Tuesday, 22 de October de 2019

ESPORTE


Benefício

Mães podem ter licença maternidade ampliada em Gurupi

24 Jun 2008

“Não é fácil sair de casa e deixar um bebê de quatro meses com uma babá ou com um familiar qualquer. Mas também nós não podemos abrir mão do trabalho para ser apenas mãe. O ideal seria que a licença maternidade fosse maior”. A afirmação é da mãe de um bebê de seis meses, Karina Oliveira, que ainda está amamentando e tem se desdobrado para conciliar a amamentação ao trabalho. “Não sei até quando vou conseguir. Antes de sair de casa, meu filho mama. Eu tiro um pouco de leite e deixo na mamadeira para a babá dar a ele quando ele sentir fome. Às vezes consigo ir em casa, mas não são todas as mães que têm a sorte que tenho”, disse.

Apesar de as mães serem aconselhadas a amamentar, a preocupação é que ainda não existem condições legais para que essas permaneçam ao lado dos recém-nascidos.

Pensando nesse dilema que as mães enfrentam é que o vereador Sávio Barbalho (PT) protocolou uma proposta de emenda à Lei Orgânica que propõe a ampliação da licença maternidade e paternidade, de 120 para 180 dias às gestantes, e de cinco para 15 dias aos pais.

De acordo com Sávio, a idéia dessa proposta é somar com a campanha que já vem sendo realizada pela Sociedade Brasileira de Pediatria e pela Ordem dos Advogados do Brasil. Segundo ele, são mais de 80 cidades no cenário nacional que já aprovaram essa proposta, principalmente os municípios do nordeste.

De acordo com o parlamentar, a proposta apresentada se estende às servidoras públicas municipais, incluindo as servidoras do legislativo. “Neste primeiro momento, é destinado a esse núcleo de mulheres, porque é mais fácil de aprovação”, disse.

Sávio esclarece que, no senado e na câmara federal, há uma discussão de ampliação de licença maternidade para a iniciativa privada. Ele reitera que o aleitamento materno não pode ser apenas fonte de alimentação, mas também fonte de desenvolvimento afetivo e psicológico da criança.

De acordo com o vereador, a previsão é de que, nas sessões do mês julho, a matéria possa entrar na pauta de votação. “Se for aprovada, é bem provável que as mulheres possam ser beneficiadas já em meados de agosto e setembro”, conclui.

O vereador ressaltou que o projeto tem a adesão de mais cinco parlamentares.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Governador destaca mineração como fator de desenvolvimento econômico e geração de empregos

Declaração do Chefe do Executivo ocorreu durante leilão da jazida de minério de Palmeirópolis, nesta segunda-feira, 21, no Rio de Janeiro. Expectativa é que dois mil empregos sejam gerados com a instalação no empreendimento

Economia

Comércio puxa recuperação na oferta de vagas de emprego no estado

Ainda sobre o Caged, setembro mostra que Araguaína foi a cidade com maior variação negativa (-139 vagas) e Porto Nacional com variação positiva (167 vagas). A capital Palmas registrou uma variação de – 42 vagas.



Cooperação Técnica

Governo assina termo de Cooperação Técnica com instituições públicas e privadas para execução de ações de pesquisa e extensão agropecuária

Termo estabelece condições para o bom andamento dos trabalhos propostos na área do Centro Agrotecnológico de Palmas


Outubro Rosa

Resolve Palmas promove palestra sobre prevenção ao câncer de mama

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama é o tipo da doença mais comum entre as mulheres no Brasil e depois do câncer de pele não melanoma, correspondendo a cerca de 25% dos casos novos a cada ano. No Brasil, esse percentual é de 29%


Legislativo Municipal

Câmara de Palmas funcionará em novo endereço a partir de 2020

A estrutura da 104 Norte tem área total edificada de 5.065,55 metros quadrados, contra os 4.300 m² do prédio atual, localizado na Teotônio Segurado.


Saúde Animal

Seu Pet pode ser um doador de sangue


GOTE

Suspeito de cometer crime de coação é preso pela Polícia Civil no Norte do Estado


Educação superior

Universidade Estadual prorroga inscrições para Vestibular 2020/1 até 7 de novembro


Porto Cereais

Governo do Estado avalia concessão de benefícios fiscais para empresa que exporta feijão para China e Índia


AL

Presidente da ATS deve ser convidado a prestar esclarecimentos


TJTO

“Tudo funciona melhor quando nos colocamos na posição de ouvinte”, destaca o presidente do TJ ao abrir seminário



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira