Monday, 18 de November de 2019

ECONOMIA


Economia

Taquaralto registra aquecimento nas vendas com decoração natalina e antecipação de salários

08 Dec 2014

Com as festas de fim de ano se aproximando muitas pessoas já estão antecipando as compras de presentes para o Natal e também a roupa nova para a chegada de 2015. A movimentação já é registrada pelos comerciantes de Taquaralto que destacam o aumento das vendas nos primeiros dias de dezembro.
 
Além da contratação de mais funcionários, atendimento em horário diferenciado a gerente de uma loja de roupas e acessórios, Claudiane Cirino, afirma que a decoração de Natal na Avenida Tocantins tem motivado os clientes a comprarem mais.
 
"Desde o fim de novembro que o movimento tem aumentado. A cidade em clima de Natal motiva mais as pessoas a comprarem aqui em Palmas. Nossa expectativa é vender o dobro do que foi em 2013. Tivemos também que estender nosso horário atendimento até mais tarde, das 8 às 19 horas", explicou Claudiane.
 
Já Fernando Luiz, proprietário de uma loja de artigos femininos, contou que já renovou o estoque e tem mais novidades para chegar até o fim deste mês de dezembro. O comerciante também ampliou o horário de atendimento e a partir do dia 15, a loja também funcionará aos domingos.
 
A antecipação dos vencimentos, como o 13º salário foi apontada pelo comerciante como um dos motivos para o aquecimento do comércio. "Estamos com muitas novidades para agradar todos os gostos. O pagamento antecipado e nossa iluminação natalina valorizam mais o comércio. As pessoas podem planejar com antecedência e são atraídas a comprar. Esperamos superar as vendas do ano todo", afirmou Fernando.
 
O funcionário público Leonardo Sousa ressaltou que é a oportunidade de comprar sem pressa e poder pesquisar os preços. "Todo ano viajo com minha esposa, este ano decidimos ficar e vamos receber visitas. Palmas está linda e podemos comprar com calma, analisar os preços e presentear toda família", garantiu Sousa.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Receita paga hoje as restituições do 6º lote do Imposto de Renda

O lote contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2018

Economia

Com Selic em queda, poupança pode passar a render menos que a inflação

Outro fator é a redução de recursos para o financiamento habitacional. Atualmente, 65% dos recursos de poupança são destinados aos financiamentos habitacionais.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira