Thursday, 20 de February de 2020

ESPECIAL


Infra-vermelho revoluciona tratamento de Acne e cicatrizes

31 Jul 2008

Alguns dos problemas que mais atormentam e comprometem seriamente a composição estética de milhões de pessoas são as temiveis acnes e as cicatrizes. Estas últimas provocadas, sobretudo, por intervenções cirúrgicas.

A acne é uma das doenças da pele (dermatoses) mais freqüentes, e afeta cerca de 80% dos adolescentes. É um processo que atinge os pelos e as glândulas sebáceas.

As lesões surgem na puberdade e acometem ambos os sexos, tendo um maior pico de incidência dos 14 aos 17 anos nas mulheres, e dos 16 aos 19 anos nos homens.

Nos dois casos, as lesões podem parecer mínimas, quase imperceptíveis num primeiro momento, mas tendem a tomar proporções maiores no decorrer dos anos e desencadear problemas emocionais.

A inovação tecnológica, no entanto, veio oferecer um revolucionário tratamento com infra-vermelho, que ameniza substancialmente as lesões inflamatórias provocadas pela acne ou suaviza as quelóides de cirurgias, causando um impacto sem precedentes na imagem de quem opta pelo tratamento.

Trata-se de um processo com efeito cicatrizante, regenerador, secativo e anti-inflamatório. Nos casos de quelóides, ajuda na reativação celular da pele, melhorando a vitalidade dos tecidos, reduzindo, com isso, a parte afetada.

Em Palmas, esta novidade está sendo usada na Clínica de Estética Facial e Corporal Fêmina.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Feriados de 2020 podem causar prejuízo de mais de R$150 milhões no comércio do Tocantins

Em 2019, os prejuízos oriundos dos feriados nacionais ficaram em R$ 134,7 milhões no Tocantins.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira