Palmas, 12/12/2017

Economia

Palestra

Ricardo Amorim encoraja empresários a criar as próprias oportunidades na crise

  • Economista analisou em encontro os principais pontos da economia do Brasil e afirmou que o momento é favorável ao avanço das indústrias; evento contou com presença do presidente do Sindesp-TO

Ricardo Amorim encoraja empresários a criar as próprias oportunidades na crise



Com bom humor e sabedoria, o economista Ricardo Amorim marcou a noite do Encontro Estadual da Indústria com palestra sobre o cenário econômico atual. O evento, que contou com a presença de autoridades e empresários, foi realizado pelo Sistema Fieto, no auditório do Centro de Educação e Tecnologia do Senai, nesta quarta-feira, 25.
 
Amorim abordou questões como inflação, contas públicas, recessão e a influência desses elementos sobre o mercado. Também deu lições de política, economia e negócios, além de aprofundar sobre desempenho econômico do Brasil, relacionando-o à situação política do país, os altos e baixos e o padrão, com base em situações semelhantes em anos anteriores.
 
O economista reforçou que as oportunidades devem partir dos próprios empresários, que precisam saber enxergar além das dificuldades do momento de crise. "As pessoas falam que a crise traz oportunidades, eu discordo. Isso dá uma ideia de que se eu esperar sentado, a crise irá jogar uma oportunidade no meu colo. Isso não vai acontecer nunca. A crise traz muitos problemas, mas ela também nos empurra para andar na direção certa, para mudar para melhor, para fazer algo diferente", comentou Amorim.
 
Presente no evento, o presidente do Sindicato Empresas Segurança Privada, Transporte de Valores e de Cursos de Formação do Tocantins (Sindesp-TO), Joseph Madeira, acredita que a palestra de Amorim desperta nos ouvintes uma mudança. "O conteúdo abordado pelo palestrante traz grandes expectativas para o empresário sair da crise e deixar de lado os resultados negativos e ir em busca de novas oportunidades", comentou o presidente.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus