 anos foi morta com 54 golpes de faca num balneário no município. O corpo da jovem foi encontrado às margens da rodovia próximo àquela cidade. De acordo com o delegado Marco Aurélio, a Polícia Civil de conseguiu solucionar o homicídio prendendo o autor na zona rural do município de Grajaú – MA.  “Com ele também foi encontrada a arma do crime. O motivo seria o término do relacionamento. O autor foi indiciado por ocultação de cadáver e homicídio qualificado que é considerado crime hediondo”, afirmou.

Temporada

A temporada do Tribunal do Júri da Comarca de Arapoema, depois das duas Sessões realizadas nos dias 23 e 25/09, registrou o maior público desde a instalação do Tribunal do Júri na Comarca. “O grande interesse da população no acompanhamento dos trabalhos, traduzido no expressivo comparecimento de pessoas que lotaram o auditório e galerias da Câmara Municipal, local requisitado para tal finalidade, decorreu da gravidade dos crimes que abalaram a paz social desta comunidade, bem como dar celeridade da justiça na prestação da tutela, levando-os a julgamento em menos de um ano, quando os fatos ainda se faziam presentes na memória de todos”, reforçou o juiz titular da Comarca, Dr. Rosemilto Alves de Oliveira.

Ainda segundo o juiz, a importância da realização das sessões do júri pode ser traduzida no fortalecimento da sociedade, enquanto responsável pelo julgamento de seus integrantes, transgressores da paz social, bem como do Estado Democrático de Direito. A temporada contará com mais uma Sessão na próxima segunda-feira, 30, após o que, será encerrada, com previsão para nova temporada no final do mês de novembro do corrente ano.


*Com informações do Tribunal de Justiça do Tocantins.

COMPARTILHE:


Confira também:


Criminalidade

Polícia Civil deflagra operação de combate à criminalidade no interior do Estado

No total foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em locais previamente mapeados pela Polícia Civil e que poderiam estar sendo utilizados para práticas criminosas.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira